A Magia da Vida Follow story

darksunset Dark Sunset

Uma garotinha viciada em livros descobre todos os tipos de magia e passa em sua escola antes do tempo. Em um certo dia estava estudando a natureza da vida, coincidentemente uma voz em sua mente grita por ajuda e ela segue seus sentidos encontrando uma bonequinha em um fábrica de brinquedos abandonada. OBS.: Esta história se passa em uma realidade alternativa do nosso mundo. Lá está na mesma época que aqui, só que contém magia e isso é ensinado nas escolas, que funciona da mesma forma que aqui. Solaria se comunica através do pensamento quando boneca.


LGBT+ For over 18 only.

#magia #gl #NãoSeiFazerTag #GirlsLove #Garota-x-Garota #QualÉAMagiaDaVida?
0
4.5k VIEWS
In progress - New chapter Every Sunday
reading time
AA Share

Capítulo 1


SOMBRA POV

Olá, me chamo Valentina, mas eu mesmo me chamo de Sombra, já que não tenho amigos. Para mim todos são falsos. Esqueci de dizer que tenho 14 anos e já estou me formando na escola de magia. No último ano para ser mais exata. Não vou fazer faculdade. Tenho tantos livros que conseguirei estudar sozinha. Tenho uma coruja bastante velinha chamada Freed. Ele me ajuda bastante em pegar livros muito altos. Sim, existe tecnologia neste mundo, mas só tenho um celular, para escutar música, nada mais que isso. A vida é bem mais do que tecnologia, é o contato que existe com os outros, é como você se relaciona com as pessoas. Olha quem fala, só tem uma coruja de estimação. Até seus pais te abandonaram. Este é meu subconsciente falando. Eu não dou muita bola para ele. Até porque os outros já me julgam. E é mesmo estou muito atrasada para o colégio. Pego minha pasta, saio correndo. Quase esqueço que a magia de velocidade seria uma boa. E assim faço. Chego na hora que o sinal está tocando. Ignoro todos que estão me olhando.

Rebeca- Olha lá a NERD! – Uma esverdeada chamada Rebeca fala. A mais invejosa do grupo. Ela conta a vida inteira dela na sala, como quanto garotos ela pegou em um dia, quanta comida ela come e não engorda. – Nunca fala com NINGUÉM. – Olha quem fala. Era o que eu queria responder. Se sente só por ter poderes de vampiro e elfo ao mesmo tempo. – DEVE SE SENTIR MAIS IMPORTANTE QUE TODOS PARA NUNCA SE COMUNICAR. – Minha vontade era de virar um demônio, que é o mais poderoso de todos os seres, e socar a cara daquela .... (Você cria o resto com sua mente fértil). E ela me segue já que eu sou a presidente do conselho da classe. Não é para me gabar, mas todas as minhas notas são 10. É que eu amo muito magia. E ainda vou descobrir o feitiço mais poderoso que existe. Entro na sala, me sento em frente à mesa da professora, Sunset. Para mim ela é a melhor professora, raramente alguém fica em prova final com ela.

Sunset- CALADOS! Bom dia! – Ela dá um lindo sorriso.

Todos- Bom dia, professora!

Ela se senta na cadeira colocando muitos papéis em cima da mesa. Será teste surpresa?

Sunset- Bom dia, Valentina! – Ela dá uma sussurrada não me olhando.

Valentina- Bom dia professora! – Falo um tanto alegre por pensar que terá prova surpresa.

Sunset- Estudou? – Digo que sim com um uhum. – Que bom! Pelo menos uma tirando nota boa. – Ela responde ainda não me olhando, e sim para os papéis. – Todos sentados. Prova surpresa. – Ela muda quem sempre cola, afastando todos de mim, deixando uma coisa que eu chamo de ilha.

Faço tudo em quinze minutos. Estava tudo muito fácil, feitiços simples e soluções aplicadas não é tão difícil. Só tem que estudar muito. Contraditório não? Ela espera todos terminarem para corrigir. Já que ela tem três tempos. Ela libera para ir para o ‘’recreio”. Pego meu livro de piadas, meu sanduíche de atum e mate e me dirijo para a árvore de ipê roxo. Lá é um lugar bastante calmo.

Valentina- Hahahaha. Cataratas. – Digo pondo a mão na cara. Sim meu xingamento é a palavra mais próxima que vem na minha mente. Ao longe escuto Rebeca e seu grupinho rirem. E ela fala alto.

Rebeca- OLHA LÁ A NERD RINDO! DEVE TER TIRADO CINCO NA PROVA SURPRESA. – E você tirou dez? Tenho certeza que não. Porque minha mente é tão valente e minha boca fica fechada? Deve ser para não gerar confusão. Quer saber foda-se. Me levanto e vou em direção a ela.

Valentina- Tenha certeza que se eu tirei cinco todo o resto da turma zerou. Se enxerga garota. Você tem inveja de mim né? Só pode. – Saio dali em disparada. Ando pelos corredores apressada. Até tombar com alguém.

Sunset- Valentina. Que bom que eu te achei. Pode chamar todos para entrar?

Valentina- Claro. – Assim fiz.

Quando todos estavam na sala. Ela levantou pôs as mãos na mesa e falou logo em seguinte:

Só uma pessoa gabaritou minha prova. O resto todo zerou. Vocês todos são a pior turma que eu já peguei. Parabéns Valentina. – Ela entrega minha prova e eu agradeço:

Obrigada. – Vejo se tem algum erro como de costume, conto os acertos e o mais engraçado nunca tem. Todos ficam com o queixo no chão. Olho para a esverdeada e ela me envia um olhar de reprovação. Fazer o quê? Só pensam em colar. A aula prossegue com o sermão de Sunset. Que não era direcionado a mim. Vou para casa, faço um macarrão de arroz, minha comida favorita. Dou uma estudada na matéria de hoje e de amanhã. Tomo banho, escutando música e logo depois leio um livro, ainda escutando música. E assim é meu dia exceto a parte d’eu ter falado o que eu queria.

____________________________¥_DEZ_ANOS_DEPOIS_¥_____________________________

Oi! tudo bom? Quanto tempo! Hoje em dia estou com 24 anos e sou profissional em magia quântica aplicada multiversal. Muitas faculdades me chamaram para ser professora, porém recusei todas. Minha vida tem ido muito bem, apesar de não saber o feitiço mais poderoso que existe. Me orgulho de tudo que aprendi e aprendo até hoje. Todo conhecimento transforma. Tenho um computador e ainda tenho o mesmo celular para escutar música. O Freed morreu e eu adotei um gato de rua, cinza com manchas pretas. Aprendi a fazer animais falarem, testei em Gru e deu certo. Comecei a ler um livro sobre o princípio da magia e a natureza sutil da vida.

Valentina- Energia? Então é isso que nos move? – Ouço uma voz bastante longe. Eu moro em uma mansão gigante. Só tem eu e meu gato, dormindo. Ok. Sistema de segurança alta linha de ponta. Em dia.

PENSAMENTO- Quem é você? Como entrou na minha mente?

_______- Por favor me ajuda! Eu preciso da sua ajuda. Me tira daqui.

PENSAMENTO- Aonde você está?

_______- Na fábrica abandonada. Há dois quilômetros de onde você está.

PENSAMENTO- Quanta magia.

Me teletransporto para o local indicado. Que já conhecia.

PENSAMENTO- Aonde você está? Não vejo ninguém.

_______- Dê dez passos para frente. – Faço o que ela diz. – Tire os brinquedos de cima. Sou a loira. – Tiro muitos bonecos quebrados de cima, em estado deplorável. – Vejo uma boneca um tanto acabada, mas linda. Nada que um bom trato não desse jeito.

Valentina- Está tudo bem?

_______- Sim. Obrigada.

Valentina- Me chamo Valentina, mas pode me chamar de Sombra.

_______- Me chamo Solaria. Muito obrigada.

Valentina- Que lindo nome, Solaria.

AUTORA ON

O que a morena não percebeu é que os brinquedos estavam brincando com a loira.

Nov. 20, 2018, 11:44 p.m. 0 Report Embed 0
Read next chapter Capítulo 2

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~

Are you enjoying the reading?

Hey! There are still 1 chapters left on this story.
To continue reading, please sign up or log in. For free!