Letter from a friend Seguir historia

cupcake_ruivo Lory Cake

Essa não é uma carta romântica. Embora eu tenha intenção de confessar meus mais puros sentimentos de amor em relação a você, todo o meu discurso é apenas para que saiba o apreço que te tenho, meu querido amigo. Do quanto te desejo felicidade. Para sempre sua melhor amiga, Sakura. || Naruto/Sakura FriendShip


Fanfiction Todo público. © todos os direitos reservados

#Naruto #Sakura #Naruto/Sasuke #FNS #FriendShip #NaruSaku!FriendShip
8
6823 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Para além da vida

Oi genteeen

Primeiro de tudo, o avisinho de que essa fic NÃO É NARUSAKU. Ou seja, não é um romance entre eles, como tá nas tags, é AMIZADE, FRIENDSHIP. Narradinha pela baby rosinha.

Espero que gostem. BORA PRO CAP

Querido Naruto,


Eu sei que deve parecer estranho que eu comece chamando-o assim quando minhas demonstrações de afeto para com você sempre foram mais violentas. Estive pensando tanto nisso nos últimos dias, em quando foi que nos tornamos tão próximos, e não consigo chegar a nenhuma conclusão.

Essa carta pode parecer patética, mas eu queria poder te dizer coisas que estiveram presas no meu coração durante os últimos anos e nunca tive coragem de falar. Não se preocupe. Por mais românticas que as cartas pareçam, essa não é uma declaração desse tipo e isso de nada valeria, visto a situação em que você está. Na verdade, é por essa ocasião especial que estou me dispondo a isso.

Você era só mais um garoto irritante quando éramos crianças e se eu fechar os olhos e me concentrar, ainda consigo ouvir sua voz esganiçada chatinha e sua risada escandalosa. Eu me chateava com sua atenção exagerada porque passei boa parte desse tempo sendo a criança que eu era, mas você não desistiu, não é? Você nunca desiste mesmo.

Sua insistência em estar por perto te trouxe pra mim nos anos seguintes. Me trouxe esse exagero de luz e determinação e eu me senti tão grata em tantos momentos.

Eu nunca te agradeci por todas as vezes em que me encorajou diante de algum problema bobo que aparecia em nosso caminho, pelo modo extravagante como tentava me fazer sentir bem, por elogiar minha inteligência e capacidade, mesmo sem saber como eu me sentia insegura em relação a isso. Agradeço pelas vezes em que vi seu rosto se contorcer ao me ver chorar, pelos seus sorrisos de conforto pra tentar me consolar, pelas suas promessas e seu toque acolhedor em minhas mãos e meu rosto quando me sentia fraca demais pra me pôr de pé.

Você nunca me puxou ou empurrou demais pra me forçar a me erguer. Você só estava lá pra me fazer entender e pra me lembrar que eu podia levantar sozinha. Eu era forte o suficiente pra isso.

Eu ainda lembro dos seus joelhos dobrados e seu bico emburrado quando me viu triste por ter brigado com Ino. Era comum que isso acontecesse na época, éramos crianças, afinal. E você me estendeu o mindinho que tinha um arranhão.

Vamos ser amigos pra sempre”, você disse. “Mesmo que seja uma briguenta, eu te amo muito e nós vamos ficar juntos pra sempre”.

Eu lembro que te dei um cascudo e enquanto você ainda berrava, eu te abracei. Foi a primeira vez que aquilo aconteceu entre nós e você ficou vermelho. Aquilo foi mais do que um cruzar de dedos. Eu acreditei em você, de verdade.

Sempre me perco nessa parte da memória. Nesse momento, eu poderia dizer que foi quando ficamos próximos de verdade, mas quando te abracei daquele jeito, era como se já fôssemos. Como se nosso laço já estivesse firme e eu, simplesmente, não tivesse percebido antes.

Eu lembro quando você disse que me amava.

Nós ainda éramos muito novos e aquilo foi tão absurdo. Você falou isso de um jeito tão bobo, envergonhado. Ficou sem falar comigo quase uma semana quando eu ri e disse que aquilo não era possível. Você achou que eu só estava sendo má, mas não era. Eu conhecia você, Naruto. Sabia que aquilo era apenas você confundindo-se nos seus sentimentos, porque sua intensidade é assustadora. Algumas vezes, deve assustar você mesmo também.

E eu estava certa, não é?

Aquela semana longe de você foi tão ruim. Eu nunca contei o quanto me senti mal por você estar tão distante, sem poder trocar nenhuma palavra contigo. Quando você chegou molhado de chuva no meu portão no fim de semana e me olhou com esses olhões azuis me pedindo desculpas, eu amoleci, como sempre aconteceu sem que você soubesse. Eu te bati outra vez, eu me lembro. E te abracei tão forte que devo ter te sufocado.

Aquela saudade deixou qualquer coisa como namoro em segundo plano, tanto por mim quanto por você. Queríamos estar perto um do outro, porque éramos melhores amigos e eu sei que você sentia isso, porque eu via no seu olhar o mesmo que via no meu.

Eu sinto falta da nossa adolescência, dividindo noites assistindo filmes, comendo besteiras, rindo das coisas mais sem sentido possíveis. Das guerras de almofada que você sempre me deixou ganhar e do modo espaçoso como você dormia. Às vezes eu te via adormecido e me perguntava como poderia ser tão barulhento quando acordado. E, céus, você sempre acordava sorrindo. Isso era tão impossível pra mim, mas pra você era tão comum.

E então, chegou aquele dia. Sim, aquele mesmo.

O dia em que Sasuke surgiu. O jeito fechado, arisco e badboy me chamou a atenção e eu lembro em como você ficava irritado com ele. Com aquele jeito de menino malvado e arrogante que te tirava do sério. Eu achava que você estava sendo invejoso pela fama que ele conquistou, mesmo se transferindo pra nossa escola no fim do Ensino Médio, mas não era isso. Você estava reparando mesmo nele, estava procurando algo por debaixo daquela casca e, é claro, você achou.

Você sempre acha, não é?

Eu sinto muito, Naruto. Sinto por aquele dia em que veio me dizer que estava apaixonado por ele. Como estava confuso e com medo, porque nunca tinha se interessado por um garoto antes, como se sentia culpado por saber que eu também gostava dele. Eu sinto muito pelo meu egoísmo em chorar e te culpar, porque de nós dois, era você quem o conhecia de verdade. Eu estava deslumbrada por uma imagem que criei, mas você estava mergulhado em sentimentos por quem ele realmente era e eu sabia. Eu deveria ter te abraçado forte mais uma vez e dito que tudo ficaria bem. Deveria ter dito o quanto você é precioso e como isso nunca ia mudar, não importava o que o mundo dissesse.

E embora tudo isso fosse claro pra mim, minhas lágrimas foram de mágoa por me sentir traída. Foi difícil pra nós dois, eu sei. Mas você não sabe o quanto a culpa me corroeu pelos meses seguintes, junto do ressentimento. Porque eu vi enquanto você e Sasuke se aproximaram com a minha ausência e o quanto ele se preocupava com você, ainda que não fosse do feitio dele. E junto daquela sensação amarga de ciúmes, eu sentia saudades. Queria estar junto de você e ouvir sua voz dizer alegremente como era estar apaixonado de verdade, porque dessa vez você estava. Eu vi nos seus olhos. Eu sabia que você merecia ser feliz, merecia uma pessoa que cuidasse de você do mesmo modo que você sempre cuida de todos.

Quando nos deparamos presos numa das salas de aula porque era nosso dia de limpeza, eu pensei que o mundo acabaria. Essa sua natureza nervosa não te deixa mentir e cada movimento seu não passou despercebido, tão exagerado pra tudo. Nós conversamos depois de meses naquele dia. Conversamos de verdade, colocando tudo pra fora aos poucos e eu acredito até o dia de hoje que aquilo foi uma obra do destino.

Você não sabe como me senti aliviada quando abriu os braços me chamando pra te abraçar. Não faz ideia de quão leve eu me senti por poder te pedir desculpas e sentir o toque acalorado que você tem. Quando beijou minha testa, eu ainda chorava, como uma boba que sempre fui. E a sua voz, agora mais rouca e grave repetiu aquela promessa.

Mesmo que seja uma briguenta, eu te amo muito e nós vamos ficar juntos pra sempre”.

E eu não queria mais quebrar aquela promessa.

A vida nos levou pra destinos um pouco distantes. A faculdade noutra cidade nos afastou um pouco, mas isso não muda nada. Você não sabe, mas eu sempre espero pelas suas ligações e mensagens nos finais de semana, ou suas marcações nas redes sociais. Eu adoro ver suas fotos sorrindo e eu sei, Naruto, que você está feliz. Eu sei que é isso que mereço também. Mereço alguém que me olhe como Sasuke olha pra você. Que se preocupe como ele se preocupa. Que me ame como ele te ama. Não estou com pressa pra encontrar essa pessoa porque amores, esses que duram uma vida, a gente não encontra quando quer. É por acaso, como um garoto novo na escola, ou como a garota ruiva bonita sentada de frente pra mim na cafeteria em que te escrevo essa carta. Vai vir quando tiver que vir, se tiver que vir.

Existem coisas mais preciosas que isso.

No fim das contas, sei que seu sofá da sala estará sempre disponível e seu ombro estará lá pra que eu chore se alguém quebrar meu coração.

Eu espero que essa carta chegue antes de mim, para que já tenha lido quando eu estiver aí. Não quero momentos melosos e fraternos entre nós no dia do seu casamento, mas espero que guarde uma dança pra mim. Comprei um vestido bonito que você provavelmente vai achar estranho, mas espero pelo seu elogio mesmo assim.

Eu te amo, muito mais do que imagina. Estarei sempre torcendo por você como sempre torceu por mim.

Obrigada por existir nesse mundo, Naruto. Ele jamais seria o mesmo sem você.


Da sua amiga para além da vida,

Sakura.

-----------------------

Foi isso gente, bem fluffy, bem migos.
Espero que tenham curtido
Um beijo no kokoro e Ja nee
19 de Marzo de 2018 a las 04:26 3 Reporte Insertar 4
Fin

Conoce al autor

Comenta algo

Publica!
Lucas Lucas
Nunca pensei que fosse achar uma fanfic de naruto
30 de Diciembre de 2018 a las 15:37
Camy <3 Camy <3
AAAAAAAAAAAAAAAAA Eu amo muito NaruSaku Brotp, sério, meu Deus. Eu acho de verdade que eles são melhores amigos e que se amam de paixão e que são muito especiais um pro outro. Nossa, como eu amo os dois juntos, sério! Porque eles se completam, sabe? Eles se conhecem e estão juntos desde sempre e, mesmo quando o Sasuke abandona eles no anime, os dois se mantém sempre juntos. Nossa, como eu amo essa amizade, meu Deus. Só me abraça, Lory, sério <3
19 de Marzo de 2018 a las 00:26

  • Lory Cake Lory Cake
    aaaaaaaaaaa depois de 84 anos iuahdaeklfmlakemfkaemfkaef e siiiim, eu super acho que eles formaram um laço de amizade muito lindo. foi bem fofo fazer isso aqui, ainda bem que ce gostou aaaaaa abraço <3 29 de Abril de 2018 a las 19:31
~