Vejo-te em Setembro (2017) Seguir historia

crissuniverse Tali Uchiha

Yurio era o único que sabia o quão quebradiço JJ era e, Jean era o único que sabia como a Fada Russa podia ser manhosa.


Fanfiction Anime/Manga Sólo para mayores de 18. © Todos os direitos reservados

#love #fluffy #universoalternativo #pliroy
5
4.9mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Capítulo Um

Flashes e mais flashes.


Aquilo irritava JJ.


Sentiu o aperto em sua mão, controlando a respiração e sorrindo para os paparazzis. O loiro ao seu lado sentia o quão tenso estava e, sabia que, aquilo só se prolongaria, agora que o mais velho teria de voltar para o Canadá, sem seu namorado para confortá-lo.


"JJ, você está deixando o Yuri Plisetsky?"


"JJ, vocês brigaram?"


"JJ, beije-o. Quero vocês pra capa da revista."


"JJ"


"JJ"


Jean soltou a mão de Yurio, de cabeça baixa e se posicionou, levantando-a com um sorriso travesso, piscando um dos olhos e fazendo dois J's com as mãos.


"IT'S JJ STYLE"


A gritaria e o click's de fotos aumentaram.

Ele só queria ir para um local quieto e se despedir do garoto que amava, entretanto, seu vôo partiria em 15 minutos.


Olhou para o pequeno e o mesmo sorriu docemente para ele. JJ ainda lembra de como ficaram juntos:


'Yurio estava se alongando nas barras. Seu collant preto destacava-se na pele deliciosamente leitosa. Seus cabelos soltos, chegavam até o meio de suas costas, caindo vez ou outra em seu rosto. JJ tomou aquilo como um incentivo em pegar o amarrador deixado em cima da mesa de madeira perto da porta e caminhou lentamente, atraindo a atenção de algumas meninas que estavam ali.


Se posicionou atrás de Yurio e retirou os fios que insistiam em atrapalhá-lo, juntando todo o cabelo e prendendo-o em um coque.


Plisetsky se arrepiou por inteiro, abaixando a perna e se virando. Jacques era 24cm maior que ele, forçando-o a erguer a cabeça para fita-lo.


"O que faz aqui? Pensei que voltaria para o Canadá depois do Grand Prix..."


JJ se encostou na barra, sorrindo de lado.


"Não podia voltar. Uma certa 'Fada Russa' vem atormentando meus sonhos desde que à vi patinando na final."


O rosto de Yuri estava quente e, suas bochechas, avermelhadas em um tom escarlate. Segurou no braço de JJ e o arrastou para fora, levando-o até a sala de equipamentos.


"Diga logo o que quer, Jean. Estou cansado de suas brincadeiras."


"Eu quero você, Yura. Pensei que fosse mais perspicaz"


Suas mãos laçaram a cintura do menor, puxando seu corpo para perto. O loiro tentou se soltar, mas, não com a real intenção de ver-se livre dos braços do canadense.


"E Isabella?"


"Ela já sabe e compreende que não podemos nos casar. Eu estou apaixonado por alguém que não é ela."


"Ela sabe do nosso beijo?"


"Ela viu. Me questionou depois, mas, não estava realmente triste. Apenas disse para eu não o deixar escapar."


Os olhos verdes fitaram os azuis. Poderia ser um erro, entretanto, Yurio o queria mais do qualquer um.


Assentiu, abraçando o pescoço de JJ que, com o movimento, tomou-o como estímulo a beijar os lábios rosados que tanto ansiara.


Era intenso. Yuri não queria perder aquele momento. Gostaria de estar nos braços de Jean eternamente, tendo-o da mesma forma que quase o teve na noite da final do Grand Prix, onde deram uns amassos dentro do vestiário.

Suas línguas, ao se tocarem, trouxeram a eletricidade que passou pelo corpo dos dois. O russo soltou um gemido baixo ao sentir Leroy o segurar pelas coxas, deixando-o sopeso contra a parede perolada. As respirações ofegantes, a tensão sexual visível, eles precisavam provar do doce veneno da luxúria.


Yuri sentiu seu traseiro ser apertado, fazendo-o arfar. Os beijos de JJ haviam descido pelo seu pescoço, perdurando ali, enquanto e loiro corria seus dedos pequenos e esguios pela nuca e cabeça, puxando alguns fios ao receber algum estímulo forte.


"Eu preciso te ter, Yuri Plisetsky. Aqui e agora."


Yura choramingou, sentindo seu pré gozo pingar. Sentiu JJ beijar seu pescoço, descendo pela clavícula e seguindo para o ombro, abaixando a alça do collant. Ao ir retirando o pano, fisgou um dos mamilos rosados do garoto, chupando e mordiscando até que ficasse inchado e sensível, em um tom rubro. Repetiu o mesmo com o outro, recebendo gemidos altos e despudorados de Yuri.


Logo JJ colocou-o no chão, virando-o contra a parede e beijando as costas nuas do mais novo. Yurio ronronava, manhoso, implorando por mais.


O collant e a meia calça estavam agora, em nas canelas e suas pernas foram separadas.


Jean se ajoelhou atrás do garoto, totalmente hipnotizado e apertou as nádegas, beijando e deixando uma mordida nas duas bandas. Separou-as apenas para encontrar a entrada piscante e rosada que implorava para tê-lo.

O moreno lambeu uma listra, apenas esperando ver a reação do outro. O rosto corado e os lábios entreabertos deixavam Plisetsky deliciosamente sexy, fazendo o pau de Jacques pulsar na boxer.

Yura empinou, deixando que as sensações o tomassem por completo, sentindo Jean começar a lubrificar sua entrada com a língua.


Um dedo.


Yuri sentiu o incômodo por poucos segundos até estar rebolando e pedindo por mais.


Dois dedos.


Jean começou a tesourar o interior do rapaz, preparando-o para receber seu falo.


Três dedos.


Yuri não se importava mais com o decoro. Precisava sentir JJ entrando e saindo de dentro dele com destreza. Queria ser tomado como uma vadia e fodido com força.


"P-Por favor... JJ"


Ele beijou a nuca do garoto, retirando suas calças e roçando seu membro entre as nádegas do garoto, entrando ao meio delas de uma vez.


Yurio gritou, apertando suas mãos em punhos, sentindo Jean invadi-lo com força. Era um vai-e-vem prazeroso, fazendo o garoto morder seu lábio inferior a ponto de verter sangue.


JJ deu-lhe um tapa certeiro na nádega esquerda, fazendo suas pernas bambearem. Leroy segurou o quadril do mais novo, impedido-o de ceder e ir ao chão.


Suas investidas faziam Yuri revirar os olhos em jubilo. Iria gozar à qualquer segundo, sem nem tocar-se.


"Você é tão apertado, babe..."


Plisetsky jogou a cabeça para trás, encaixando a nuca no pescoço do homem.


JJ tirou tudo e entrou de um única vez, socando a próstata do garoto que, gritou alto, pedindo por mais. Surrou aquele único ponto, abraçando o quadril do menor para que todo o seu comprimento estivesse dentro dele e deu a estocada final, sentindo-o gozar contra a parede e, ele mesmo preencher o interior do loiro com sua porra.


Yuri seria seu daquele momento em diante.'


"Consegui arranjar um lugar para vocês dois ficarem até o embarque."


Edward, o segurança bombado de JJ, falou, guiando-os até uma salinha pequena, onde, provavelmente, ficavam os passageiros que eram barrados na alfândega.

Jean suspirou, aliviado e se encostou na mesa, puxando Yurio para o meio de suas pernas.


O garoto usava sua blusa de frio branca e azulada com a gola e a barra vermelhas, tendo a touca preta envolvendo sua cabeça e, os cabelos, mesmo agora curtos, caiam em seu rosto, fazendo Leroy coloca-los atrás da orelha para ver direito o rosto do namorado.


Yuri tinha um sorriso fraco nos lábios, mostrando sua insatisfação em ficar longe do moreno por tanto tempo.


"São só 16 semanas, amor. Eu voltarei mais rápido do que você espera."


Abraçou a cintura fina e acariciou as bochechas rosadas do menor.


"7 minutos para o embarque. Vamos JJ, ainda temos que passar pela barreira de repórteres."


Ele suspirou, assentindo e se separando de Plisetsky.


"Merda!" Edward praguejou.


Os paparazzis havia invadido a proteção e estavam na porta, fotografando os dois.


JJ se recusava a ir embora e não se despedir direito de Yurio. Era inconcebível a ideia.


Ergueu seu casaco vermelho, escondendo o rosto do menor e beijou-lhe os lábios, gravando cada parte da boca dele para se lembrar no tempo em que estivessem separados.


Logo o beijo acabou e Jean pegou a mala vermelha, roçando seu nariz no de Yurio.


"Eu te amo, gatinho. Até Setembro."


Colocou os óculos escuros e saiu acompanhado de seu segurança, deixando para trás, o garoto apaixonado que, não teve a chance mais uma vez de dizer ao moreno que esperava um filho seu.

9 de Mayo de 2018 a las 21:57 2 Reporte Insertar 1
Fin

Conoce al autor

Tali Uchiha Leio de tudo, menos histórias com traição. No momento, minhas coisinhas favoritas são Snamione, Drarry, Snarry, Kacchako, IwaOi, SasuHina e animes em geral. Leio Larry também <3 Trailer de Um Conto de Inverno: https://www.youtube.com/watch?v=QRmqHAzvsFs&t=0s&index=3&list=PLA7dlmsWJdlcaovVQShHa06PKBcbfAVKq Em andamento: - Um conto de Inverno - Teoria das Flores

Comenta algo

Publica!
_BellAngel_ _BellAngel_
Ai meu deus!! Um baby!!! Ahhhhh ❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️
25 de Junio de 2018 a las 14:09

  • Tali Uchiha Tali Uchiha
    Aaaaaaaaaaaaaah isso é tão fofo, né? 25 de Junio de 2018 a las 14:45
~