O Pequeno Semideus Seguir historia

mingyu + hyunnie + (hyu)

Não conseguir ler e escrever direito não te torna burro, Woozi. Faz de você um pequeno semideus. jicheol · woozi!dyslexia · kid!au · to matory


Fanfiction Todo público.

#jicheol #seungcheol #woozi #jihoon #seventeen
Cuento corto
6
6.6mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Unico, como Jihoon e Seungcheol.



   — Me deixe em paz, por favor.


   O pequeno Woozi implorou, enquanto as crianças ao redor riam e zombavam de si. O chamavam de burro, idiota, inútil e outras milhares de palavras que machucavam seu coraçãozinho e o faziam soluçar de tanto chorar. Tapava seus ouvidos e abaixava a cabeça — esta que já doía, fechando os olhos e rezando para que aquilo acabasse.


   Mas nunca acabava.


   Sempre tinha uma pausa, mas nunca um final.


   Tudo isso por ele não conseguir juntar as malditas letrinhas e lê-las em formas de palavras; por elas dançarem ao invés de ficarem paradas no seu lugarzinho, sempre que tentava entendê-las.


   Em algum momento, sentiu uma leve tontura e, ao abrir os olhos, sua vista estava embaçada. Tentou levantar e fugir dali, mas um pé foi propositalmente posto à sua frente, o fazendo cair e as gargalhadas dos outros aumentarem.


   Por que tinham que ser tão cruéis?


   — O que vocês pensam que estão fazendo? — As risadas cessaram e o dono da voz caminhou em direção ao menor. Os outros apenas abriam caminho, sem abrir a boca para dizer um "a".


   Claro que fariam aquilo!


   Haviam sido pegos no flagra por um de seus Sunbaes e, como se não bastasse ser um dos mais velhos, era o mais amado deles: Choi Seungcheol.


   — Venha Jihoon, levante-se. — Disse, o ajudando a realizar o ato. — Pelo o que vi, não é a primeira vez que isso acontece. Se forem maus com você novamente, deve contar para o hyung, sim?


   A surpresa foi total e murmúrios se fizeram presentes com a última frase. Seungcheol não tinha irmãos mais novos e, apesar de ser amigo de todos, nunca se auto declarou hyung de ninguém. Jihoon era o primeiro e aquilo era para eles, no mínimo, admirável.


   — Hyung? — O pequeno, ainda perdido em meio a tudo o que ocorria, perguntou mais para si mesmo do que para o outro.


   — Sim. Hyung. — sorriu, pegando a mão dele e rumando para fora da sala em seguida. — Posso contar com vocês para cuidar do meu 'saeng de agora em diante, certo? — Sacudiu a cabeça ao ouvir um couro de "Claro" e "Sim".— Fico feliz. Vem, Hoon. O intervalo já começou.


   E então, rumaram pelo corredor a fora, recebendo atenção daqueles que já estavam fora das salas.


   Claro que receberiam!


   Não era todo dia que se via alguém do primário, mais especificamente da quinta série andando com Seungcheol, que além de ser da sétima, era popular por suas habilidades tanto físicas quanto intelectuais.


   — Ahn...Hyung? — Woo chamou meio receoso, recebendo a atenção e o sorriso do mesmo. — Por que estamos na biblioteca?


   — Quero te mostrar uma coisa. Sente aqui, eu já volto. — Disse ao indicar o local, sumindo do campo de visão de Jihoon. Zi obedeceu, olhando em volta após estar acomodado.


   Várias perguntas rondavam sua cabecinha naquele momento. Sabia que o Choi, além de por sua capacidade, era conhecido também por ser simpático e bondoso mas, por que havia o ajudado daquela forma?


   E por qual razão o levara na biblioteca, sendo que todos já sabiam de sua dislexia e por isso eram tão maus consigo?


   As dúvidas foram deixadas de lado quando avistou o causador delas andando em sua direção, com um livro na mão.


   — Voltei. — Disse ao se sentar na mesa. O menor nada respondeu e Seung foi capaz de ver a curiosidade estampada no rosto deste, então resolveu sana-la. — Quer perguntar algo, Hoon?


   — Por que me ajudou? — Disparou, finalmente soltando a principal dúvida que tinha.


   — Não gosto de injustiças. Eu não consigo ficar parado ao vê-las. Não concordo mesmo com o fato de praticarem bullying com você por causa de sua dislexia.


   — Mas eles tem razão. Estou na quinta série e não consigo nem ler direito. — Disse triste, já sentindo as lágrimas amontoadas nos olhos. — Eu sou burro, hyung.


   — Não, você não é! A inteligência vem da aprendizagem, não da leitura em si, Hoon. Não é porque você tem dificuldade em ler e escrever, que você seja burro. Quer ver?


O garoto assentiu freneticamente com a cabeça, já deixando o choro de lado.


   — Sabe qual é esse livro aqui, na minha mão?


   — É Percy Jackson! Sei pela capa.


   — Exatamente. Já viu o filme? — Woozi afirmou, sorrindo. — Você reparou que o Percy tem dislexia?


   O mais novo arregalou os olhos, colocando a mão na boca. Como não havia notado isso?


   — Todos os semideuses tem, Zi. Isso não os torna inferiores e muito menos impede que eles sejam inteligentes e lutem por aquilo que desejam, alcançando suas metas. Todos eles são mais do que capazes de conseguirem o que querem e você tambem é. Você é especial, não deixe que meros mortais digam o contrário. Entende o que eu digo, pequeno semideus?


   — Sim, hyung.


   — Ótimo. — Respondeu e bagunçou o cabelo do menor, o fazendo rir. Após algum tempo em silêncio, Woozi se virou, encarando Cheol nos olhos.


   — Mas, hyung. Você também é semideus?


   Um sorriso misterioso foi lançado em sua direção, juntamente com um balançar de ombros.


   — Bem, quem sabe?

26 de Febrero de 2018 a las 21:36 6 Reporte Insertar 6
Fin

Conoce al autor

+ hyunnie + (hyu) say the name seventeen

Comenta algo

Publica!
Emilly Conde Emilly Conde
Meu Deus, que coisa mais linda!! É a primeira vez que leio algo aqui no Ink, e sem dúvidas essa foi a melhor primeira história de qualquer site/app que já li
26 de Septiembre de 2018 a las 08:02

Seventeen stan Seventeen stan
Ai não acredito que postou essa história aqui aaaaa amo muito parabéns pela criatividade <3
2 de Marzo de 2018 a las 12:44

  • + hyunnie + (hyu) + hyunnie + (hyu)
    aaaaaaaaaaaaaaaa obrigada meu amoooor <3 12 de Septiembre de 2018 a las 16:07
Monique Rocha Monique Rocha
lindo demais ♡ Parabéns
26 de Febrero de 2018 a las 17:21

~