Mensagem Seguir historia

mizuhina Mizuhina Tsukai

Apenas uma mensagem pode mudar completamente a vida de alguém. As palavras certas podem salvá-la, as palavras erradas podem destruí-la. Após uma tremenda gafe, Haruno Sakura entra numa baita encrenca ao xingar seu chefe no whatssap, mas talvez com o tempo ela seja capaz de ver que sua impulsividade nem sempre é ruim.


Fanfiction Sólo para mayores de 18. © Masashi Kishimoto

#Mizuhina #Comedia #Romance #Sasusaku #comédia #Naruto
10
7.1k VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Cada 10 días
tiempo de lectura
AA Compartir

Prólogo

Tudo o que ela queria naquele dia exaustivo era desaparecer! O dia cansativo no trabalho tinha excedido os limites do que era suportável dentro de um escritório, e ela passará o dia inteiro se segurando para não gritar com alguém. De fato, para sua personalidade ariana ficar sem se meter em brigas era uma missão que com certeza lhe garantiria um lugarzinho no céu.


A primeira coisa que ela fez ao chegar em casa foi se livrar dos insuportáveis sapatos de salto que eram exigência da empresa, a segunda se livrar do maldito sutiã de bojo, e por fim tomar um longo e delicioso banho quente para tentar digerir tudo o que estava acontecendo.


Quando saiu do banho, ela mal colocou os pés para fora dos box, e o celular vibrava sem parar com uma ligação de número desconhecido, era um convencional. Ela atendeu e logo quando ouviu a voz de seu novo chefe a vontade imediata foi de arremessar o telefone na parede surgiu. Ela mentalizava pelo menos uns quinhentos xingamentos diferentes, mas atendeu com a educação de uma lady.



“Senhorita Haruno. Por favor, não se esqueça do que eu lhe pedi hoje”.



“Sim, senhor Uchiha. Vou providenciar tudo esta noite”. - E desligou.



— Ah vá puta que pariu! - Ela gritou irritada e percebeu o olhar de um bichano assustado sobre si. — Você acredita nisso? - Ela começou a conversar com o gato que dera o nome de Steve — Ele me ligou pra me lembrar da merda dos papéis que me pediu, como se isso tivesse necessidade. O que ele pensa que eu sou? Irresponsável igual a ele? Se eu disse que ia entregar, é porque vou entregar essa porcaria, mesmo que eu tenha que virar a noite resolvendo a merda de um problema que não é meu. Mas que audácia. Arg, Como eu o odeio.



O gato que obviamente não entendia nada, apenas ficou observando a dona andar de um lado para o outro resmungando e quase arrancando os cabelos. Ele não fazia ideia que o mundo dos humanos poderia ser tão complicado.


Sakura fez uma xícara de café, e logo se deitou no sofá para checar os e-mails, onde mais uma vez seu novo chefe a lembrará de seus afazeres. Aquilo foi a gota d’agua. Ela abriu o whatssap. Queria desabafar com os amigos sobre o dia, já que todos estavam cientes sobre a mudança no escritório, e logo digitou uma mensagem num grupo chamado:

“Funcionarios Uchihas S.A”.

Uma alusão ao filme monstros S/A.



 Sakura
“Arg. Eu odeio aquele corno do Uchiha. Só sabe mandar, mas não sabe fazer merda nenhuma, não sabe das responsabilidades dele, pelo visto qualquer um vira chefe hoje em dia. Só porque é filho do dono. ”



  ~ U. Sasuke.


“Bom saber, senhorita Haruno. Quando chegar quero conversar com você”.


“Bom saber que você não fazia ideia que eu estava aqui”.


Sakura saiu do grupo.


Naquele momento ela sentiu os dedos gelando, pois não estava processando o que aconteceu. Por algum engano, ela havia mandado a mensagem para o grupo errado, e não fazia ideia de que Sasuke estava nele. Imediatamente em desespero ela entrou no grupo certo que era mais restrito e onde tinham apenas os amigos mais chegados até onde era de seu conhecimento, sem ninguém que exercício algum cargo superior, chamado “Bonde do quinto andar”.


Sakura


“Nem fazia ideia que aquele filho da puta estava no grupo, meu Deus eu to perdida. Vou levar uma justa causa”.


~ U. Sasuke


“O filho da puta está nesse grupo também Sakura”.


“Conversamos amanhã, fique em paz- rs”


Ino Porquinha


“Porra Sakura O.O”


Sakura saiu do grupo.


No desespero, apertar o botão de sair foi a única maneira de fugir daquela situação. Desesperada ela bloqueou o número de Sasuke e se perguntou milhares de vezes porque não o tinha salvo, na verdade, se perguntou porque ela nunca olhará a lista de contatos. Quando ele foi adicionado? E porque ela não foi notificada de informação tão importante? Tinha sempre tanta besteira sendo postada, que ela nunca tinha se dado realmente conta de que existia um tal de U. Sasuke. Na verdade, ele nunca tinha dito uma palavra, e se disse ela nunca viu. Mas naquele momento, não adiantava mais chorar o leite derramado. Ela estava literalmente ferrada.


“Conversamos amanhã, fique em paz-rs ”.

— Aquela mensagem a assombrou durante toda a noite. E Sakura já podia se visualizar na fila do desemprego.



26 de Febrero de 2018 a las 19:16 0 Reporte Insertar 0
Continuará… Nuevo capítulo Cada 10 días.

Conoce al autor

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~