A Princesa E O Renegado Seguir historia

wolfinha Wolfinha --

Hinata tinha um peso ainda maior que a sua coroa: sua vida. Em meio á tempestades e conflitos de mente, a perolada achará refúgio em um amor proibido. Até que ponto vale o poder? O mérito da coroa? O coração ou a razão? A vida ou a morte? No meio de todo esse caos, Hinata terá que procurar uma âncora para não acabar cedendo aos desejos de seus ancestrais. E essa âncora tem nome: Naruto Uzumaki. [Fanfic criada para o concurso Chá Com A Rainha Do Blog Missing Design - Eu sou a criadora do concurso, por isso estou participando apenas por diversão, e não para ganhar prêmios]


Fanfiction Anime/Manga No para niños menores de 13.

#Lee-x-OC #ItaTema #saiino #minakushi #nejiten #FugaMiko #gaamatsu #naruhina #sasusaku #realeza #romance
6
4.9mil VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Cada 15 días
tiempo de lectura
AA Compartir

A Princesa E O Galeão


Notas da história: Heeey, amores! Aqui é a Balletgirl.
Essa história foi criada para o concurso Chá Com A Rainha do Missing Design
As vagas do concurso ficarão abertas até o dia 10 de agosto, então deixarei as informações sobre ele nas notas finais
Espero que gostem tanto quanto eu estou amando escrevê-la!
Kissus! BalletGirl

  "Princesa Hinata, está na hora de ir" chamou Gaara, o seu fiel soldado.
  Hinata virou-se mais uma vez para despedir-se das muitas coisas que estava deixando para trás. Sua família, seus amigos, os eventos reais... Uma princesa não deveria viver fugindo.
  Sua respiração estava ávida e o coração queria pular para fora do peito. Nunca tinha visto uma embarcação na vida, quanto mais estar em uma.
 Só de pensar na aventura que isso iria proporcionar-lhe, ficava cada vez mais entusiasmada.
  "Já irei, Gaara" Exclamou a perolada, suspirando e olhou para trás uma última vez, deixando cair lágrimas quentes em toda a sua bochecha.
  "Princesa, por favor não chore, assim que casar com o príncipe Sasori de Gehena tudo voltará ao normal e você virá para casa novamente" afirmou o ruivo, tentando consolar sua amiga.
  "Eu sei, Gaara. Mas é tão difícil! Irei me casar com alguém que não conheço e nem sei se vou amar de verdade; vou embora para outro país para fugir das guerras que estão acontecendo em Assiah sem nem saber se o meu amado reino vai sobreviver; e minha vida corre perigo! Poderia ficar pior?" Ela desabafou.
  "Nunca diga essa frase, majestade, sempre pode piorar" Gaara exclamou.
  A perolada ajeitou o vestido e acenou gentilmente para os súditos do reino e seus pais, que também estavam desolados com a partida da princesa. A perolada estava com um vestido azul grisáceo com detalhes em dourado; usava o cabelo preso em um coque bagunçado e uma presilha japonesa de borboleta, igualmente na cor azul.
  Entrando no Galeão, a primeira coisa que fez foi dirigir-se à Cabine do Capitão para falar com o mesmo.
  "Princesa Hinata, é uma honra acomodá-la no nosso Galeão" disse o capitão, curvando-se para fazer uma reverência. "Espero que se sinta em casa conosco. Sei que o nosso navio foi criado para transportar cargas, mas o seu pai achou que levantaria menos suspeitas, afinal, quem pensaria que traríamos uma princesa em um navio de carga?"
  "Eu entendo. Obrigada, capitão..."
  "Kakashi. Kakashi Hatake."

  "Obrigada, capitão Kakashi. É muita gentileza da sua parte." A azulada sorriu.
  "Imagino que esteja cansada, e já queira conhecer seu quarto. Como sabe, dormitórios de navio não costumam ser muito confortáveis, mas tentamos adaptá-los para o seu conforto ao máximo. Meus marinheiros vão levá-la até lá e apresentar o navio." 
  Kakashi entrou novamente na cabine e Hinata pôde ouvir o alto falante:

"Atenção, marinheiros 0821, 0345, 0356 e 0424 apresentem-se à cabine do capitão imediatamente, repito, marinheiros 0821, 0345, 0356 e 0424 apresentem-se à cabine do capitão imediatamente."

  Não demorou à chegar quatro rapazes altos no local. Todos eles estavam com roupas simples e esfarrapadas, provavelmente por cuidarem do navio. Fizeram uma fila horizontal e exclamaram:


  "À suas ordens, capitão!"
  "Esta é Hinata, a princesa de Assiah; primeira na linha de sucessão do trono. O rei pediu caridosamente para escoltarmos ela em segurança até Gehena. Apresentem-se!"


  O primeiro da direita deu um passo á frente.


  "Meu nome é Rock Lee! Sou responsável pela radiotelegrafia do navio! É um prazer conhecer a vossa alteza, prometo dar o meu melhor para agradá-la!"

disse entusiasmado.


   Lee era magro, com cabelos negros cortados no estilo tigela e tinha longas e grossas sobrancelhas, característica bem marcante do rapaz. Poderia ser considerado um pouco estranho, mas parecia ser bem determinado e extrovertido.


   O segundo também deu um passo à frente e se apresentou:


   "Meu nome é Sasuke Uchiha. Sou responsável pelo abastecimento do navio. Espero que vossa majestade aproveite a viagem."

disse simplista e sem emoção nenhuma.


   Sasuke era alto, moreno e tinhas cabelos e olhos negros. Seu cabelo era curto, com uma franja dividida na frente e espetado atrás. Parecia ser bem reservado e tímido.


   O terceiro deu um passo à frente e começou:


  "Meu nome é Neji. Sou responsável pela enfermaria do navio e limpeza. É um prazer conhecê-la, princesa."

Ele curvou-se e fez uma reverência.


  Neji era alto - assim como todos os outros -, tinha cabelo longo, liso e castanho-claro. A característica mais marcante do rapaz - entre outros - eram os familiares olhos perolados, que Hinata logo estranhou. Apenas os Hyūga possuíam tal dádiva. Seria ele algum parente distante?


  O último deu um passo á frente, tremulante e apresentou-se:


  "Eu sou Naruto. Sou responsável pela cozinha e limpeza do navio. É um prazer servi-la, princesa!"

Ele fez uma reverência.


  Naruto era o mais baixo dos rapazes, mas ainda assim deveria ter - pelo menos - um metro e setenta e oito. Loiro com cabelo curto e espetado, com olhos azuis profundos e tinha dois riscos na bochecha, algo incomum para as pessoas.


   Hinata pegou-se admirando o rapaz por um certo tempo. Ele, percebendo, virou-se para Hinata e deu um sorriso, fazendo a mesma corar levemente.


  "É um prazer conhecê-los também, rapazes."

Hinata sorriu e apresentou-se:

"Eu sou Hinata Hyūga, princesa do reino de Assiah. Podem me chamar apenas de Hinata, eu não gosto de formalidades, ainda mais dos meus futuros amigos."

ela disse e os quatro espantaram-se.

"Espero conversar com vocês e ser mais do que apenas uma tripulante."

Eles sorriram e Lee logo manifestou-se:


    "Deixe-me levá-la para conhecer o navio, majestade."
  "Espere um pouco, Lee."

Kakashi interviu.

"Para essa tarefa, é melhor Naruto. Ele conhece o navio até mais do que eu."


  Naruto assentiu e pegou na mão de Hinata, corando logo em seguida e fazendo o mesmo com ela.



   Enquanto Naruto mostrava o convés, Hinata pegou-se mais uma vez admirando o rapaz e repreendeu-se por isso. Naruto era um rapaz atraente, deveria chover mulheres no dormitório dele todos os dias.
   "Agora vou mostrar o seu quarto, Hina." Hinata sorriu com o apelido e deixou-se levar mais uma vez pelo jovem marinheiro.
   Chegaram em uma porta pequena e Naruto pigarreou:
   "Agora vou deixá-la só. Esse dormitório é feminino, então não posso adentrá-lo."
  "Ah, eu entendo. Você me ajudou muito, obrigada, Naru."
O rapaz sorriu. O sorriso mais lindo que Hinata já tinha visto. 
   Assim que Naruto deixou o corredor, Hinata respirou fundo e abriu a porta, quase caindo para trás com o que viu.
    "Meninas?! O que estão fazendo aqui?!"

Notas finais: Todas as informações para o concurso estarão nesse link:

CLIQUE AQUI

Corram que é até o dia 10 de agosto para se inscrever!
Vestido da Hinata: AQUI
Espero que tenham gostado!
Xoxo
BalletGirl

18 de Julio de 2018 a las 11:42 1 Reporte Insertar 2
Continuará… Nuevo capítulo Cada 15 días.

Conoce al autor

Wolfinha -- Samara, 16 primaveras, escorpiana, paulistana. Blogueira por pura paixão. Adora se aventurar no mundo da edição. O perfil foi criado para compartilhar com vocês o que sai da minha fértil imaginação e, claro, não podemos nos esquecer da diversão! Bem-vindos ao mundo da lua ♥

Comenta algo

Publica!
Camy <3 Camy <3
Olá! Venho aqui representando o Sistema de Verificação do Inkspired. Sua história está marcada como "em revisão". Para que seu status seja modificado para "verificada", atente-se aos seguintes pontos: 1) não usamos "á". O acento agudo só aparece em palavras que tenham no mínimo duas letras ("ele dá um beijo nela", por exemplo). Quando você quiser usar a crase, precisa do acento grave, que é para o outro lado: "à". Em "deu um passo á frente", por exemplo, o correto é: "deu um passo à frente". 2) Há alguns erros no uso da crase. Quando você vai usar a crase antes de uma palavra, tanto o "as" quando o substantivo precisa concordar em número (singular/plural). Vou pegar o exemplo da sua sinopse: "Em meio á tempestades e conflitos...". Primeiro, você utilizou o acento errado, o da crase é para o outro lado. Segundo, esse "a" não deveria ser acentuado de forma nenhuma. "Em meio a tempestades..." é o correto, porque o "a" está no singular e o "tempestades" no plural. Se você quiser, pode alterar para "Em meio às tempestades e aos conflitos...", mas aí teria que especificar de alguma forma quais tempestades e conflitos, como, por exemplo: "Em meio às tempestades e conflitos da mente humana". Eu não acho que a segunda frase seja tão atrativa, então te aconselho a apenas retirar o acento. 3) Não há necessidade de deixar as falas em itálico ou destacá-las como citação. Eu entendi o porquê de você fazer isso no momento em que o capitão chama seus subordinados, porém no restante do texto isso não fez sentido para mim, apenas o deixou meio poluído visualmente. Claro que isso é uma sugestão, você não precisa alterar o itálico das falas se não quiser (sua história ainda será verificada se isso não for alterado, porque não é erro de gramática, é questão de estilo), mas deixo aqui a dica de que é mais agradável de ler um texto que não tenha as falas destacadas. 4) "mesmo" não é pronome pessoal. Por isso, não pode ser usado para substituir "ele". Eu sei que é um erro comum (o temos até nas portas dos elevadores!), mas "o mesmo fez isso" ou "disse para a mesma que x" não são estruturas que condizem com a gramática. Apenas substitua todos os "mesmo" que estão em posição de pronome pessoal por "ele". 5) Na parte em que os marinheiros estão se apresentando, o "disse x" está abaixo da fala. Na verdade, isso precisa estar no mesmo parágrafo, separado por vírgula (já que você usa aspas. Exemplo: "Olá", disse x pessoa). Agora é mais questão de estética: sugiro que troque os hífens que estão no meio das frases, como esse: "assim deveria ter - pelo menos - um metro e setenta e oito", por travessão. O hífen serve para juntar duas palavras numa palavra composta. É o hífen estendido (hoje em desuso) e o travessão que fazem o papel de colocar adendos às frases. Sua história está muito bacana! Quando quiser que eu analise a sua história de novo, basta responder a este comentário ;)
21 de Septiembre de 2018 a las 19:38
~