fromkais honey .

Mark nunca pensou que jogar videogames iria virar seu trabalho e muito menos que ele estaria pagando suas contas com o dinheiro que ganhava por ficar horas na frente do seu computador jogando quaisquer que fosse o jogo do momento. Mark só não sabia o que sentir quando recebia roupas vinham apenas com o nome de uma pessoa, ou melhor um usuário, YT_Prince.


Fan-Fiction Bands/Sänger Nicht für Kinder unter 13 Jahren.

#yuta #mark-lee #Yumark #nct
0
3.5k ABRUFE
Abgeschlossen
Lesezeit
AA Teilen

capítulo único; there are doors we can’t walk through

Mark nunca pensou que jogar videogames iria virar seu trabalho e muito menos que ele estaria pagando suas contas com o dinheiro que ganhava por ficar horas na frente do seu computador jogando quaisquer que fosse o jogo do momento.

Ele basicamente ganhava dinheiro conversando com pessoas que ele não via na vida real, na sua concepção aquilo era algo muito impressionante.

E outra coisa que ele achava mais impressionante era que alguns nomes que subiam no chat eram recorrentes, alguns via todos os dias, alguns em dias alternados e ainda tinha aqueles que faziam questão de mandar mensagens para que ele não se esquecesse desses amigos virtuais que o acompanhavam durante as tardes a dentro.

O amigo com quem compartilhava o apartamento, Heachan, achava tudo aquilo muito esquisito, ainda mais porque Mark recebia alguns presentes dos fãs, sem contar as cartas que às vezes chegavam em lotes. Por mais que Heachan não entendesse muito bem, não falava nada, ele já estava muito ocupado com o seu projeto de mestrado para ter que cuidar da vida alheia.

Mark agradecia a falta de interesse do amigo, imagina ter que explicar que às vezes recebia roupas e acessórios? Essa era uma das dores de cabeça que ele não queria ter tão cedo. Ainda mais quando a maioria das roupas vinham apenas com o nome de uma pessoa, ou melhor um usuário, YT_Prince.

YT_Prince era um dos nomes que apareciam com frequência nas lives que Mark fazia, eles não eram próximos, mas existia alguma coisa ali. Quando o moreno recebia os pacotes junto das cartas, ele não podia evitar seu coração acelerado muito menos as borboletas que insistiam voar por todo seu estômago.

Esse foi um dos motivos que o streamer decidiu ir atrás do rapaz, bom, isso e o fato dele tomar decisões precipitadas na maioria das vezes. Em sua conta pessoal privada ele decidiu procurar o rapaz, infelizmente não achou a conta dele, mas sim uma onde ele colocava melhores momentos da transmissão e fotos de alguns presentes que enviava.

Mark não soube explicar direito, mas quando viu aquelas edições entendeu como os cantores que via na televisão deveriam se sentir, na realidade ele nunca imaginou sendo admirado daquela maneira.

Estamos falando de Mark Lee, e o sobrenome dele deveria ser impulsivo.

Não tardou em mandar mensagem para a conta com o mesmo nome do rapaz que assinava os presentes que recebia.

Não ficaram próximos do dia para noite, depois de algumas conversas e comprovações de que falavam com a pessoa real e não um fake, Mark achava que podia considerar o outro um amigo. Porém a ideia de ter que provar que ele era de fato ele ainda o assustava um pouco.

O moreno descobriu que YT_Prince, na verdade se chamava Yuta Nakamoto, um estudante japonês que estava fazendo intercâmbio na América e era o dono de uma das maiores páginas dedicadas a Mark Lee. Não tinha muito mais informações do que isso, infelizmente, gostaria de saber mais do rapaz que fazia questão de mandar cartas escritas à mão com mensagens de encorajamento.

Como havia recebido na última caixa, junto com a carta estavam um par de camisetas, uma de manga comprida dessas que ficam bem justas no corpo pretas e uma bem mais larga branca com uma estampa de algum anime que não conhecia.

Mark não entendia muito de moda, mas ele achou uma combinação muito interessante.

Fora as roupas dessa vez tinha uma pequena caixa de veludo escuro, nada muito grande, cabia na palma da mão dele. O moreno deixou as blusas e o envelope de lado por um momento, para poder ver o conteúdo da caixinha.

Lentamente abriu a pequena tampa, dentro tinha apenas uma simples corrente de prata com um pequeno Y como pingente, os detalhes do pingente pareciam ser feitos com algum tipo de pedra.

Mark iria mandar mensagem para Yuta um pouco antes de começar sua transmissão, mas aquele pequeno presente o fez mudar de ideia. Pegou seu celular no meio do monte de roupas jogadas na cama e foi direito para a conversa que deixava no topo das outras.

Tirou uma foto das camisetas em cima da cama e enviou, não demorou para mandar a pergunta se ele estaria online ou não. Yuta tomou seu tempo para responder, Mark nunca tinha sido uma pessoa muito controlada e ver aquele balão azul de mensagem aparecer e sumir o deixava ansioso demais, a mensagem apareceu na dela.


Com certeza.


Uma mensagem simples que logo fora acompanhada de uma foto do computador do outro ligado já no canal de Mark. Um frio tomou conta da barriga do moreno, ok, talvez ele tivesse uma pequena paixonite pelo outro. Duas fotos dele sorrindo foram o suficiente para fazer com que o coração do moreno ficasse apaixonado por Yuta.

Com um sorriso pequeno nos lábios deixou o telefone de lado, iria terminar de arrumar as coisas para poder começar suas transmissões não antes de ler a carta que Yuta havia escrito. Talvez escolhesse o jogo do dia com os seus inscritos, assim teria o tempo que fosse para ler e reler o conteúdo da carta.

Mesmo depois de alguns meses de conversa ele ainda ficava com vergonha com algumas das palavras de duplo sentido que Yuta escrevia.

(...)

Mark já estava lendo as últimas mensagens que recebeu assim como falando suas despedidas, fez questão de agradecer a todos que apoiaram financeiramente o canal e ainda deixou no ar uma ideia que ele e um grupo de amigos estavam pensando em fazer um evento para que eles pudessem encontrar os fãs.

Sabia que iria escutar algumas reclamações de Johnny por ter falado um spoiler para os fãs, mas ele estava de bom humor demais para ligar. Não demorou para finalmente desligar tudo e esperar a mensagem que sempre recebia no final de cada uma de suas transmissões.


As roupas ficaram perfeitas.


Mark sorriu e olhou para a blusa branca, realmente tinha ficado perfeita aquela combinação que o outro escolheu.


O colar também ficou perfeito.


Mark levou sua mão para o pequeno pingente com Y que estava usando, não pode evitar o calor que começou a sentir em suas bochechas. Se xingou mentalmente por se deixar afetar tanto assim apenas com uma mensagem.


Agora você sempre vai ter que usar ele para lembrar de mim (:


O coração do moreno não aguentava quando Yuta mandava aquele tipo de coisa, nunca deixaram claro o que realmente tinham, mas, não era segredo que os dois trocavam alguns flertes, nada muito além das mensagens com duplo sentido, porém, somente aquilo era capaz de deixar a mente de Mark vagando nas possíveis coisas que poderiam acontecer.

Olhou para a conversa com Yuta novamente e escreveu uma resposta.


Achei meio brega :p podem achar que eu estou namorando


Lembram? Impulsivo.

Não sabia de onde tinha tirado aquela coragem, mas foi interessante ver o balão aparecer e sumir da conversa deles. Quando finalmente a mensagem apareceu Mark soltou um suspiro que nem sabia que estava segurando.


Talvez não seja ruim eles pensarem isso.


Mark não respondeu nada, logo outra mensagem subiu na conversa dos dois.


Acho que precisamos conversar, preciso te falar uma coisa.


As mãos do moreno estavam ficando desconfortavelmente suadas.


Não quero ter que te dividir com mais ninguém.


Mark levou a mão no pequeno pingente, talvez ele não fosse o único que tivesse se apaixonado, dentro daquela relação estranha que os dois tinham. Mesmo tento a plena consciente que se tivessem algo mais sério em alguns momentos teriam que se contentar com fotos e vídeo-chamadas, Yuta estava estudando do outro lado do país.

O encontro não iria acontecer tão cedo.

Talvez a falta de resposta de Mark fez com que o rapaz do outro lado ficasse apreensivo, o celular do moreno começou a vibrar, o nome de Yuta apareceu junto com uma das fotos que ele mandou mostrando seu reflexo em algum restaurante que tinha ido, não dava para ver a cara dele, porém, era possível ver os ombros largos e os cabelos ruivos.

Respirou fundo e atendeu.


Mark eu gosto de você...


Talvez todas as dúvidas que Mark tinha em relação a Yuta fossem resolvidas naquela chamada, tinham a madrugada inteira para conversar os próximos passos e principalmente sobre seus sentimentos.

30. März 2020 05:54:38 0 Bericht Einbetten Follow einer Story
2
Das Ende

Über den Autor

honey . 🚀 𝖿𝗅𝗒 𝗆𝖾 𝗍𝗈 𝗍𝗁𝖾 𝗆𝗈𝗈𝗇 ✩ decidi criar isso aqui para deixar todas minhas histórias em um lugar só, talvez. ✩ ss. kinobam ✩ ss. mooochi

Kommentiere etwas

Post!
Bisher keine Kommentare. Sei der Erste, der etwas sagt!
~