você me fez confuso. Seguir historia

staerhyung cell

Talvez, eu deva finalmente esquecê-lo e seguir em frente.


Fanfiction Bandas/Cantantes No para niños menores de 13.

#cell #kooktae #kookv #taekook #vkook
Cuento corto
7
5048 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

caindo na real.

Ninguém sabe ao certo qual o tempo exato que uma pessoa leva para se apaixonar. Na verdade acho que ninguém ao menos tentou descobrir.


Bom, pode ser por um segundo, até quem sabe uma semana, um mês ou da noite pro dia. Pode ser por mensagens de texto ou pessoalmente, com troca de palavras bonitas um para o outro e, algumas até que nem tanto. Sempre tem aquelas duas pessoas que vivem discutindo, mas no fundo, sabem que não vivem sem o outro, um clichê talvez? Sim.


Mas realmente acontece.


O meu caso, acho que é meio diferente, nós convivemos juntos durante três anos e nos dois primeiros, nunca senti nada diferente em relação à nossa amizade, não chegávamos à ser melhores amigos mas, sempre que tinha uma oportunidade nós conversávamos, saíamos juntos muitas vezes, era tão divertido. Mas meu Deus, como eu odiava o fato de você me mandar mensagem as duas, três horas da manhã, de uma balada qualquer avisando que não conseguiria voltar sozinho para casa por ter bebido acho que talvez, quase todo o estoque de álcool do bar juntos dos seus outros amigos – se é que podemos chamá-los assim –, isso era um dos seus defeitos Tae.


Custava você ao menos fazer isso apenas aos fins de semana? Não. Mas eu tinha que acordar cedo no dia seguinte sabe? Você pode não dar a mínima para o colégio, mas eu sim e muito.


Mas o que eu mais odeio, é o fato de que eu sempre ía, mesmo não tendo nada a ver com os seus problemas. Os quais você pensava que iriam sumir de manhã depois de uma amnésia alcóolica, que sempre vinha como um brinde no fundo de toda garrafa de Vodca, grande engano.


E porque eu? Caramba, você é um dos garotos mais populares daquele colégio, e seu contato no celular foi sempre cheio que eu sei... E mesmo assim, eu era o único o qual você clamava – eles não eram confiantes, ou trouxas o suficiente? –, seja por motivos idiotas como esse ou até, trabalhos em dupla para o fim de do bimestre.


Mas, se tem uma coisa que eu sempre fui questão de ser, é um bom amigo, então por mais que eu esteja cansado e caindo de sono, eu pegava as chaves do carro do meu pai, saía escondido dependendo do horário, e sempre ia. Simplesmente, porquê era você lá do outro lado, me esperando.


Que pessoa mais irresponsável, você quem deveria cuidar de mim hyung, e não o contrário.


Mas eu não me importava mais, contanto que você estivesse bem e seguro em casa, eu não tinha do que reclamar ou me preocupar.


Estava tudo indo bem, até você se mudar, voltar para sua terra natal. O problema não era especificamente você se mudar, não, claro que não, todo mundo sente falta da casa de origem algum momento da vida. O problema mesmo, foi que você prometeu manter contato, lembra?


Quando estávamos no aeroporto esperando seu voo chegar, você disse que mesmo um ano fora nada mudaria entre a gente, seja lá o que nós tínhamos. Manteríamos contato não importa como, por mensagem de fumaça se fosse preciso, lembro-me até de dar uma risadinha quando você opinou isso.


E o que você fez? Jogou a promessa no lixo como se fosse um papel amassado e inútil.


Você sumiu Taehyung, simplesmente desapareceu da minha vida como se nunca tivesse existido, e o pior é que eu sei que não tenho direito algum de ter raiva, porquê eu sei que alimentei essa farsa que era nosso " relacionamento", dentro da minha cabeça.


É ridículo porquê quando você me mandava mensagem e me ligava, mantendo qualquer tipo de contato comigo, eu me forçava a acreditar que você ao menos se importava um pouco comigo sabe? Nem se fosse só pela amizade.


Talvez eu tenha apenas sido cego o bastante para não enxergar a realidade e trouxa o suficiente para alimentar essa ilusão de te ter ao meu lado. Droga, eu me apaixonei por você Taehyung!


Os nossos momentos juntos era tão bom, eu me lembro bem...


Os dias que você decidia me acompanhar até em casa depois do término das aulas, eu nunca perdia a oportunidade de te chamar pra entrar e você me lançava um daqueles sorrisos de lado cheios de segundas intenções ocasionando completamente toda a minha falta de sanidade no momento, e claro, eu sempre cedia.


Porque pra mim Taehyung, sentir suas carícias, seus beijos molhados e chupões possessivos, ao som dos seus gemidos grossos e roucos rente às minhas orelhas, junto do barulho alto do baque que nossos corpos transmitiam pelos cômodos da casa... nunca era apenas no quarto.


Sem contar no forte cheiro de suor e sexo que sempre se impregnava em nós e no ambiente, durante e depois.


E isso 'pra mim, era e sempre será a melhor coisa do mundo, quando você se entrega de corpo e alma para alguém, um momento desses não se trata apenas de uma foda qualquer, é muito mais do que isso, não acha?


Claro que não; já que eu tenho certeza de eu era o único que pensava e se sentia dessa maneira, não era necessário você me dizer, eu consegui ver em seus olhos.


Não é à toa quando dizem ser os olhos a janela da alma.


Depois que toda a poeira abaixava, e nós estávamos estirados em um canto qualquer recuperando de nossos recentes êxtases, eu sabia o que viria a seguir e isso me abalava, por mais que eu tentasse disfarçar, era inevitável porquê depois de uma transa você sempre fazia a mesma coisa: Se levantava a procura de suas roupas, as vestia calmamente e simplesmente ia embora, me deixando lá deitado como se eu fosse um prostituto qualquer o qual você pagava. Ao menos algumas vezes você se dava ao luxo de me dirigir algumas palavras, nem que sejam simples; ‘‘até mais tarde’’ ...


Porra, você não faz ideia no quanto doía ouvir e sentir isso...


Mas, talvez agora que você foi embora da minha vida eu consiga te tirar definitivamente do meu coração e da minha mente. Não vai ser fácil, eu sei, um sentimento de anos não simplesmente muda de uma noite para o dia. Mas que escolha eu tenho? ...


Apenas tenho que seguir em frente.


E não importa onde esteja, eu espero mesmo que você esteja bem – mesmo eu sendo muito trouxa agora – pois eu nunca fui do tipo de pessoa fria, insensível, que apenas olha para o próprio umbigo e cafajeste como você, Taehyung.

25 de Junio de 2018 a las 23:12 0 Reporte Insertar 2
Fin

Conoce al autor

cell jungkook, eu te amo - kth

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~