"O fantasma da opera" Seguir historia

leeseokmin1288 Camila Dias

A casa de Ópera, em Paris, guarda um esconderijo secreto. Boatos sobre o local ser assombrado por um fantasma correm por todas as línguas. O jovem Kim Jongin armazena um sonho em si, assim como o lugar guarda seu esconderijo, de tornar-se um dançarino profissional e reconhecido. Porém, quando chega ao destino desejado, depara-se com alguns mistérios nessa região. O Fantasma, sabendo da chegada do jovem dançarino, planeja diversas formas de aproximar-se. Usava uma máscara, pois escondia um segredo em suas feições e, por medo da rejeição, nunca revelava-se por completo.O mistério entre os sentimentos de ambos torna-se envolvente e fascinante nessa aventura pelos porões da Casa de Ópera. Adentrar não é a parte difícil. O obstáculo é não envolver-se com a doce voz, pertencida a um Fantasma.


Fanfiction Bandas/Cantantes Sólo para mayores de 18.

#exo #389 #256 #258
3
4909 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

“Anjo da música”

Oiiii! Espero que vocês gostem <3
Eu me basei em um dos meus filmes preferidos o Fantasma da opera,algumas coisas estão diferentes da historia original então não se assustem KKKK Eu tentei fazer de um jeito mais romântico.
Essa é uma das minhas primeiras fics escritas então me perdoem pelos erros gramaticais e falta de concordância em algumas frases,por isso peço que me falem para que eu possa melhorar :) 

Musicas usadas:"Exo-Don't go"

 
PS:As partes em que eles cantam peço que imaginem com as vozes deles para que fique mais daora <3


Paris,1919

Ele andava até a casa de ópera, que já havia sido uma das mais majestosas do século passado,onde infelizmente nos dias de hoje só havia sobrado ruínas e o enorme salão principal,já que todo o resto havia ido com o enorme incêndio que acabará com a vida de muitos,lentamente ia até a entrada,sua idade um tanto avançada não o permitia andar mais rápido e a cada passo que dava se lembrava dos momentos únicos que havia passado naquele lugar,sentimentos a qual nunca se esqueceu e quando entrou no imenso salão as memórias voltaram tão rapidamente que por um momento voltou no tempo.

Capítulo 1 - “Anjo da música”

Paris,1870

Kim Jongin chegou apressado naquele dia, estava atrasado para o dia mais memorável de sua vida apenas um passo do seu grande sonho,dançar em uma das casas de ópera mais famosa de toda Europa,desde que era muito pequeno sonhava em ser dançarino e poder trazer a alegria a todos os que assistiam mas havia um único problema teria que alcançar notas agudas,ficou um pouco apreensivo já que não cantava há muito tempo,entretanto,nada poderia fazê-lo desistir dos seus objetivos.Entrou apressado no palco e ainda ofegante se apresentou

-Olá sou Kim Jongin, nasci em Seoul na Coréia do Sul mas morei um tempo aqui em Paris quando era pequeno,tenho 24 anos e vim apresentar uma coreografia autoral

-Deve ser por isso que fala bem a nossa língua,bom pode começar quando você quiser -disse a mulher robusta com os rosto todo maquiado e os óculos entre os dedos

A música começou a tocar e logo se pôs a dançar,seguia as batidas da música com clareza,cada movimento que dava podia se ouvir os sussurros das pessoas impressionadas com o talento daquele jovem moço,após alguns minutos deu um grande salto finalizando sua apresentação,logo pode-se ouvir as palmas vindo de todos os lugares do imenso teatro porém uma pessoa se destacava de todas as outras,um homem vestido todo de preto parado no fim do palco,”que pessoa estranha,quem será?”- pensou Jongin.

O dia já havia clareado e ainda não conseguia acreditar que havia sido aceito no balé principal, com toda sua felicidade estampada levantou da cama rapidamente e começou a cantarolar uma canção de ninar que sua mãe cantava quando era pequeno, de repente uma voz macia e delicada se juntou a ele,muito assustado perguntou:

-Quem está aí? O que você quer?

Ninguém respondeu.

Vestiu rapidamente a roupa mais confortável que achou,sua respiração era rápida,o susto ainda não havia passado olhou para o relógio estava atrasado,correu,quando chegou o balé já estava ensaiando.Chegou ofegante até sua posição,o coreógrafo que já estava passando os passos era um homem alto com uma expressão misteriosa,após uma rápida sequência pararam e pode se ouvir uma voz sedutora:

-Bom dia,eu sou o responsável pelas coreografias deste balé meu nome é Oh Sehun tenho 23 anos e espero que se dediquem muito porque não gosto de indisciplina,portanto não cheguem atrasados a nenhuma aula - disse olhando diretamente a única pessoa que chegou atrasado a quase tudo em sua vida, terminou a frase sorrindo

Jongin sorriu e abaixou a cabeça corando.

Depois de horas passando a nova coreografia todos foram liberados para um descanso.O dançarino sentou na beirada do palco e começou a imaginar como seria dançar com a casa lotada,sentiu todo o nervosismo e felicidade que sentiria no dia,riu sozinho,uma voz o trouxe de volta à realidade:

-Você deve ser o novo dançarino principal que todos estão falando não é?

Levantando a cabeça pode-se ver um homem com uma aura angelical e doce, junto com o sorriso vinha duas lindas covinhas:

-Meu nome é Zhang Yixing, sou da China prazer-deu um outro sorriso,Jongin sorriu de volta e o comprimentou

-Eu sou Kim Jongin sou da Coréia do Sul e o novo dançarino

-Sim,eu fiquei sabendo sobre você,ficou muito famoso sabia? Todos falavam sobre o novo cara que dançava incrivelmente eu te vi durante o ensaio,fiquei impressionado-terminou a frase dando um tapa nas costas de Kai

Envergonhado ele agradeceu dando um sorriso para disfarçar

-Mas sabe eu não sou tão incrível como estão falando,tenho meus defeitos como por exemplo cantar notas altas,é quase impossível!

-Que isso! Não se preocupe isso você pode aprender, olha se tiver o professor certo ficará ótimo nisso em dias eu tenho certeza

-Você é muito otimista sabia disso? -Jongin disse rindo

-Bom eu tento-completou Zhang rindo ainda mais alto

Já era mais de meia noite quando voltou para o quarto, estava cansado demais para pensar em qualquer coisa,trocou de roupa e deitou-se já com os olhos fechados começou a cantar a mesma música de ninar que havia cantado de manhã,na mesma hora uma voz doce podia ser ouvida no andar de baixo ele levantou assustado mas ao mesmo tempo curioso “de quem seria aquela voz?” pensou ele, sem exitar muito pegou uma lamparina e seguiu o canto o qual vinha de uma capela no final do corredor. Jongin só conseguia sentir que aquela pessoa estava o chamando para mais perto,não conseguia pensar em nada seu corpo seguia as melodias,seu coração estava acelerado,não haveria mais volta estava hipnotizado.

A capela era toda iluminada com velas de tamanho e cores diferentes,os vitrais tinha desenhos de flores e pássaros a luz da lua atravessava a janela e seguia em direção ao altar,a voz ecoava por todo o lugar trazendo consigo uma sensação confortável e única,jongin nunca havia sentido algo tão aconchegante desde que sua mãe cantava para ele quando criança,a melodia era tão acolhedora que sem pensar começou a dançar,seus pés se moviam rapidamente cada passo era uma sensação diferente,seu corpo se movia de acordo com a música,deu saltos e rodopios mas quando se deu conta a voz havia parado...restando apenas o silêncio.Depois de um tempo voltou a sua consciência Kai se perguntava quem seria a pessoa que havia o conquistado,ele queria sentir mais uma vez aquela sensação então se sentou perto do altar respirou fundo e disse em voz alta:

-Quem for que esteja do outro lado por favor não pare! Sua voz é incrível eu gostaria de ouvir mais,por favor volte para mim!-sem nenhuma resposta voltou para seu quarto com uma pequena esperança de que talvez no outro dia o seu anjo voltasse.

Os ensaios começaram cedo no outro dia,estava nervoso demais naquela manhã para pensar sobre a noite passada,teria um ensaio sozinho já que era o mais novo dançarino. Sehun já o esperava no palco,dançava lentamente uma coreografia que estava preparando para o dia de estreia,parou no momento em que o outro apareceu e disse:

-Você esta atrasado sr.Kim como sempre

-Me desculpe senhor-disse abaixando a cabeça um pouco envergonhado

-Pode me chamar de Sehun se preferir-falou,percebendo que estava corando passou a mão pelo cabelo-bom vamos começar logo com isso.

As horas se passava rapidamente quando estavam dançando,os dois tinham uma sintonia única,as poucas pessoas que passavam paravam para admirar.Após inúmeros puxões de orelha e tombos o ensaio havia finalmente acabado,Kim se jogou no chão e sem saber o que sentir dor,cansaço ou fome começou a resmungar algo quando Yixing apareceu:

-Aqui que estava o melhor dançarino do mundo! Vamos levanta, eu trouxe algo para você comer já que precisa de bastante energia para aguentar esse cara chato

-Você é meu salvador Lay-os olhos dele brilhavam para a comida na sua frente,devorou tudo em minutos

-Jongin!Você deveria ter guardado para mais tarde,aliás antes que eu esqueça não chegue atrasado amanhã pois vai ter aulas de canto e você precisa disso certo?-disse se levantando e dando risada

A noite havia chegado em um piscar de olhos então Jongin decidiu ir descansar,subiu até seu quarto com os pés doloridos quando entrou em seu quarto percebeu uma luz fraca vindo perto de seu espelho se aproximou rápido achando sobre a mesa uma carta,junto com ela havia uma rosa vermelha com uma fita preta amarrada,nela havia a seguinte mensagem:

“Querido Kim Jongin,

Eu posso te ajudar com o canto,me encontre na capela à meia noite -Fantasma da ópera”

Só poderia ser o seu anjo pensou,saiu correndo,os seus pés doíam por causa dos ensaios intensos mas não conseguia parar havia uma força que o puxava.Logo conseguiu escutar a mesma voz da noite passada cantando docemente o chamando novamente,entrou na capela ofegante com as mãos no joelho e a cabeça baixa,tentava recuperar o fôlego.Não percebendo então a presença do misterioso homem a sua frente,quando levantou a cabeça se deparou com um jovem não muito alto,com os olhos redondos e cabelos morenos,uma boca um tanto sedutora em forma de coração e uma máscara que escondia uma parte do seu rosto e por cima da sua roupa havia uma grande capa preta deixando aquele homem ainda mais misterioso,naquele momento ele soube não haveria mais volta estava apaixonado,apaixonado pelo fantasma da ópera.

Mas antes que pudesse dizer algo tudo escureceu,conseguia apenas sentir um leve cheiro de perfume e uma mão quente ao redor da sua cintura o mantendo em pé,estava tão cansado que apenas se entregou aos braços do outro ao seu lado,por um momento recobrou um pouco da sua consciência,conseguindo ver algumas coisas como aquele rosto tanto quanto familiar mas ainda tão estranho,lentamente tudo foi se apagando novamente,porém,antes que ficasse completamente inconsciente conseguiu escutar uma voz cantando para ele e chegando cada vez mais perto de seu rosto para que pudesse ouvir com clareza:

“Seus suaves movimentos atraem minha atenção,seus olhos sinceros contam histórias silenciosas perdi minha primeira e única alma em sua imagem profunda,estou tão embriagado por seus movimentos que esqueci como se respira,você dança levemente e eu não sou capaz de tirar meus olhos de você ,meus olhos o seguem a cada movimento,naturalmente por favor,guie-me”

Logo sua vista se escureceu e ninguém ouviu mais nada naquela noite.

16 de Junio de 2018 a las 01:09 0 Reporte Insertar 1
Leer el siguiente capítulo O espelho

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 5 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión