Um amor mais forte que o acaso! Seguir historia

megawinsone Megawinsone Megawinsone

Após o torneio dos 12 universos, o planeta terra foi atacado por diversos vilões, em conseqüência disso Bulma teve que fugir com sua filha pequena, pois todos estavam mortos. Sem pensar muito entrou na máquina do tempo e foi parar por acidente no Planeta Vegeta. Agora Bulma tem a chance de reencontrar seu grande amor, mesmo que este não saiba quem é ela. Em contrapartida Vegeta também está passando por um grande problema, por causa de Freeza. (Bulma X Vegeta).


Fanfiction Anime/Manga Sólo para mayores de 18. © Todos os personagens de Dragon Ball Z pertencem a Akira Toriyama e não a mim.

#Freeza #Dragon Ball #DBZ #Universo alternativo #Bra #Drama #Romance #Vegeta #Bulma
16
7381 VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Cada 30 días
tiempo de lectura
AA Compartir

A tragédia!

-


Passou-se apenas alguns meses após o término do torneio dos doze universos, tudo parecia tranquilo, porém num fatídico dia apareceram vários vilões poderosos oriundos de diversos universos, e declaram guerra aos guerreiros do sétimo universo e a sua população.


Em questão de horas a terra já se encontrava quase deserta, e o grupo de lutadores que representaram o planeta outra ora, jaziam sem vida, eles estavam mutilados e ensanguentados no chão.


Lágrimas escorriam pelo rosto de Bulma, por mais que a cientista tentasse digerir o que tinha acontecido, não acreditava que estava sozinha no mundo, apenas ela e sua menininha, a pequena Bra. Fisicamente a balzaquiana, não mostrava graves ferimentos, porém interiormente seu psicológico encontrava-se em frangalhos.


Todos os prédios da cidade estavam desmoronando, o fogo e a destruição tomavam conta do planeta naquele momento, infelizmente os heróis da terra não estavam mais vivos para defendê-la. Seu amado marido, pai de seus filhos, companheiro de tantos anos fora morto na sua frente, por um inimigo tão forte e sem um pingo de sentimento.


Seu filho Trunks ficou para trás tentando salvar ela e sua irmã pequena, a única salvação estava dentro de uma pequena cápsula em seu armário no laboratório que esta tinha no térreo onde residia. Não demorou muito para conseguir entrar na casa cheia de escombros por todo lado.


Nesse mesmo instante em outra dimensão, onde o Planeta Vegeta ainda existia, uma batalha recém tinha chegado ao fim, o império sayajin tinha vencido sua primeira luta contra o tirano Freeza, muitos soldados morreram ou ficaram gravemente feridos, houve baixas em ambos os lados.


O soberano do reino foi morto de forma brutal pelo inimigo durante um sangrento combate, restando somente seu filho o príncipe Vegeta como o próximo rei a assumir o trono.


Freeza antes de escapar, temendo por sua vida, que por pouco foi quase ceifada, injetou uma substância estranha no príncipe, que na hora não sentiu nenhuma alteração maléfica, porém ao chegar de volta da missão e ser atendido pelos médicos foi constado que o vilão injetou um vírus que deixava o portador estéril, não podendo ter filhos e infelizmente eles não tinha conhecimento para produzir uma cura.


Vegeta ficou arrasado com a notícia dos médicos e com mais raiva ainda de Freeza, precisava achar uma cura para aquela sua condição caso contrário nunca teria um herdeiro para o trono. Tinha levado várias fêmeas sayajins para cama, e também outras mulheres de outras raças, porém jamais soube da existência de alguma criança. Ele nunca se casou e agora se arrependia de não ter concebido um filho quando seu pai sugeriu.


No dia seguinte Vegeta foi coroado o rei, e com isso boatos sobre a sua condição de esterilidade foi espalhado pelo reino inteiro, e preocupado com a repercussão, o moreno mandou chamar Bardock que era tanto sacerdote, como chefe de tecnologias do planeta Vegeta.


- Me chamou meu rei? – Pediu o religioso.


- Quero que você veja com os deuses se haverá uma solução para o meu problema de esterilidade – Exigiu o monarca preocupado.


- Noite passada o grande Lontik me revelou por meio de imagens no fogo sagrado, que não é para você se desesperar, uma criança que é sua herdeira virá até você, trazida pela mãe, provavelmente uma estrangeira. Aconselho que o senhor peça para divulgar que está a procura de um herdeiro, que todas as mulheres que sejam estrangeiras e que se deitaram contigo e achem que a criança é sua venham até o palácio para verificarmos por meio de DNA se você é o pai – Sugeriu Bardock observando o rosto do monarca se contorcer num sorriso.


- Ótima idéia! Espero que você acerte como nas outras vezes, meu caro sacerdote – Retrucou o soberano.


- Tenha fé meu rei! – Suplicou o moreno.


- Pode ir Bardock!


E assim o sacerdote saiu da sala do trono e o rei mais do que ligeiro mandou chamar o porta voz do reino e explicou o que ele queria. Imediatamente empolgado o senhor de idade avançada saiu do recinto para fazer o comunicado ao povo, tanto falado como escrito.


Nas primeiras horas após o anúncio a respeito da procura do herdeiro, uma fila de cinquenta mulheres estrangeiras com crianças no colo se fez em frente ao palácio.


Nesse mesmo momento na dimensão onde Bulma estava, ela ajeitava Bra dentro da máquina do tempo, numa cadeirinha, antes de fechar a escotilha e apertar alguns botões de comando, porém antes de desaparecer uma explosão se fez no local e desestabilizou a máquina, que ao invés de ir para a época de Mirai Trunks foi parar em outro lugar. Ao acordar a cientista tateou e olhou assustada para ver se sua filha estava bem, ficou aliviada quando constatou que sua menininha não sofreu nenhum arranhão.


- Filha, eu não estou reconhecendo esse local, muito estranho, me lembra a descrição do planeta donde seu pai veio, atmosfera meio rosada. Vou verificar onde estamos, preciso ver a gravidade do planeta antes de sairmos daqui de dentro – Bulma digitou no computador, e imediatamente obteve todas as informações que precisava – Bem, pelo que consta aqui estamos no planeta vegeta, dez vezes a gravidade da terra, ainda bem que eu trouxe junto minha nova invenção que faz qualquer ser humano suportar a gravidade superior a da terra umas quinze vezes – Confessou colocando uma pulseira nela e na filha.


Então a jovem senhora antes de abrir o compartimento vestiu um manto comprido com capuz e desceu da máquina com a filha enrolada numa manta.


A cientista pisou no solo arenoso, guardando a pequena nave dentro de uma cápsula, para depois a colocar no bolso de sua calça. Sem mais hesitar Bulma caminhou com Bra em seus braços até uma cidade, que se enxergava de longe.


-

Continua

-

21 de Marzo de 2018 a las 04:08 2 Reporte Insertar 7
Leer el siguiente capítulo A Surpresa!

Comenta algo

Publica!
Karimy Karimy
Gente, se um vilão quer acabar de vez com um cara, mas não consegue, o que ele faz? Destrói completamente o futuro do sujeito! Cara, Vegeta se deu muito mal nessa! Só não foi ainda pior porque vejo a esperança indo até ele! rsrsrs Não assisto DB, mas não me senti perdida e estou adorando a história! Bjs!
24 de Mayo de 2018 a las 22:34

  • Megawinsone Megawinsone Megawinsone Megawinsone
    Muito obrigada pelo comentário, amiga! Fico muito feliz que você gostou da história! Pois é, o Vegeta se deu mal, coitado, mas ainda bem que surgiu uma esperança. Fico feliz que você se localizou na história, mesmo não tendo assistido o anime, que bom que gostou. Espero que goste do encontro entre Vegeta e Bulma, vai ser emocionante. Beijos! 24 de Mayo de 2018 a las 23:47
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 8 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión