Então, Deixou-se Afogar. Seguir historia

daesugars ana wesvalle

E quando tudo acabou, Jimin se pôs a bater palmas firmes, ignorando as lágrimas quentes que ainda escorriam sobre seu rosto, recusando-se a nadar em direção à superfície de sua triste realidade, quando JungKook olhou para si, e Park deixou-se afogar.


Fanfiction Celebridades Todo público.

#bangtan-boys #poesia #song-fic #jungkook #bts #jimin #jikook
Cuento corto
0
4713 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

; superfície

Há algum tempo, Jimin tem observado JungKook; o barista de olhares vazios teve toda sua atenção tomada pelos movimentos leves e despreocupados do garoto metido a cantor, impossibilitado de desviar-se de seus olhos de oceano.

O mundo parecia parar a sua volta, nada mais importava além do jovem sobre o palco, que respirava fundo ao liberar as próprias poesias para quem quisesse ouvir. A boate poderia se embebedar em chamas, o chão poderia se partir em dois; nada faria com que Jimin deixasse de se afogar na maresia límpida das pupilas alheias.

Ah, aquilo não era justo. O vácuo nos olhos do barista se enchiam de mágoa a cada soar do violão distante; Jeon realmente sabia como o fazer chorar como uma criança, sem nem mesmo notar, coisa que deixava Jimin assustado o bastante para que este se sentisse em queda livre, desabando no oceano a qual era o Jeon.

JungKook continuava a cantar. Park apenas deixou de lado seus afazeres novamente, acomodou seus braços sobre o balcão, e sentiu-se cego próximo ao olhar cheio de vida, que tanto lhe fazia bem.

E quando tudo acabou, Jimin se pôs a bater palmas firmes, ignorando as lágrimas quentes que ainda escorriam sobre seu rosto, recusando-se a nadar em direção à superfície de sua triste realidade, quando JungKook olhou para si, e Park deixou-se afogar.

29 de Junio de 2018 a las 20:55 0 Reporte Insertar 0
Fin

Conoce al autor

ana wesvalle filosofando por aí

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~