Like a phoenix Seguir historia

teylla Escritora Teylla

GaaHina x UA x Spin-off Do pó que viestes, retornarás, era esse o lema de cada ser Fênix, por muito tempo escondidos dos humanos normais, por não quererem ser descobertos, até que um se apaixonou por uma cigana muito bela de olhos perolados.


Fanfiction Sólo para mayores de 18.

#Insinuação de sexo #Romance #Drama #Época #Gaara/Hinata #Hinata #Gaara #GaaHina #Naruto
Cuento corto
2
6896 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Capítulo único

N/A:  

Então, é para o desafio do grupo de curtidores de SasuHina <3 1mês de allhina e tinha que finalizar com chave de ouro né moresss




Ela é spin off de uma long fic que eu tive a ideia de fazer hoje.


Like a phoenix

Capítulo único

Por Teylla


Hinata estava perdida, sabia disso, desde a última guerra que havia ocorrido, estava sem destino, sem voz e sem vida, nunca achou que perderia alguém tão importante em um período de tempo tão curto.

Estava com um vestido longo e de mangas do mesmo tamanho azulado com decorações brilhantes, havia lido que uma fênix quando morria, voltava, nunca entendeu como e nem o porquê, sempre foi meio cética nessas coisas.

Mas queria que o seu homem de fogo retornasse a vida como diziam as lendas, mesmo que duvidasse um pouco, ela, uma cigana, envolvida com um ser místico… Sabia desde o início que o final seria tão trágico e emocionante quanto começou.

Mas queria que as leis divinas mudassem a opinião e vissem o amor que sentia por ele, queria, mas sabia que suas preces não foram ouvidas quando viu o seu homem morto, com uma flecha no peito.

Doeu tanto em seu coração que ela mal sabia o que dizer, o que sentir, tudo se tornou silencioso ao redor, a respiração estava fraca, seu corpo não se sustentava, caiu de joelhos e rastejou-se até ele, com as mãos trêmulas e o cabelo grudado na testa pelo suor, segurou no rosto do mesmo, chamando-o.

Ele, em resposta apenas a protegeu, novamente.

Não podiam vê-la e nem descobrir que estava viva, ele reuniu todas as forças que tinha e jogou seu corpo em cima do dela, escondendo-a, enquanto aos poucos seu corpo perdia vida, mas ela jurou escutar um “Adeus, Hinata, até logo”, porém como aquele momento estava silencioso para ela, não tinha certeza.

Após começou a ouvir os barulhos de grito e desespero, estava parada, com os olhos fechados, não queria abrir e sentiu uma tristeza invadi-la ao perceber que o coração dele havia parado de bater.

Controlou sua vontade de gritar e chorar desesperadamente.

Agora estava ali, seguindo à risca uma profecia que nem sabia ser verdadeira ou falsa, o sol escaldante queimava sua pele, seguia os passos devidos, ainda nervosa, o coração acelerado, não sabia realmente se ia acontecer, mas queria acreditar que sim.

Lembrou-se do primeiro beijo dos dois no palácio, a flor de lótus que ele havia entregado para ela em demonstração de amor e carinho, as roupas com cores alegres por conta do casamento e o ato de consumação, aquele tinha sido realmente o melhor dia da vida de Hinata no Sabaku, a futura rainha.

Engoliu em seco ao lembrar-se do posto que teria que ter ao voltar para seu país, era um fardo imenso e lembraria todos os dias do seu amado, mas teria sua cunhada e cunhado para ajudá-la no melhor possível.

Olhou para o céu, parada em um ponto, fechou os olhos mentalizando as palavras que lhe foram reservadas para o ritual.

Mas antes que pudesse finalizar, abriu os olhos ao escutar uma movimentação na areia, abriu-se um círculo no meio do deserto, e no meio do círculo estava um homem, seu coração falhou, arregalou os olhos e a boca entra aberta sem acreditar naquilo que estava vendo, era Gaara.

Por um milagre, ele deu um sorriso de canto, com os olhos brilhando por ver seu amor, estava com uma túnica branca sem manga, mostrando seus músculos do braço e com decoração vermelha e dourada, por baixo uma calça folgada.

Hinata parecia estar sonhando, não acreditava no que estava vendo, ficou pensando se era alucinação ou se era verdade aquele homem estar ali.

Era tão irreal, mas ao mesmo tempo tão real.

— Não vem me abraçar, kuku? — perguntou, andando após o círculo de areia cair no chão.

Hinata reuniu todas as suas forças e segurando a barra do vestido, colocou-se a correr desesperadamente, abraçando seu marido, o mesmo a envolveu pela cintura, carregando-a e girando-a, o rosto da mesma estava afundado no pescoço dele, molhando-o pelas lágrimas que insistiam em cair.

Logo ela foi para o chão, encarando-o, os olhares entraram em uma sintonia perfeita, os esverdeados demonstravam tanto amor e carinho pela mulher de olhos perolados, ela colocou as mãos no rosto do mesmo, envolvendo-o em um beijo terno e apaixonado, como se sua vida dependesse daquilo.

— Como tu voltastes meu amado? — perguntou, surpresa.

— Do pó eu me fui, do pó eu voltei — respondeu como se fosse um enigma, passando a mão pelo cabelo dela, o toque, tudo parecia ter uma razão.

— Como se tu fostes uma fênix… — terminou, dando um sorriso, lembrou-se quando ele contou sobre sua família.

— Sim — confirmou. — Sobrevivestes bem sem mim, kuku? — perguntou em tom zombateiro.

— Pois suposto que não, meu amor — respondeu, pulando em cima dele novamente, beijando-o, derrubou-o no chão, ficando por cima dele, encarou-o momentaneamente e voltou a beijá-lo com toda vontade e amor que poderia demonstrar.

Ele segurou-a pela cintura, colocando-a por baixo e acariciou seu rosto.

— Sabia que voltarias por mim, obrigado — agradeceu e deu um selinho nela. — Eu te amo, Hinata no Sabaku.

1 de Marzo de 2018 a las 10:29 0 Reporte Insertar 0
Fin

Conoce al autor

Escritora Teylla Alô, alô, graças a Deus, aqui quem vós fala é a Titia Tey, uma louca, uma feiticeira, sou demais, brincadeira hahaha Crackshippeira totalmente louca SasuSaku ☂ GaaHina ☂ NaruHina ☂ ShikaTema ☂ NejiTen ☂ DeiTen ☂ NejiIno ☂ SaiIno ☂ KibaIno ☂ SaiTen ☂ MadaMei ☂ MadaTsu

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~