Superman Seguir historia

sr.-artie Sr. Artie

Todas as pessoas possuem um Super-herói a qual amam. Ela possuía o dela. Ela o amava muito também.


Fanfiction Anime/Manga Todo público.

#Romance #Naruto #Sakura Haruno #Sasuke Uchiha #SasuSaku
Cuento corto
9
6858 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Capítulo Único: Superman

Notas da História:

Os personagens pertencem ao Masashi Kishimoto, porém, a história é de minha autoria.

Primeiro volume da série "Cartas".

Capa criada pela Fellurian

História betada pela lindíssima e prestativa Bonnie Wolff (Nyah - Liga dos Betas).

História baseada na Música Superman da Taylor Swift

História Postada no Inkspired, SocialSpirit e Wattpad

*SasuSaku*


Superman

By: Sr. Artie

Capítulo Único


Sasuke-Kun,


Estou sentada em um banco de concreto enquanto escrevo isso. Não em um banco qualquer, mas em nosso banco. Naquele banco que você me deixou desacordada antes de partir da vila pela primeira vez, lembra-se? Sem nenhum motivo aparente eu comecei a gostar desse lugar. Sempre vinha aqui após um dia de treinamento puxado com a Tsunade—shishou ou depois de uma semana complicada e turbulenta. E muitas vezes, eu vinha simplesmente quando a saudade de ti era tanta que eu pensei que não mais iria aguentar. Esse local acalmava-me. Acalma-me, na verdade.

Com mais de ano da sua partida, o Kakashi—sensei me disse que conseguiu estabelecer pontos estratégicos para comunicar-se com você. Eu nunca te escrevi antes. Não porque eu não me importo, pois sabe que eu me preocupo muito com você, Sasuke—kun. Nunca te escrevi antes, pois sabia e respeitava o fato de que precisava de um tempo para si próprio depois que tudo que passou. Em um primeiro momento, me senti magoada. Queria ser suficiente para te livrar de todas as suas dúvidas. Porém, mais uma vez, não pude ser.

Resolvi te escrever somente agora devido a desapropriação do seu apartamento. O sistema imobiliário de Konoha considerou-o como abandonado. Juro que tentei, ao lado do Naruto, convencer os responsáveis que você não havia abandonado a apartamento e logo retornaria a morar na vila, mas eles não acreditaram que isso ocorreria após tanto tempo. Como acreditariam nisso, se até mesmo eu possuo dúvidas?

A questão é que precisávamos desocupar o apartamento, retirando suas coisas. Foi o que eu fiz. Recolhi seus objetos, aqueles mais pessoais. Encontrei a sua cópia da nossa foto do Time 7, fiquei feliz por saber que ainda a guardava. Encontrei, também, a foto da sua família, da época em que você era uma criança. Por mais que pareça uma coisa boba, eu aprendi muito sobre o Sasuke—kun olhando aquela foto. Percebi, por exemplo, que possui os olhos de sua mãe, e, apesar de ser apenas uma fotografia, descobri que o seu pai possuía uma postura que denotava ambição, assim como sua.

Por um momento eu pensei em compartilhar a minha descoberta com a Ino-porca. No entanto, decidi que não iria fazer tal coisa. Afinal, todas podem saber que você é alto, moreno e bonito. Um Superman, praticamente. Mas só eu te conheço no íntimo, apenas eu conheço os seus detalhes. E eu gostei de ser a única, porque eu sempre quis ser a única para você, Sasuke—kun.

Ainda hoje, após três anos, me apego a todas as palavras ditas por você, a todos o seus gestos. Talvez, seja por isso que ainda guardo no meu âmago e sonho todas as noites com a nossa última conversa. O "Obrigado" e o toque em minha testa, algo simples para os outros. Para aqueles que não pertencem a nossa realidade. É para mim uma promessa silenciosa. Um acordo fechado apenas entre nós dois. E sinto que não estou errada sobre isso. Raramente estou errada quando é sobre você ou quando é sobre nós, Sasuke—kun.

Então, enquanto você mantém-se afastado eu fico aqui, idealizando todo o futuro que eu aspiro ao seu lado. Diga-me, Sasuke—kun, quando você retornar para casa, estaria pronto para entregar-me finalmente o seu amor? Caso não, poderia apenas perguntar se eu estou bem? Não ache que isso é uma cobrança, pois nunca cobrarei nada de você. Tudo isso não passa de divagações minhas sobre um futuro que eu quero ao seu lado. Não há pressão para você retornar para cá ainda, porque eu vou estar sempre aqui, esperando por você.

As pessoas me questionam pelo motivo de eu ainda te esperar. “Ele é mau” “Ele tentou destruir a vila” “Ele era discípulo do Orochimaru”. Essas são frases recorrentes que eu escuto as pessoas dizerem de você no meu dia-a-dia. Mas eu as ignoro, eu não preciso ouvir uma palavra do que elas dizem. Você pode ser complicado, irracional. Mas eu sei que existe algo nesses seus olhos negros profundos como a noite que me dizem que você não é tão ruim como a sua reputação.

No fim, você é apenas alguém com um uma alma cansada, com um coração tão surrado pela vida, que expurgou quase todas as emoções dele. Você parece inabalável nesse sua armadura intransponível, mas tudo o que eu queria era usar do meu dom para curá-lo. Não o dom da cura, mas o dom de te amar, Sasuke—kun. Nesse mundo marcado pela dor e pelo sangue, te amar tornou-se minha única dádiva.

Eu vi você partindo duas vezes, e, nos dois casos, por motivos diferentes. Na primeira vez, instigado pelo ódio e pelo desejo de vingar sua família, você abandonou a Vila e seus amigos. Porém, na última, deixou Konoha entusiasmado pela ideia de conhecer o mundo, de conhecer a si próprio. Recentemente, Kakashi—sensei contou a mim e ao Naruto, em um tradicional jantar do Time 7, que você estava realizando missões para a Folha. Pequenas missões como uma medida para te reintegrar-se como ninja da aldeia novamente. Depois disso, eu não consigo desassociar de você a imagem do Superman. Alguém que saiu pelo mundo pronto para salvá-lo.

E, dessa forma, eu percebo que no dia da sua partida eu vi o Superman voar para longe, o meu Superman. Eu realmente espero que você não salve outra garota e se esqueça de mim. Eu estou longe, mas eu nunca te deixarei ir. Meu coração sempre estará com você. E eu, por outro lado, estarei sempre aqui, apaixonada. Olhando o mundo a minha volta e desejando que tudo fosse composto de você, que tudo fosse você, que você estivesse aqui ao meu lado.

Eu sei que há lugares em que você precisa estar e eu estou bem com isso. Mas existe uma coisa que eu esqueci te dizer na última vez que te vi, então isto está me matando. Não é nenhuma novidade, porém, Sasuke—kun, eu te amo. Desde a primeira vez em que eu te vi. Portanto, não se preocupe, vá salvar o mundo e demore o tempo que precisar. Eu sempre vou estar aqui no chão para quando você voltar para cá, para o meu lado.


Aquela que sempre será sua,

Haruno Sakura.

1 de Marzo de 2018 a las 01:01 1 Reporte Insertar 2
Fin

Conoce al autor

Comenta algo

Publica!
Alice Alamo Alice Alamo
Olá! Notei que sua história é uma fanfic e, portanto, está na categoria errada do site. Fanfics devem ser postadas na categoria Fanfiction e os gêneros como romance, poesia, lgbt, etc, devem ser postados nas tags ;) Para alterar, basta ir em Editar configurações da história, ok?
1 de Marzo de 2018 a las 09:57
~