sophialoren Sophia Loren

Era um dia entediante, até que Shun resolveu limpar a casa. E de uma forma bem divertida. | Tentativa de comédia | | Dia a Dia | | Songfic |


Fanfiction Anime/Manga All public.

#comedia #songfic #saint-seiya #fluffly #cavaleiros-do-zodiaco #dia-a-dia
Short tale
1
5.2k VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Capítulo Único - O lado bom da faxina

Era mais um dia quente na Grécia, no Santuário de Athena, a deusa guardiã da Terra. Em uma pequena casa de cores pastéis, localizada perto das instalações dos jovens aspirantes em treinamento, residia os cinco irmãos “bronzeboys”. Uns dos principais defensores da jovem deusa, sempre montando guarda ao seu lado.

No momento, a casa estava quase vazia se não fosse por Shun. O jovem virginiano estava deitado com a cabeça caindo da cama, com braços e pernas estirados. Com uma blusa salmão, uma calça de pijama cinza e os cabelos castanhos loiros presos em um rabo de cavalo baixo.

Estava entediado. Era seu dia de folga e não pensava em nada para fazer. Seus irmãos estavam ocupados. Hyoga em Aquário junto de Isaak tomando conta da filha de Camus (no qual também o loiro considerava irmã), já que o outro se encontrava em missão. Seiya estava em algum lugar ajudando a Saori em alguma pendência da Fundação Graad. Shiryu estava na China visitando a Shunrei e Ikki... não fazia ideia de onde o leonino estava.

Bufou, olhando mais atentamente para os móveis de seu quarto. E torceu o rosto quando viu uma camada de poeira. Deu um salto, ficando em pé e passou um dedo na cabeceira ao lado. Ficou sujo. Ah, não... Se seu quarto estava assim, imagina o resto da casa?!

Eles sempre tiravam um dia para limpar tudo, mas nas últimas semanas com tanta coisa acontecendo, negligenciaram o lugar, logo ficando completamente sujo.

Mas Shun já sabia o que iria fazer.

Causou seus chinelos do Asa Noturna, pegou seus fones e celular, abrindo nas músicas e dando um play e depois pegando o material de limpeza da casa.

“When she was just a girl
She expected the world
But it flew away from her reach
So she ran away in her sleep”

Começou a cantar, espanando e varrendo o chão da casa, como se fosse a coisa mais legal do mundo fazer uma limpeza no lar. Completamente alegre chegava até a dançar. Seus cabelos se desprenderam e dançavam a curta brisa que vinha da janela.

“And dreamed of para-para-paradise
Para-para-paradise
Para-para-paradise
Every time she closed her eyes”

Arrastando os pés despretensiosamente, Ikki voltava para a casa que dividia com os demais irmãos. Iria fazer uma malinha para passar um tempo na Ilha Rainha da Morte. Já estava se sufocando ficando ali por muito tempo e com muitas pessoas ao redor.

Não imaginava que abrindo a porta se depararia com uma cena um tanto diferente, com seu irmão dançando e usando uma vassoura como microfone enquanto alternava varrendo o chão. Mudou sua eterna carranca para uma feição de surpresa.

“When she was just a girl
She expected the world
But it flew away from her reach
And the bullets catched in her teeth”

Ao se virar na dança, Shun viu seu irmão e deu um sorriso para o bico que ele fazia. Logo teve uma ideia para animar um pouco aquele ser felino. Deu uma girada e mudou a playlist. Estendeu uma mão para o mais velho e entonou:

“Sorria meu bem
Sorria
Eu sempre lhe dizia
Quem ri por último ri melhor

Chorar ‘pra que
Chorar
Você deve sorrir
Que outro dia será bem melhor”

Ikki arregalou suas safiras. Quando percebeu, seu irmão tinha o pegado para uma dança, com a vassoura ainda em mãos.

— Nii-san — o virginiano o chamou, tirando os fones dos ouvidos — Sorria, a vida é curta para ficarmos sempre tristes e emburrados. Tudo fica melhor com a alegria. E você é mais bonito quando sorrir.

Passando a surpresa, o leonino acha graça de tamanha animação de seu irmãozinho, especialmente limpando a casa e ainda dando tempo para um pequeno sermão genioso. Não estava chateado com essa nova forma de fazê-lo rir e se divertir. E o mais novo não estava errado no que dizia.

— Sei não viu, Shun? — pulou para os lados com a dança desajeitada — Você é uma caixinha de surpresas.

Shun somente sorriu com a pequena traquinagem. Sempre tentaria de tudo para ver seu irmão ranzinza se animar.

O mais jovem parou depois de um tempo, pegando um som e plugando o celular nele para a música dominar o local enquanto limpavam a casa. Ikki se juntou ao irmão para acabarem mais rápido e também pelo simples fato de ficar um pouco com o menor, antes de partir em viagem.

Ikki pensou que logo terminariam, mas quando viu estava na cozinha dançando e cantando, com sua voz grossa e perfeitamente melodiosa, em contraste ao pouco desafinado do Shun. As mangas de sua camisa vermelha levantadas e tinha trocado a calça jeans por um short, para facilitar a limpeza e seus cabelos negros estavam com grampos impedindo de sua franja caísse nos olhos.

Ele admitia que Shun realmente tinha um dom de contagiar as pessoas com sua alegria, pois se sentia muito mais leve.

E foi assim que Hyoga encontrou ambos quando voltou ao lar, para pegar umas roupas e tomar um rápido banho (e tirar um tempo para espairecer, pois mesmo com Isaak, cuidar de um bebê era muito difícil). Pendeu a cabeça de lado ao ver essa cena um tanto inusitada.

“Despacito
Quiero respirar tu cuello despacito
Deja que te diga cosas al oído
Para que te acuerdes si no estás conmigo

Despacito
Quiero desnudarte a besos despacito
Firmo en las paredes de tu laberinto
Y hacer de tu cuerpo todo un manuscrito (sube, sube, sube)
(Sube, sube)”

— Isso não se ver todos os dias — murmurou. Mas ficou feliz em ver Ikki tão descontraído e de feições amenas. E ainda dançando e rebolando, até que tinha muito gingado!

Ele queria ser feliz assim limpando as coisas. Sempre era entediante limpar tanto sua casa, como Aquário (se você pensa que os dourados têm servos, estão muito enganados). Deveria fazer dupla com o virginiano mais vezes para limpar aquele lugar. Pelo visto era diversão pura.

Foi de fininho para seu quarto, não para fugir da limpeza, mas por ter que ser rápido e retornar ao décimo primeiro Templo. Não confiava em deixar Natássia muito tempo com Isaak, o mais novo passava a errada impressão de ser muito desajeitado com bebês e ele não queria pôr a prova isso agora.

Dec. 7, 2019, 8:13 p.m. 0 Report Embed Follow story
1
The End

Meet the author

Sophia Loren Só uma garota que gosta de escrever.

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~