The Moon and the Light Seguir historia

druh Diana R

A muitos séculos atrás dois reinos travaram imensas batalhas sangrentas e desastrosas para ambos. Haruno e Uchiha. Dois impérios que se tornaram grandes e temíveis pelo seu empenho nas batalhas e organização perante guerras. Um acontecimento recente em meio ao dois reinos leva Sakura ao encontro do grande general Uchiha que vê grande potencial na pequena mulher, porém a nossa rosada não se entregará tão fácil a arrogância do general. Em meio a batalhas sangrentas e magia, Sakura e Sasuke vão perceber que suas diferenças não são tão diferentes assim. Um amor proibido entre a Luz e a Lua trará grandes consequências aos dois e o segredo de Sakura agravará todos os sintomas dessa grande confusão.


Fanfiction Anime/Manga Sólo para mayores de 18.

#romance #drama #sasuke #sasusaku #sakura
3
4833 VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Cada 10 días
tiempo de lectura
AA Compartir

Capítulo I

A muitos séculos atrás dois reinos travaram imensas batalhas sangrentas e desastrosas para ambos. Haruno e Uchiha. Dois impérios que se tornaram grandes e temíveis pelo seu empenho nas batalhas e organização perante guerras.


Sakura Haruno, nasceu em meio a guerra e desordem, mas isso não atrapalhou seu desempenho para proteger aqueles que realmente importam. Em um mundo cheio de magia e criaturas místicas e horrendas o reino dos Haruno coloca como sua mais importante restrição: Não usar magia. Por anos muitas batalhas foram travadas e os defensores do reino que tinha habilidades com magia foram exclusos ou mortos pelos próprios aliados e o motivo é simples para eles. '' A magia trouxe desordem para esse mundo, usa-lá em um reino onde tudo o que mais queremos é ordem será um grande erro''. O império ficou conhecido como Luz, pois podia ser visto a quilômetros pelas luzes que iluminavam tudo ao seu redor e também pelo porte tecnológico que desempenham.


Luz possui duas famílias principais que usam o mesmo nome, HARUNO. Sakura Haruno,nasceu na segunda família que tem como o objetivo proteger o reino com unhas e dentes e liderar o exército , não importando ser mulher ou homem. Desde pequena ela e seu irmão mais velho foram treinados e estudaram nas escolas mais renomadas de Luz. Ao completar dezoito anos seu irmão mais velho,Kaito, fora mandado a patente mais alta do império como general e passou a substituir seu pai, já velho demais para um combate.


Sakura, ainda com seus dezesseis anos, continuou a estudar e ajudar estrategicamente em batalhas menores travadas com pequenos reinos. A Haruno mais nova adorava o que fazia, mas ficar presa em uma escola ou em um palácio lhe trazia calafrios. Uma mulher que foi ensinada a caçar e lutar para sobreviver queria muito mais que isso, Sakura queria viver de verdade.


Como a filha mais nova da segunda família, Sakura tinha deveres no reino e dentro do próprio palácio. E com esse título, Haruno, a garota passou a frequentar festas e bailes junto a Kaito e seus pais. Todos sempre foram muito gentis uns com os outros, porém nem tudo era por apenas gentileza. A primeira família Haruno ou Família Real possuía um rei sem dó ou piedade o que levava a alta burguesia e a corte terem medo de seus atos. Um única olhada de canto poderia lhe dar um ótimo presente, Ser degolado perante todos pelo general. Sakura, não gostava de seu rei, mas nunca nem cogitou abrir a boca, não queria perder a cabeça pelo seu próprio irmão que defendia Luz cegamente.


Em um dos bailes oferecidos pela família real, Sakura e Kaito foram chamados a sentar na mesa da primeira família. Kaito recebeu um lugar perto do rei e da princesa, enquanto Sakura fora colada perto da rainha que lhe agradava com elogios e uma boa conversa. Em meio a festa, conversas e bebidas, um dos homens que pareceu exagerar na bebida conseguiu estragar o resto da festa. Suas mãos chegaram até o rei de uma forma desagradável e sua boca gesticulou palavras improprias para o governante. Naquela noite, Sakura viu como o rei de sua bela cidade era cruel e como seu irmão era cego pelo bem da coroa. Kaito não pensou duas vezes antes de levantar . Se levantou e logo sacou sua espada, degolando o homem. Muitos aplausos foram ouvidos e o homem de pé deu um pequeno sorriso.


Sakura não disse nada e nem fez nada, sua expressão era de medo e duvida. A partir daquele dia ela jurou nunca revelar seu segredo para sua família e nem para ninguém.


Aquela cena onde Kaito degolava um pobre homem bêbado lhe causou pesadelos durante anos e começaram a ser mais frequentes após ver isso se repetir em festas do reino.apesar do medo dentro de si, Sakura nunca mostrou essa falha a ninguém. Uma Haruno com medo é algo inaceitável, porém o pior não era o medo e sim o porque dele.


§§§


Sakura acordará cedo e logo se pôs de pé. Balançou os longos cabelos e colocou seus braços para o alto se espreguiçando de leve. Coçou os olhos e ouviu batidas na grande porta de madeira entalhada revelando em seguida uma das criadas que segurava uma pequena bandeja com um copo de suco, frutas e pão. A criada fez um pequeno gesto e colocou a comida em cima da cômoda deixando a Haruno sozinha novamente.


Sakura abriu o grande armário e escolheu uma roupa confortável e elegante para o seu primeiro dia ao lado da rainha. Após muitos anos de trabalho duro, a garota finalmente conseguiu o que queria. Isso era o que sua família pensava, pois a pequena rosada queria trabalhar ao lado de seu irmão servindo Luz com sua alma, mas querer agradar seus pais se tornou algo mais importante e ver o sorriso de sua mãe lhe trazia felicidade.


A mulher entrou no banheiro e encheu a banheira e preparou seu banho com ervas e sabonetes. Entrou no pequeno cubículo de mármore e lá permaneceu pensando em como sua vida séria pacata a partir daquele dia. Afundou o rosto na água e fechou os olhos permanecendo naquela posição por alguns segundos.


Já vestida com um vestido branco e dourado de mangas longas e barra curta, prendeu seu cabelo em um coque baixo e calçou os sapatos. Olhou para o espelho e pegou os brincos que sua mãe lhe dera para a ocasião e em seguida deu um ultima olhada conferindo se tudo estava no devido lugar. Fitou a bandeja de comida, pegou o copo de suco tomando tudo em uma golada só e mordiscou algumas uvas.


Após horas dentro do quarto se arrumando e preparando sua mente para sua nova ''aventura'', Sakura abriu a porta e desceu a grande escadaria cumprimentando a todos os criados e sua mãe que se encontrava na biblioteca da família.


- Bom dia, mamãe.- Sakura deu um largo sorriso.


- Bom dia minha flor, como está linda.- Ela se levantou deixando o livro de lado.- Estou tão feliz por você minha filha.- Ela abraçou o pequeno corpo da filha.


- Também estou, mamãe.- Sakura apertou o corpo da matriarca e se despediu com o olhar.


Saiu da biblioteca e se dirigiu a porta central. Seja amável, Sakura . Era isso que ela repetia a si mesma. Ao contrário do que todos pensavam, a Haruno não era tão calma e gentil, porém seu posto na corte pedia esse dom . Sakura abriu a porta e deixou a Luz entrar revelando um Kaito muito feliz.


- Vamos?- Ele disse com um grande sorriso.


- Vamos.- Ela falou com ''alegria'' e segurou nos braços do general.


E foi nesse dia em que minha vida começou a mudar drasticamente. Um dia Luz no outro...Lua.

6 de Julio de 2018 a las 13:50 0 Reporte Insertar 0
Leer el siguiente capítulo Capítulo II

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 9 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión