O preço da solidão Seguir historia

gabriel-regis- Gabriel Regis

''O que me resta? Ligar a TV e assistir um programa idiota nas tardes de domingos? Sair e socializar com pessoas cujas as quais eu não me importo e desprezo?''


Poesía Todo público.
Cuento corto
3
5970 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

A solidão


No silêncio eu percebo quão tedioso pode ser a solidão..
Quando a sua mente começa a ganhar vida, ficar a sós com ela pode não ser uma boa escolha.
Mas o que me resta? Ligar a TV e assistir um programa idiota nas tardes de domingos?
Sair e socializar com pessoas cujas as quais eu não me importo e desprezo?
Ir visitar a minha tia Beth que sempre me manda cartas perguntando como estou, se já arrumei um emprego e se formei uma família?
Ou me acomodar no escuro do meu quarto, ouvindo algum álbum antigo de rock in roll, enquanto leio um livro e tomo algumas doses de um bom e velho whisky na tentativa de acalmar o caos na minha mente?
A última opção me tenta, como uma dama ruiva dos lábios carnudos tenta qualquer homem.
E sem pensar duas vezes, eu a agarro e me deleito do abraço frio da solidão, que como uma puta, suga todo o meu ''dinheiro'' em troca de prazeres que me levam ao delírio que por uma pequena fração de segundo faz eu me sentir vivo.
29 de Marzo de 2018 a las 22:52 4 Reporte Insertar 4
Fin

Conoce al autor

Gabriel Regis https://www.recantodasletras.com.br/autor_textos.php?id=206184

Comenta algo

Publica!
Karimy Karimy
Nossa, como amei isso! Acredite, a última opção não é apenas a mais tentadora, como também a melhor de todas. Sempre a escolho sem pestanejar.
26 de Julio de 2018 a las 20:27

Diana  Borges Diana Borges
seja muito bem vindo, meu querido, essa poesia é linda, sei que vai gostar muito do site assim como eu,beijos
29 de Marzo de 2018 a las 18:42
~