Fale agora, ou cale-se para sempre... Seguir historia

takkano Takkano

Shino esperou por anos uma chance. Perdeu a primeira para o tempo, mas, perderia a segunda para sempre... ?


Fanfiction Sólo para mayores de 18.

#Anime e mangá #yaoi #lime #drama #romance #Shino/Kiba #Kiba #Shino #Shiba #Naruto
5
7.0mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Comprometido.

— Poxa Shino, olha só! - Kiba debruçou-se sobre o encosto da ponte que cortava o riacho, localizado bem no centro de Konoha. – Tá todo mundo junto né! Eles parecem tão felizes…

O garoto olhava os casais andando pela vila. Ora ou outra, alguns conhecidos mais próximos paravam para cumprimentá-los. Outros, apenas acenavam de longe e continuavam a agradável caminha naquele lindo fim de tarde. Kiba suspirou sonhador. Shino, que mantinha a mente longe, se limitou a sorrir diante o pequeno drama pessoal de Kiba.

— Oe, o que foi, do que tá rindo? - Kiba desferiu um golpe “carinhoso” no estômago de Shino, que não se manifestou.

— Só desse seu pequeno e incompreensível drama particular!

— Não é drama nenhum não, tá! Vai me dizer que você não sente uma pontinha só de inveja deles.

— Bem, talvez, já que eu fui o único a ficar sozinho!

Kiba não conseguiu deixar de se sentir mal pelo amigo.

Era verdade, Shino esteve sempre sozinho. Depois da guerra, a vida do rapaz se resumia a poucas missões, as aulas na academia, e os ocasionais encontros com o velho companheiro de equipe.

Sem perceber que o fazia, Kiba acabou se perdendo em pensamentos, avaliando as possíveis causas que levara Shino a escolher essa vida de solteiro.

Kiba, primeiro, se concentrou na aparência. Era como dizia o ditado “a primeira impressão é a que fica.”

Desde a infância à pré-adolescência, Kiba nunca chegou realmente a reparar em Shino; principalmente se o garoto era bonito ou não. Não se lembrava de ter presenciado nenhum tipo de bullying sofrido pelo amigo, como era o caso de Chouji e Rock Lee, que tinham, a pança e a sobrancelha, como alvos de piadinhas; o que, obviamente, acabou se tornando motivo para ambos não serem enquadrados em bons padrões de beleza.

Porém, Shino também não atendia aos elevados padrões do Hyuuga, muito menos do Uchiha, que, além de serem populares e descolados, foram abençoados com injusta a beleza de berço.

Mas, o tempo, que costuma ser cruel com as pessoas, acabou fazendo o contrário com Shino.

Agora que Kiba não se preocupava tanto em avaliar ou não o físico de alguém, se deu conta do quanto Shino havia mudado durante todos esses anos.

Por mais que o amigo insistisse em se esconder atrás dos óculos escuros, a melhora dos últimos anos era evidente.

O rosto duro e sempre tão sério, ganhou traços mais suaves depois que Shino passou a sorrir com maior frequência. E mesmo que todos dissessem que ainda era raro ver Shino sequer esboçar um sorriso, Kiba tinha plena certeza de que, sempre que olhava para Shino, um sorriso era a primeira coisa que via. Os cabelos rebeldes, também foram domados e cresceram bastante. Isso sem falar na altura, que começava a impressionar Kiba já desde as suas últimas missões juntos.

Shino também era uma pessoa muito boa. Tirando o clã Inuzuka, e a antiga equipe 8 – da qual o próprio Shino fazia parte –, Shino com certeza, era o mais próximo que tinha de uma família. Quantas vezes Kiba não foi derramar mágoas e expectativas nos ombros do amigo. A última delas, a decisão de ir morar com Tamaki, sua atual companheira, e futura esposa.

— Desculpe! - a palavra saiu vaga, mas cheia de significado. Shino não o questionou, apenas voltou a sorrir enquanto parecia ler Kiba através dos óculos escuros.

— Tudo bem, mas, você não deve se queixar da felicidade; você tem a Tamaki!

— Eu sei, mas, parece que falta algo, sabe; não é a mesma coisa!

— Talvez, seja porque vocês não estão casados ainda.

A explicação, não parecia fazer o mínimo sentido para Kiba, e pela cara de Shino, nem para ele mesmo.

— Não, eu acho que é mais familiar. - Kiba parecia sofrer internamente para dar uma resposta mais adequada. – Você não acha que eu devia ter me casado com alguém daquela época? Tipo, a Sakura e o Sasuke; o Naruto e a Hinata… mais próximo assim?

Mesmo que seus olhos estivessem ocultos, Kiba sabia que Shino ficou surpreso com a pergunta.

— É, pode ser isso também!

— Né, e dai, nem me restaram opções mesmo!

— Não, né!

— Não!Não?

— Não sei!

— Nem eu!

A conversa ficou tão sem rumo, que resolveram apenas continuar a observar o sol sumir atrás de algumas montanhas. Depois disso, Shino acompanhou Kiba até perto da floresta onde agora o garoto vivia com Tamaki.

— Você vai né; amanhã! - Kiba soltou pela vigésima vez naquela noite.

— Já disse que sim, Kiba!

— Desculpe, eu fico nervoso só de imaginar não te ver lá, no dia mais importante da minha vida!

— É mas, depois, isso vai se tornar bem comum; você não me ver mais com tanta frequência. - Shino viu os olhos de Kiba saltarem chocados com a constatação daquela provável realidade. – Além do mais… - Shino se apressou em continuar antes que um sentimento ruim os dominasse. – … qual o problema, vocês já são praticamente marido e mulher; só vão oficializar as coisas.

— É, mas, OHHHH CARA EU AINDA TO TÃO NERVOSO!! - e lá se ia de novo, Kiba se descontrolando. – Queria passar essa noite com você!

— … - Shino deu um sorrisinho estranho para Kiba. – Achei que não quisesse uma despedida de solteiro.

— OE, NÃO ASSIM! - Kiba ficou vermelho. – Eu quis dizer sair para beber, sei lá; Shino seu grande pervertido!

— E foi isso que eu pensei! Achei que você ia tentar me arrastar para aquela casa de shows! - agora foi a vez de Shino corar. – Kiba seu grande pervertido! - os dois riram.

Shino parou bem ao lado do caminho que dava direto para casa de Kiba. – Só vou até aqui, você precisa descansar, Kiba! Amanhã é um grande dia!

— Cara não faz sentido algum passar a noite com a mulher antes de casar, isso é só para a lua de mel; não tem a mínima graça!

— Mas, você já não faz isso todos os dia?

— Exatamente! Faço isso todos os dias, pelo menos hoje, deveria ser diferente!

— Realmente, gostaria que fosse diferente! - Shino ficou um tempo olhando para Kiba sem dizer nada. – Desculpe, Kiba!

Shino partiu sem olhar para trás, pulando pelos galhos das árvores em meio a escuridão.

28 de Febrero de 2018 a las 22:44 0 Reporte Insertar 2
Leer el siguiente capítulo A apenas um passo...

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 2 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión