Um crime perfeito Follow einer Story

ya-young1554031536 Ya Young

Mais um movimento imperceptível da Akatsuki seu novo alvo o rico Uzumaki Naruto.


Fan-Fiction Anime/Manga Nicht für Kinder unter 13 Jahren.

#anime #naruto #sasuhina
Kurzgeschichte
2
3.5k ABRUFE
Abgeschlossen
Lesezeit
AA Teilen

Olhos creme

Mais uma vez Naruto recebia seus convidados no sua confortável e imensa mansão Uzumaki, boas bebidas, comidas e a mais perfeita musica.

Ele caminha por entre os convidados atraindo olhares e suspiros das donzelas que tem cobiça por sua riqueza, Naruto tem um porte elegante seus olhos azuis se destacam entre os olhos comuns daquela noite só até outro par de olhos adentrar aquela festa olhos num tom creme raros por aquele lado, ela desliza em seu vestido preto curto a renda branca que circunda sua cintura da um charme especial a mulher misteriosa.

Naruto a admira deixando a cabelo rosa falando sozinha e caminhando até seu objeto de curiosidade.

Naruto- Prazer sou Uzumaki Naruto e você?

...- Hinata.- diz se afastando e pegando uma taça de champanhe.

Outro que é incomum ali é o mais novo delegado de Konoha Uchiha Sasuke um cara mais reservado que faz pouco tempo que assumiu interinamente o comando da delegacia, os dois se cumprimentaram não possuem uma amizade mais Sasuke sabe da importância de Naruto na cidade.

A festa animada vai ganhando movimento do entra e saiu de garçons servindo os convidados Naruto furtivamente olha para a bela moça, seu instinto de uma raposa cansando se aguça com aquela pele branca a mostra deixando sua noite bem mais colorida

Akatsuki 2 dias atras.

Pain- Entendeu seu novo alvo?- confirma pela decima vez.

Hinata- Sim farei silenciosamente como foi com o Kakashi e Itachi.

Sasori- Minha pequena adaga mantenha seus olhos no alvo.

Hinata foi criada desde pequena para suportar toda a tortura existente seu corpo volumoso parece frágil aos olhos de quem não conhece seu lado sombrio, deixada para morrer por ser uma criança bastarda ela foi envolvida pela Akatsuki que a transformou em um monstro dos olhos cor de creme.

Hinata já havia saído da sala quando o rapaz entrou.

Sasori- Você vai também, meu segundo plano- diz para o rapaz a sua frente.

Pain revirou os olhos tinha certeza que Hinata era a unica necessária nessa missão, ela era mais eficaz em planos mais cautelosos sabia transportar uma arma muito bem usando as curvas do seu corpo o outro só iria assistir ao melhor crime.

Voltando a festa

Hinata permanecia no canto atraindo olhares de todos ali por sua beleza exótica foi quando ouviu o anunciar do convidado especial Hyuga Neji o filho legitimo de seu pai o rapaz que lhe roubara toda a infância e privilégios o rapaz que proporcionara ser aquela assassina fria e de dar medo até mesmo em Pain.

Caminhou para perto da mesa deixando seu copo e pegando outro de um Whisky puro levou o copo aos lábios e ajeitou o cabelo esse ato chamou a atenção dos três rapazes que conversavam não muito longe.

Naruto deu o primeiro passo caminhando para perto dela foi tirado de seu caminho por uma mulher de cabelo rosa conhecida o puxando para dançar, Neji foi o segundo a se mexer caminhou rápido e estendeu sua mão para a moça, que lhe olhou com desprezo saindo dali.

Gaara entrou sorrateiro na festa seu cabelo vermelho e olhos verdes se apagaram ele não se destacou não chamou a atenção poderia cometer o crime rápido e sem vestígios, não o fez se perdeu em pensamentos vendo sua garota caminhar para fora em direção a varanda sendo seguida por um rapaz.

Gaara respirou fundo sabe dos truques de Hinata esperaria o momento para jogar.

Hinata se debruçou no parapeito da varanda olhando par enorme gramado cheio de rosas, Sasuke vinha lento mais não imperceptível.

Hinata- O que desejas?

Sasuke- Eu sei o que você fez e o que veio fazer.

Hinata- Pena que não pode me prender.- ela aproveitou a distancia que ainda tinha saltando do parapeito par a varanda do segundo andar dando uma ultima olhada para baixo.

Sasuke passou apresado pelos convidados dando um empurrão em Gaara e subindo as escadas, no segundo andar mantinha a arma a frente do corpo e caminhava analisando tudo para não ser pego de surpresa comodo a comodo seu coração pulava de nervoso sabia que isso é arriscado mais quer vingança respostas.

Entrou no escritório e a viu sentada na cadeira esperando por ele, Fechou a porta atras de si e abaixou a arma, o ar parecia pesado naquele ambiente o vento frio invadia a janela aberta arrepiando ambos.

Hinata- Então o que sabe de mim?

Sasuke mudou seu olhar para um ódio mortal reconheceria aqueles olhos em qualquer lugar os mesmos olhos que mataram seu irmão e o deixara com sede de vingança.

Hinata- Uchiha bom é Uchiha morto.- o ódio subiu mais ainda no rapaz que só via sangue a sua frente.

Sasuke- Sem armas, uma luta limpa.

Hinata concordou retirando a pequena kunai de seu vestido e deixando sobre a mesa, Sasuke jogou longe o pente da arma e deixou esta sobre uma escrivaninha velha no canto retirou a gravata e o terno ficando mais a vontade.

Hinata- NÃO TOQUE NISSO- aponta para a kunai- ESSE VENENO NÃO É PRA VOCÊ.

A luta começou agressiva o ódio de Sasuke o controlava enquanto Hinata mantinha o foco, o primeiro a se ferir foi ele um corte no rosto feito pelas unhas dela, ele socou seus estomago deixando algum sangue escorrer pela boca pequena da garota.

Os moveis já revirados de tanto se chocarem na luta, a luta já estava no fim com Hinata por cima desferindo golpes evitados por ele quando ele a puxa pelo cabelo para um beijo, suas mãos percorrem o corpo cheio de curvas da garota que se esforça para respirar.

Ele abriu as pernas dela roçando as intimidades não se deram conta de quando o ódio virou tesão, luxuria, desejo...

Foi a vez dela inverter aquilo ficando por cima beijando ele com uma sede inesgotável de vontade, a musica rolava animada no andar de baixo não tanto quando as mãos dele rasgando sua lingerie penetrando ela sem aviso só o contato das mãos não era suficiente para ele que queria mais.

Retirou suas roupas voltando sua atenção aos seios fartos chupando e apertando os mamilos sua boca trilhou mordidas até a intimidade dela a lambendo sentindo um pouco do gosto dela, seu membro pulsava querendo a foder, foi a invadindo devagar deixando os gemidos dela lhe guiarem.

Suas estocadas rápidas já faziam os corpos suarem Hinata esqueceu até o que veio fazer deixando o mundo lá fora pra trás daquela porta se entregando a um prazer que não tinha com Gaara.

Sasuke marcava cada parte do corpo essa era a sua vingança sabia do seu crime e não estava ligando muito para isso, preencheu o corpo abaixo do seu com seu liquido retirou-se a puxou do chão posicionando ela na poltrona tendo a melhor visão do dragão tatuado em suas costas, puxou seu cabelo afundando seu pênis de novo na intimidade dela o sexo escorria por entre as pernas dela chegando a sujar a poltrona mais eles não estavam nem ai.

Os corpos colados, suados e gemendo acabaram só restava o cansaço de ambos Sasuke se deixou cair deitando no chão fechando os olhos o sono o abateu Hinata deitou ao seu lado por meros minutos percebendo que o corpo ao seu lado dormia profundamente levantou pegou suas roupas e a camisa do Sasuke.

A musica da festa acabara passou pelo quarto de Naruto que retirava a roupa para tomar um banho entro sorrateira apagando a luz jogando o celular dele contra o espelho enorme no quarto, caminhou lento e pode segurá-lo cravando a kunai em seu coração, aproveitou para se vestir arruma o cabelo e descer as escadas passou por Neji que ainda estava na mansão conversando com Sakura pelos sorrisos uma conversa bem animada.

Ia sair, mas voltou, abraçou Neji forte e disse sussurrando em seus ouvidos um " Arigato Onni-chan", saiu deixando tudo para trás, seu irmão, o corpo sem vida do Naruto e uma noite de prazer com Sasuke Uchiha.

Gaara a puxou para a moto e arrancou na escuridão da noite, ha alguns quilômetros ainda podiam ouvir o alarme da grande mansão ecoar pela cidade anunciando algo ruim o crime foi feito não só por ela, mas também por Sasuke que se deixou levar por uma tentação.

23. September 2019 13:08:48 0 Bericht Einbetten 0
Das Ende

Über den Autor

Kommentiere etwas

Post!
Bisher keine Kommentare. Sei der Erste, der etwas sagt!
~