Inimigos (ou Não) Seguir historia

candynaru Wisley Santos

Naruto detesta Sasuke. Sasuke gosta de irritá-lo. Mas um dia qualquer, os dois acabam tendo que fazer um trabalho escolar juntos e num momento de fúria, o loirinho parte pra cima do mais velho e o mesmo o imobiliza por baixo de seu corpo no tapete macio de seu quarto e acaba lhe beijando, o loirinho tentou relutar, mas quando percebeu já estava correspondendo o beijo gostoso e os toques excitantes em seu corpo do Uchiha. Mas eles não eram inimigos?! [SasuNaru]


Fanfiction Anime/Manga Sólo para mayores de 18.

#gay #yaoi #lemon #boyxboy #sasunaru #colegial #universo-alternativo #sasuke-uchiha #naruto-uzumaki
5
5.1mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Parte I

Logo que chegou em sala de aula o loirinho deu de cara com a pessoa que mais odiava naquele colégio, o garoto moreno um pouco mais alto que si lhe encarou de cima a baixo e revirou seus olhos de cor ônix.

– Saía da minha frente! – o loirinho ordenou impaciente.

– Sairia se você não estivesse tampando a passagem da porta, dobe! – o Uchiha provocou vendo o rosto do menino ficar em um tom vermelho em fúria. Sorriu de lado, amava provocá-lo, era um de seus passatempos preferidos.

O baixinho bufou e atravessou a sala, mas antes esbarrou-se no moreno de forma rude, ouvindo o mesmo rir baixinho.

O menino de olhos claros seguiu até sua carteira, tirando de sua mochila seu caderno e estojo, depois olhou para seu amigo, Sai, que desenhava um tigre em um caderninho de anotações, que o garoto pálido tinha transformado em caderno de desenho.

– Wow, está incrível! – o baixinho elogiou – Bom dia pra você também, Sai!

– Hum... Bom dia Naruto! – cumprimentou sem olhá-lo no rosto, dando mais importância a sua arte em desenvolvimento.

– Que dia vai me deixar dar uma olhada no seu caderno? – o loirinho perguntou, ele sabia que tinha mais desenhos feitos ali, mas Sai nem lhe deixava ver e pra todo canto que ía levava o caderno consigo nas partes íntimas, o loirinho achava que o menino desenhava coisas sexualmente explícitas no caderno, por isso não o deixava ver.

– No dia que você virar amigo do Uchiha! – o garoto lhe encarou com uma sobrancelha arqueada.

– Nunca! Nem em um milhão de anos serei amigo daquele bastardo! – o loirinho disse irritado, só de pensar no moreno, se irritava profundamente.

– Pois nunca verá meus desenhos! – o menino disse colocando o caderno em um saquinho plástico e depois o colocando dentro das calças, ele sempre fazia aquilo, pois sabia que Naruto jamais tentaria pegá-lo ali.

– Chato! – o menino olhou pra frente, cruzou os braços, inflando as bochechas e fez bico.

– Mas você me ama mesmo assim.

(...)

No intervalo, Naruto foi até seu armário guardar seu livro de matemática da aula que teve agora a pouco, foi quando sentiu um tapa forte em sua bunda lhe fazendo dar um pulo de susto, se virou vendo Sasuke lhe sorrir malicioso e seus amigos rirem com a cena, ele estava lhe provocando novamente.

– Gostosa! – o moreno disse e dobrou seus braços fortes na altura de sua virilha fazendo movimentos obscenos pro Uzumaki.

O loirinho sentiu o sangue de seu corpo subir pro seu rosto e ele sentiu um misto de vergonha e raiva pela audácia, dessa vez foi o estopim de sua curta paciência.

– Filho da puta! – gritou indo com os punhos cerrados em direção ao moreno que ainda tinha um sorriso sacana lhe direcionado.

– Mas o quê está acontecendo aqui?! – ouviram a voz inconfundível da diretora, o loirinho parou no exato momento vendo a mulher lhe encarar com seriedade no olhar – Se metendo em confusão de novo, Naruto?

– Ele começou, senhora Tsunade! – se defendeu apontado pro moreno, a mulher olhou pro Uchiha.

– Sasuke...

– Eu não fiz nada com esse baka, eu juro! Estava passando pelo corredor e ele simplismente explodiu, querendo me bater, pode perguntar pros garotos aqui! – apontou pra seus amigos que concordaram com o moreno.

– Deixa de mentiras, Uchiha! Eu estava apenas guardando meu livro e você deu um tapa na minha bunda! – o menino disse alterado, como aquele maldito ousou mentir na cara dura.

– Você fantasia demais, usuratonkachi! Mas já que está tão louco pra eu lhe dar umas palmadas no traseiro, passa lá em casa hoje à tarde, estarei sozinho, viu?! – disse com um sorriso zombeteiro nos lábios carnudos e Naruto corou mais ainda.

– Ora seu...

– Já chega vocês dois! Eu não tenho tempo pra ficar ouvindo futilidades, agora circulando e não quero saber que estão brigando novamente! Fui bem clara?! – a mulher disse já cansada daquela discussão desnecessária, pondo um ponto final na mesma. Os garotos concordaram com a cabeça – Ótimo, agora circulando!

O loirinho trancou seu armário, lançou mais um olhar mortal pro moreno e saiu dali em passos pesados.

– Como eu o odeio! – disse pra si mesmo entrando em sala.

(...)

Na aula de história, eles faziam um teste em dupla, graças a deus era amigo de Sai, o segundo aluno mais inteligente da turma depois do idiota do Uchiha, caso contrário, se fosse individual, ele estaria ferrado. Quando o tempo do teste acabou a professora, Kaguya passou pelas carteiras recolhendo os papéis respondidos.

– Bom turma, agora irei passar um trabalho em dupla – ouviu-se um muxoxo descontente da sala, ignorou e voltou a falar – Vocês irão fazer um relatório completo sobre a Segunda Guerra Mundial, detalhando pontos positivos e negativos que aconteceu naquele tempo sanguinário. Porém, eu mesma irei sortear as duplas...

Mas uma onda de reclamações ecoaram pela sala.

– Silêncio! – disse levantando o dedo indicador, todos se calaram no mesmo instante – Irei chamar quinze alunos dos trinta e ele virá pegar um papel dobrado com o nome de seu futuro (a) parceiro (a). Shikamaru, por favor pegue um encima da minha mesa e diga em voz alta o nome da sua dupla.

O garoto com cabelos amarrados em um rabo de cavalo seguiu até a mesa, pegou e desdobrou o papel.

– Temari.

Procurou a garota que estava sentada ao lado de um ruivinho de olhos verdes.

"Que ótimo!" pensou a garota com desdém, faria o trabalho com o garoto mais preguiçoso da turma.

A professora anotou o nome da dupla e foi chamando o restante dos alunos.

– Naruto.

O menino foi até a mesa apreensivo, restava apenas dois papéis dobrados na mesa e um deles tinha o nome do Uchiha. Pegou um e com as mãos trêmulas o desdobrou e arregalou os olhos.

– E então Naruto, qual o nome da sua dupla? – a mulher perguntou.

– Professora deixa eu trocar, por favor! – suplicou, a mulher negou com a cabeça – Eu me recuso a fazer dupla com o Sasuke! – exclamou olhando pro moreno que tinha um sorriso divertido nos lábios.

– Só quero resaltar a todos vocês que a nota do trabalho equivale a setenta e cinco por cento da nota bimestral, e Naruto... – disse olhando pro rosto do loirinho – ...Recomendo que o faça, sua nota em minha matéria está péssima e esse trabalho é a sua salvação de uma suposta repetição do ano letivo! – alertou e logo em seguida anotou o nome da dupla em seu caderno, desdobrou o outro papel e olhou em seu caderno quem ainda estava sem um parceiro (a) – Sakura e Hinata, vocês irão fazer o trabalho juntas! – avisou as meninas.

A Haruno soltou um muxoxo triste, era pra ela ser a dupla do garoto de seus sonhos e não aquele loiro idiota.

"Ai que maravilha! Quando eu penso que não pode piorar, o destino vêm e se junta com esse bastardo pra rirem da minha cara" o loirinho pensou irritado.

8 de Junio de 2018 a las 22:07 1 Reporte Insertar 4
Leer el siguiente capítulo Parte II

Comenta algo

Publica!
Franciele Dinat Franciele Dinat
Legal
6 de Noviembre de 2018 a las 15:07
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 3 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión