elloo Elloo Izy

Me vestir de empregada por motivos de que meu namorado achava sexy, era o cúmulo da humilhação pública! Mas então, por que estou tão excitado com toda essa coisa?


Fanfiction Anime/Manga For over 18 only.

#romace #yaoi #todoroki #bakugou #boku-no-hero
Short tale
8
5.4k VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Aniversário.

Aparentemente sou um pervertido.

Normalmente, pessoas não aceitam coisas tão facilmente de outras, contudo, acho que sou um ser diferente.

Me vestir de empregada por motivos de que meu namorado achava sexy, era o cúmulo da humilhação pública! Mas então, por que estou tão excitado com toda essa coisa?

As mãos gélidas subiam por debaixo da saia do vestido de empregada, enquanto eu me sentava em seu colo e tentava tirar seu cinto. Seu olhar misto e irônico olhavam cada detalhe de minha feição corada.

Que interessante, Bakugou Katsuki envergonhado, grande show de circo.

Acabo virando o rosto um pouco irritado, pelo fato de seus olhos coloridos não pararem de me encarar. Ele rir, e me puxa levemente para si, beijando meu pescoço em toques delicados. A maciez de seus lábios me fez fechar os olhos e segurar seus ombros.

— Gosta disso? Achei que não estava feliz com a fantasia. — Diz entre beijos calmos em meu pescoço.

— Cala a boca, Todoroki. — Minha voz acaba saindo um pouco rouca, pois Shoto beijou minha garganta, causando arrepios em meu corpo, o que chamou sua atenção.

Ele inclinou meu rosto para baixo, beijando primeiro meu lábio inferior com selinhos, depois, beijou a ponta de meu nariz e tocou seu nariz contra o meu de forma carinhosa, o que me fez corar mais ainda. Bastardo.

Seus dedos longos e esguios serravam o elástico de minha cueca por debaixo do vestido e enfim entrando em direção a minha bunda, apertando uma das nádegas, tirando um arfar meu.

— Gosta de ser tocada aqui, querido? — Pergunta com a voz embargada de desejo.

— Cala a boca….

Beijo seus lábios rosados, uma de minhas mãos pousa em seu pescoço e sobe até sua mandíbula. Todoroki, por outro lado, segura meus cabelos da nuca e os puxa para trás, mordiscando meu lábio inferior e depois o beijando novamente. Um sorriso brota em seu rosto em meio ao ósculo.

— O que foi? — Pergunto.

— Gostou do seu presente de aniversário? — me encarava esperando a resposta. Seus dedos alisavam minhas bochechas com delicadeza, o sorriso cínico em seus lábios me dava raiva.

— Isso aqui é meu presente? — aponto para a roupa de empregada — Claro que não! Isso nem é um presente.

Digo me movimentando para sair de seu colo, mas ele segura meu braço e me faz sentar em cima dele novamente, e sentindo seu membro duro.

— Você é mentiroso, Bakugou.

Diz pegando minhas coxas e se levantando, me forçando a por meu braços em volta de seu corpo.

— Ei! O que acha que está fazendo? Eu vou cair!

— Indo para o quarto, para que eu lhe dê seu presente de aniversário verdadeiro. — Diz passando pela porta branca de seu quarto.

— E o que seria? — Pergunto ao ser colocado na cama de casal.

— Eu.

Ele diz tirando sua camisa e preta de botões e me beijando, desamarrando o laço em minhas costas que prende a roupa de sexy shop.

— Que belo presente, senhoras e senhores. — Digo.

— De nada.

April 20, 2018, 3:32 p.m. 0 Report Embed Follow story
3
The End

Meet the author

Elloo Izy Welcome to purpurina!

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~