Short tale
2
4.6k VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Oitavas


[Dinmukhamed Kanatuly Kudaibergen

— Dimash Kudaibergen —

a personificação da Música]

 

Dimash é um musicista nato [um amante da Música].

Sua voz é a sua essência refletida. Não há limitação para si. Cantar não se trata de quais notas são possíveis alcançar e do comprimento (fascinante e raro) de suas cordas vocais. Cantar é exploração. Cantar é expressão. Kudaibergen não se limita a números. Kudaibergen nasceu para cantar [criança das fitas cassetes]

“[..] você está apenas interpretando a música e os sons e o acompanhamento. Se existe um baixo, se existe um violoncelo, se existe uma corda, você se torna a emoção que esse som é” É como se Dimash sempre parafraseasse [essa frase de Michael Jackson] mentalmente quando põe o primeiro pé no palco — torna-se a própria personificação da música. Como uma arte a ser contemplada, um espetáculo a ser aplaudido, ele estufa o peito de paixão e a laringe de segurança.

E Dimash canta. Encanta ao público com o seu domínio de voz. Melismas e falsetes. Opera e pop. Agudos e graves. Mas Dimash é muito mais que técnicas e notas vocais. Dimash é Música. Dimash é interpretação, expressão e paixão. Perfeição. E o mundo não é o suficiente para si.

 

“Eu nunca conto oitavas. Eu não me importo. Eu só me importo em cantar”

Nov. 20, 2018, 5:25 p.m. 0 Report Embed 1
The End

Meet the author

Cintia Walter ♡ wattpad: forestela | ♡ spirit: forestella | ♡ twitter: @cintiartist

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~