Lost and Found Seguir historia

dileto Vanessa DiLeto

Luz do sol vem se arrastando Iluminando a nossa pele Vimos o dia passar Histórias do que fizemos Isso me fez pensar em você Isso me fez pensar em você Sob um trilhão de estrelas Nós dançamos em cima de carros Tiramos fotos do palco Tão longe de onde estamos Eles me fizeram pensar em você Eles me fizeram pensar em você O-o-oh, luzes se apagam No momento estamos perdidos e achados Eu apenas quero estar ao seu lado Se essas asas pudessem voar Para o resto de nossas vidas Birdy (Wings) - Escutem é linda! ~Sasuhina~


Fanfiction Sólo para mayores de 18. © Vanessa DiLeto

#naruto #sasuhina #sasuke uchiha #hinata hyuga #naruto uzumaki
0
6738 VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Cada 15 días
tiempo de lectura
AA Compartir

Capítulo 1

 Verão de 2006



Hinata estava no ponto proibido da cidade, o Monte Hokage, esperando seu namorado para a comemoração após o baile de formatura. Com seu vestido azul marinho rodopiando a luz do luar, aproveitando cada momento antes de ter uma vida adulta em Tóquio. Olhou para seu relógio e viu que ele estava mais do que atrasado, ela chegou primeiro junto com outros amigos, Sasuke prometera ir logo em seguida depois que falasse com seu irmão, mas todos já haviam ido e somente ela ficou ali. Eram duas da madrugada e estava mais frio que o normal, sem celular não poderia ligar para seu namorado e cobrar seu atraso e nem para seu primo ir lhe buscar. Como já conhecia o caminho voltaria a pé, conhecia os riscos mais não se importou sabia muito bem se defender, estava saltitando na estrada torta e mal iluminada até por fim chegar à estrada principal, de longe percebeu uma luz se aproximando e indo contra os avisos de sua família, resolveu pegar carona com o estranho, que por sorte ou cuidado excessivo era Neji que vinha em seu resgate.

-Oi. Tô muito ferrada?

-Claro que não, seu pai já lhe conhecem muito bem para estar ferrada. – Hinata sorriu com aquele comentário. Colocou o cinto e ficou em silêncio.

-Deveria andar com seu celular.

-Sabe que não gosto muito de celular.

-É para momentos importantes Hina. – Neji ficou calado por um instante a observando e por fim resolveu falar. – É o Sasuke. Ele precisa de você.

Ela o olhou preocupada, seu coração a cada batida falhava miseravelmente.

-O que aconteceu com Sasuke?

-Infelizmente a mãe dele morreu hoje. Enquanto estávamos no baile.

-Acelera Neji!

-Você tá louca? Daqui a pouco a gente chega lá.

-Acelera agora ou eu dirijo!

-Nem pensar, você vai ficar aí até chegarmos lá. – Disse firme.

Hinata estava aflita e se arrependia por não andar com o maldito celular. E estava com raiva por que Sasuke não foi ao encontro dela lhe dizer isso pessoalmente, com raiva por seus amigos não terem ido atrás dela, conclui que era uma certeza que eles já sabiam do ocorrido, e a deixaram ali por mais de duas horas com seu namorado sofrendo e precisando de sua companhia. Minutos que pareciam horas para ela, uma tortura infernal, e estavam lá a frente da mansão Uchiha, sem mais delongas ela foi correndo até encontrar Sasuke em seu quarto, jogado na cama ainda com a roupa que fora ao baile, ela se jogou por cima dele e o abraçou com força. Sasuke parecia ainda tentar ser forte quando o aroma de sua namorada lhe invadiu o peito e por fim pode finalmente chorar, retribui o abraço com força a fim de garantir que ela não sumisse por um passe de mágica. Hinata era tudo que ele precisava naquele momento.

-Meu amor, chore a vontade e por quanto tempo precisar. Eu vou estar aqui ao seu lado.

Sasuke não conseguia dizer nada, ora olhava para ela e ora se afundava no peito de Hinata soltando mais um choro sofrido. Desde que soube do ocorrido ficou paralisado no seu quarto, sentia que lá no fundo isso tudo era apenas um pesadelo e logo iria acordar com sua mãe gritando pela decima vez que iria se atrasar para o ultimo dia de aula. Agarrou Hinata com força e a jogou na cama, precisa de alguma forma se livrar daquela dor, a beijou intensamente, se ele pudesse, queria come-la por inteiro e apenas ter certeza de que Hinata jamais sumiria. Por mais que queira atender as expectativas de seu namorado, ela sabia que ali não era lugar e nem momento para isso e o interrompeu o mais rápido possível. Sasuke ficou indignado e tentou mais uma vez e ela o interrompeu novamente, ele a olhou com certa raiva e Hinata retribui com compaixão, então ele percebeu que estava preste a fazer algo horrível com a mulher que o amava, a única mulher que restou em sua vida. Saiu de cima dela e pediu desculpas, estava aflito, magoado e com muita raiva.

-Sasuke, está tudo bem. Você quer ficar sozinho?

-Por favor, não, fique comigo por mais tempo. Por favor, Hina. – Ele suplicou.

A madrugada passara rápido, assim como o dia do velório e surpreendentemente vida e morte foram e partiram. Ela não sabia por quanto tempo seu namorado ficaria em luto, mas sabia que ficaria ao lado dele por toda eternidade se fosse necessário. O fim do verão chegou e pouco foi aproveitado e por mais doloroso que fosse Sasuke iria dar um novo passo longe de casa e longe de todas as memórias que tinha da mãe.

2 de Marzo de 2018 a las 13:07 0 Reporte Insertar 0
Leer el siguiente capítulo Capítulo 2

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 1 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión