sakura_1_haruno Sakura Haruno

Sasuke muda-se para cidade de Konoha, mal sabia ele que sua vizinha iria tirá-lo do sério...


Fanfiction Anime/Manga Sólo para mayores de 18.

#sasusaku #sakura-haruno #sasuke-uchiha
Cuento corto
10
6.2mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Capítulo Único

Konoha, Konoha e Konoha.

Era o que Sasuke tanto sonhava era terminar a sua universidade, colocar as suas roupas dentro de sua bagagem e apanhar o primeiro avião que vinha diretamente para a sua tão sonhada cidade metrópole. E assim foi o que ele fez. Conseguiu um bom emprego lá e não pensou duas vezes em deixar a sua cidade Natal para ir para Konoha.

Ele mal sabia o que Konoha reservava para ele.

O Uchiha escolheu um apartamento nobre, não sofisticado apenas suficientemente aconchegante para o mesmo.

O que Sasuke não sabia era que a sua vizinha tinha segredos. Ambos se encontraram na porta de cada um de seus apartamentos, o Uchiha olhou para a mulher de cabelos róseos que vinha quase até à sua cintura. Dona de uns olhos exóticos e maliciosos, aquele olhar lhe trazia uma certa tentação, em sua boca encarnada pelo batom um sorriso sedutor, a mulher estava vestida com um camiseiro branco com uma saia preta ambas das peças coladas ao seu corpo, usava salto da cor de seus lábios:

- Parece que vamos ser vizinhos... - pronunciou aquela mulher sedutora, Sasuke apenas despertou do seu trance quando a mesma se aproximava de forma lenta e sensual, ficando de frente a ele e encostando-se no batente da porta - Meu nome é Sakura... Prazer vizinho... - estendeu a sua mão hidratada com suas longas unhas decoradas de um rosa choque, deu ênfase na palavra vizinho e sorriu.

- Sasuke... - respondeu o homem estendendo a mão e cumprimentando-a, mal sabia ele que aquela súcuba seria a mulher de seus tormentos.

Ambos foram ficando mais próximos era só vizinho para lá e vizinho para cá, aos poucos o casal foi ficando mais íntimo, quando em um certo dia aquela mulher mandou pela primeira vez para o homem uma simples foto sua de uma de suas cuecas íntimas e provocante vestida no seu corpo para o moreno, Sasuke ficou doido e logo mandou mensagem em resposta:

- Vizinha, estou a ficar doido! Manda mais! - digitava o homem a mensagem para a mulher e enviou-a.

Não levando muito tempo pela resposta o seu telemóvel vibra em sinal de que recebera a mensagem.

- Será que estás a ficar mesmo doido? Não acredito muito... - leu Sasuke a mensagem de sua vizinha.

Ai vizinha, vizinha não atices o fogo!

- Queres que te prove?! - retrucava o Uchiha e novamente enviou a mensagem de texto, na mesma rapidez que enviou a mensagem, a mesma foi respondida rapidamente.

- Sim... - bastou só ler aquela simples palavra para que Sasuke tirasse o seu membro pulsante ereto de dentro de sua boxer preta e posicionar o seu telemóvel tirarando uma fotografia do seu próprio pénis para a mulher.

- Hum... Não acho que consiga fazer algo hoje em relação ao teu menino... Vizinho - dizia a mensagem - Talvez amanhã, mas só talvez... - disse por fim, Sasuke ficou doido, como aquela mulher era capaz de mandar uma foto sua em cuecas e deixá-lo doido e a mesma não fazer nada por ele.

O Uchiha se levantou da cama e foi para a casa de banho, ficou de frente da sanita e de lá fez movimentos para trás e para frente com sua mão para que a sua excitação diminuísse, o homem só pensava na sua vizinha e em sua cueca, imaginava tocando na pele leitosa da mulher, cheirar o seu perfume, brincar com suas mechas de cabelo e fazer daquela mulher sua, até que por fim com todos aqueles pensamentos Sasuke chegou ao seu ápice e soltou um gemido de luxúria, do outro lado da parede Sakura sorria vitoriosa, aos poucos estava fazendo Sasuke ficando cada vez mais desejoso por ela.

E assim ia os dias de cada um deles, quando chegava à noite ambos tiravam fotos um ao outro e mandava entre si. Até que um certo dia Sasuke recebe uma mensagem inesperada:

- Vizinho, não queres beber um chá? - recebeu a mensagem, Sasuke quando leu a proposta que sua vizinha fez, não hesitou em respondê-la.

- Mas é claro que eu vou... Vizinha - mandou a mensagem e começou a preparar o seu visual, tomou um banho, vestiu a sua melhor roupa passou perfume e olhou-se no espelho, orgulhoso de sua aparência saiu de seu apartamento deu apenas alguns passos para o lado esquerdo e ficou em frente à porta analisou aquele pedaço de madeira envernizada e o mesmo pensou se tocava na campainha ou se batia à porta, mas por fim resolveu tocar a campainha.

Ding-Dong. Ouviu-se tocar e não levou muito tempo para a porta ser aberta revelando uma silhueta feminina. A vizinha Sakura estava com os seus cabelos encaracolados, usava um vestido justo e o que chamava a atenção era o decote.

Mas que decote, aliás que mulheraça que estava ali em frente ao Uchiha, o mesmo mirava-a de cima abaixo e debaixo para cima, realmente aquela beleza toda era só para ele? A vizinha lhe sorriu colocou a sua mão na cintura e se pronunciou:

- Entre... - aproximou-se do ouvido do homem - Vizinho - sussurrou seu nome fazendo Sasuke arrepiar.

O Uchiha adentra o apartamento da mulher e repara numa bandeja em cima da mesinha da sala, a bandeja continha um bule e duas chávenas de chá vazias, também tinha duas colheres e dois pacotinhos de açúcar.

Será que a vizinha esforçou tanto para apenas tomar um simples chá, ou será que tem segundas intenções naquele pequeno lanche?

O Uchiha adentrou o apartame to da mulher e senta-se em um dos sofás o mesmo acomodou-se, a mulher foi para a cozinha e de lá trouxe outra bandeja, mas esta estava cheia de biscoitos e de bolachas com um sorriso no rosto:

- Para acompanhar com o chá. - pronunciou a mulher, Sasuke acompanhou ela com o olhar a mesma colocava a bandeja de forma sensual em cima da mesina da sala, o moreno apenas olhava para o seu decote, estava desejoso para lhe tocar.

- E se fossemos de vez para outras coisas... Vizinha? - falou Sasuke a olhar para a mulher, a mesma o olha com um olhar penetrador e lhe sorriu.

- Que chá que tu queres? - desconversou deixando Sasuke mais maluco e desejoso, o mesmo suspirou e mordeu o seu lábio inferior, olhando para a rosada à sua frente.

- Qualquer um serve - respondeu meio decepcionado, a rosada lhe sorriu provocando o homem, a vizinha estava quase de rabo no ar e o seu decote dava para ver perfeitamente a sua roupa interior, Sasuke tentava ignorar, mas estava sendo impossível.

- Aqui está o seu chá, vizinho - falou a mulher entregando a chávena de chá ao homem e o mesmo lhe pegou tocou na sua mão e ambos sentiram uma química, mais que uma química sentiram uma atração, um desejo de luxúria um pelo outro e o Uchiha lhe sorriu a mulher retribuiu também um sorriso, ambos estavam olhando um para o outro penetrantemente, o Uchiha pousou a chavena na mesinha e puxa a mulher para si a mesma lhe cai no colo dele.

- Vizinha, não é melhor deixarmos o chá para outra ocasião? - dizia Sasuke cheio de luxúria em sua voz, passeou as suas mãos maliciosas pelo corpo da mulher e a mesma lhe deu um sorriso sacana.

- Não é melhor irmos para o quarto... Vizinho? - sugeriu ela, e o seu vizinho lhe sorriu.

- Seria ótimo... - concordou ele, o casal se levantou e caminhou em direção que seria o suposto quarto da mulher, mas Sasuke foi impedido de entrar.

- Espera que tenho algo a fazer... - falou ela, Sasuke ficou com curiosidade.

- O que tens nessa tua mente... Vizinha? - perguntou ele.

- Espera e verás... - adentrou o quarto e trancou a porta para que o homem atrevido não tentasse pelo menos abrir a porta sem a permissão dela.

Alguns minutos depois, Sasuke encontrava-se um pouco impaciente do lado de fora, será que sua vizinha o deixou pendurado?

Ela não seria capaz disso. Até porque Sasuke lhe daria uma bom castigo para ela. O Uchiha ouve a porta a ser destrancada sorriu glorioso, já estava mais que da hora para ele ter uma boa dose de noite de sexo com sua vizinha. Quando ouviu a permissão de Sakura, Sasike virou a maçaneta da porta, entrando de seguida no quarto o mesmo encontrava-se com as luzes apagadas. Enquanto ele acende a luz quase teve um ataque cardíaco ao deparar com uma mulher extremamente sexy deitada na cama com uma lingerie azul escuro com detalhes de renda e com dois corninhos de diabinho em sua cabeça a olhar para ele de forma sedutora.

- Ai vizinha assim me matas... - pronunciou Sasuke e Sakura gargalhou.

- Anda para o ninho dos pecados... - respondeu a rosada fazendo movimentos com o seu dedo do indicador para que ele aproximasse, e assim ele obedeceu. O Uchiha andou apressadamente para cama e ficou por cima dela.

Começou a beijar-lhe velozmente, um beijo urgente que o mesmo estava tanto tempo aguentando, o seu braço esquerdo abraçava as costas dela enquanto a sua mão direita passeava nos seios da mulher.

Sakura estava debaixo de Sasuke, com suas pernas abertas com o homem entre elas a mesma puxava o pescoço de Sasuke para que o mesmo aprofundasse mais o beijo, suas línguas travavam uma batalha sem fim.

Depois que cessaram o beijo Sasuke quis livrar-se da sua roupa tirando a sua camisa e sua calça ficando apenas de boxer, beijando outra vez a mulher, mas desta vez no pescoço tirando da mesma um gemido, e o homem sorriu entre as suas caricias maliciosas.

Agora estava na vez dela a mesma fez com que o seu vizinho ficasse por baixo sentando-se por cima do membro do homem ereto e aproveitando para roça-lo, esfregou sua intimidade no pénis atiçando o moreno. Sasuke quis livrar da lingerie da mulher deixando-a nua para ele:

- Ai vizinha... - sussurrou ele tirando da mulher um riso provocador.

- Isso vizinho... - gemeu ela, Sasuke se levantou e abocanhou o seio esquerdo enquanto massageava o outro com a mão. A vizinha apertava a cabeça de Sasuke contra aos seus peitos e revirava os olhos de tanto prazer - Chupa mais, Sasuke... - sussurou ela o nome do Uchiha, o mesmo chupava e lambia os biquinhos prazerozos e excitados de Sakura, passeava com a sua língua e mordiscava lá de vez enquanto, a rosada se contorcia.

O Uchiha foi se deslizando pelo corpo da mulher com a sua língua parando na intimidade da mesma, notou que a mesma já se encontrava molhada, o moreno massageou o clitóris fazendo Sakura arfar. Sasuke lambia os lábios vaginais de Sakura tirando da mesma gemidos, o Uchiha aproveitou enfiou a sua língua na vagina da mesma fazendo de seguida movimentos bruscos:

- Isso vizinho! - contorceu a Haruno pressionado a cabeça de Sasuke mais contra a si. Lá de vez enquanto o homem olhava de soslaio para a mulher viu que a mesma estava no seu ponto máximo de excitação e sorriu glorioso entre as lambidelas.

O jogo virou, agora estava na vez de Sakura brincar com o brinquedo sexual de Sasuke.

Sakura massageava o membro pulsante ereto, olhava para o homem de forma provocante. Aqueles movimentos acima e abaixo, deixava Sasuke desejoso, a rosada abaixa sua cabeça e com sua língua lambe na glande perto da abertura da uretra do mesmo, provocando ao homem um prazer que nem mesmo ele sabia explicar:

- Chupa! - implorava ele.

- Não - atiçou ela a ele. Sasuke fez uma careta de insatisfaçao, mas o Uchiha sabia muito bem que com aquela mulher ninguém brincava. Sakura, brincava com a sua língua em volta daquela cebecinha Sasuke gemia e com suas mãos apertava nos lençóis, Sakura olhou de soslaio para o moreno e notou pela expressão que o mesmo fazia, queria que ela chupasse, e foi o que ela fez em seguida, Sakura abriu a sua boca e fez garganta funda, e deixou Sasuke quase sem fôlego com aquele ato.

- Isso vizinha! - urrou ele vitorioso do ato que a rosada fez. Sakura começou agora com a sua boca com movimentos de vai e vem lentos, o que estava deixando Sasuke irritado, o Uchiha olhou para a mesma, e apreciou as linhas do rosto da mulher enquanto abocanhava o membro do mesmo.

Entre lambidas, chupadelas e dentadas, Sasuke puxou a mulher para si elevando a mesma abocanhou um dos seus, e com sua mão e pénis salivado posicionou fazendo Sakura penetrar violentamente tirando da mesma um gemido forte e arfar ao mesmo tempo, não deixou que a rosada acomodasse ao seu pénis, estava doido por aquele momento, juntou as suas mãos aos glúteos da Haruno apertando e elevando indo novamente para baixo.

Sasuke já fodia aquela mulher, finalmente que já chegou o momento tão esperado do Uchiha.

Sakura pulava naquele pénis de como se estivesse a cavalgar em um torneio de equitação, Sasuke acomodava as suas mãos nos seios da mulher e soltava gemidos prazerosos como também tirava gemidos da Haruno:

- Sasuke... - chamava ela por ele arranhando o seu peito e seu abdómen, revirando os seus olhos e cerrando os seus dentes.

- Isso Sakura, pula... - dizia ele passeando as suas mãos pelas pernas e coxas terminando nas nádegas e apertando-as de seguida.

Sasuke se encontrava agora por cima de Sakura, o mesmo posicionou as pernas da mesma abrindo expondo o buraquinho já todo molhado, penetrou desta vez devagar, a vizinha abraçou o mesmo para que o corpo nú de Sasuke tocasse no seu:

- Mais depressa, Vizinho! - e arranhou as costas do moreno deixando vermelhidão na zona. O Uchiha aumentou as estocadas para um nível elevado.

Ambos fodia violentamente, cada um com suas estocadas, e maneiras de foder diferentes, várias posições experimentaram, até que por fim ambos gozarem, o casal estava ofegante, Sakura e Sasuke já não tinha nenhuma energia, nem mesmo para levantar um dedo de tão cansados qie eles estávam:

- Boa noite vizinho... - sussurrou a rosada adormecendo logo em seguida, Sasuke olhou para o rosto angelical e adormecido da rosada, como ela tinha aquela ousadia de beleza inocente e provocadora ao mesmo tempo. O Uchiha deu um suspiro acomodou-se na cama abraçou a mulher, fechou os seus olhos e sorriu.

- Boa noite... Vizinha... - e assim ambos dormiram tranquilamente depois daquela noite de sexo.

Fim

4 de Julio de 2018 a las 11:18 1 Reporte Insertar Seguir historia
3
Fin

Conoce al autor

Sakura Haruno Blog: http://sakura1haruno.blogspot.com/?m=1 Instangram: @sakura_haruno1996 Twitter: (@Sakura1Haruno1): https://twitter.com/Sakura1Haruno1?s=09 SpiritFanfic: https://spiritfanfics.com/perfil/sakura_1_haruno Inkspired: https://getinkspired.com/pt/u/sakura_1_haruno/ Nyah!: https://fanfiction.com.br/u/779725/ YouTube: www.youtube.com/channel/UC8iXDA9_7sWRJ0lq1pw5ixA Facebook: https://www.facebook.com/SakuraHarunoautora/

Comenta algo

Publica!
Raquel Terezani Raquel Terezani
Olá! Escrevo-lhe por causa do Sistema de Verificação do Inkspired. Caso ainda não conheça, o Sistema de Verificação existe para verificar o cumprimento das Regras comunitárias e ajudar os leitores a encontrarem boas histórias no quesito ortografia e gramática; verificar sua história significa colocá-la entre as melhores com relação a isso. A verificação não é necessária caso não tenha interesse em obtê-la, então, se você não quiser verificar sua história, pode ignorar esta mensagem. E se tiver interesse em verificar outra história sua, pode contratar o serviço através de Serviços de Autopublicação. Sua história foi colocada "Em revisão" pelos seguintes apontamentos retirados dela: 1)Pontuação: - No trecho “O Uchiha escolher um apartamento nobre, não sofisticado apenas suficientemente aconchegante”, seria indicado incluir outra vírgula após a palavra “sofisticado”. - No trecho “- ... em sua boca encarnada pelo batom um sorriso sedutor”, seria indicado incluir outra vírgula após a palavra “batom”. 2)Outros: - No trecho “Era o que Sasuke tanto sonhava era terminar a sua universidade”, o primeiro “era” é desnecessário na frase. - No trecho “a mulher estava vestida com um camiseiro branco com uma saia preta ambas das peças coladas ao seu corpo”, para que haja um melhor entendimento do sentido da frase, sugiro reescrevê-la: “a mulher estava vestida com um camiseiro branco e uma saia preta, ambas as peças coladas ao seu corpo.” - No trecho “despertou do seu trance”, a grafia correta da palavra é “transe.” - No trecho “quando em certo dia aquela mulher mandou pela primeira vez para o homem uma simples foto sua de uma de suas cuecas íntimas e provocante vestida no seu corpo para o moreno”, para que haja um melhor entendimento do sentido da frase, sugiro reescrevê-la: “quando, em certo dia, aquela mulher mandou pela primeira vez uma simples foto sua de uma de suas cuecas íntimas e provocante vestida no seu corpo para o moreno,” Observação: os apontamentos acima são apenas exemplos retirados de sua obra, há mais o que ser revisado. Aconselho que procure um revisor; é sempre bom ter alguém para ler nosso trabalho e apontar o que acertamos e o que podemos melhorar, e os revisores do Inkspired, quando contratados, fazem uma correção aprofundada e profissional, realizada por revisores capacitados e experientes. Caso se interesse, o serviço de Correção editorial e de estilo também é disponibilizado pelo Inkspired através do Serviços de Autopublicação. Também disponibilizamos o serviço de beta readers, que fazem uma análise detalhada de pontos específicos da história (como enredo e construção de personagens) e a enviam através de um comentário privado. Além disso, também temos o blog Tecendo Histórias, que dá dicas sobre construção narrativa e poética, e o blog Esquadrão da Revisão, que dá dicas de português. Confira! Bom... Basta responder esta mensagem quando tiver revisado a história, então farei uma nova verificação.
July 06, 2020, 11:54
~