Dangerous Follow einer Story

bielcastelli Biel Castelli

Naruto estava farto daquele pirralho mimado, herdeiro do clã Uchiha. A semanas ele vem atrapalhando cada negócio seu, mas seus dias estão contados. Shikamaru Nara é a solução para os seus problemas, perigoso, sedutor e mal. O moreno pode resolver muitos problemas, inclusive o tesão que ele desperta no Uzumaki.


Fan-Fiction Anime/Manga Nur für über 18-Jährige.

#yaoi #lemon #boyxboy #naruto #shikanaru #shikamaru #Dangerous #Narushika
Kurzgeschichte
1
816 ABRUFE
Abgeschlossen
Lesezeit
AA Teilen

Você me viciou em seu corpo

Guuuuurls. Vão para os seus quartos, coloquem aquela música especial e relaxem enquanto leiam essa história pq ela promete viu.

Boa Leitura !


Estávamos na cama a mais de cinco horas, eu tinha que admitir que Gaara mexia comigo e o nosso sexo era simplesmente incrível, puro fogo. Porém eu o havia lhe chamado por um motivo, eu precisava de sua bela ajuda para me livrar de um probleminha e o Sabaku era a solução. Ele tinha mais contatos que eu por toda a cidade, não éramos exclusivos porque logicamente eu não sou de ninguém, mas ele sabia que se eu o solicitava era a mim quem deveria ouvir. Eu o mimava bem, além de dar a ele os melhores orgasmos sempre.

– Você tem certeza que quer fazer isso? – perguntou o ruivo subindo em cima do meu corpo.

– Sim – passei a mão na bunda de Gaara e apertando sua carne macia – Aquele maldito Uchiha já me deu dor de cabeça demais.

– Vou te passar o número de um capanga que eu contrato em algumas ocasiões – sorriu – Agora me fode novamente ou achou mesmo que só você iria ser fodido aqui – se abaixou capturando meus lábios enquanto eu o penetrava.

~X~X~X~X~X~

Peguei o telefone discando o número que Gaara havia me passado a três dias atrás, confesso que estava relutante em ligar, mas noite passada em um evento secreto com alguns chefes de máfia, Sasuke tinha tirado minha paciência ao me encurralar em um canto confessando que não pararia de estragar meus negócios enquanto eu não fizesse o que ele queria. Aquele pirralho estava acabando com a minha paciência e algo precisava ser feito o quanto antes, mas eu jamais sujaria as minhas mãos. Além do mais Gaara me garantiu que o homem que ele havia indicado era um dos melhores e mais profissional.

– Alô? – falou a voz do outro lado da linha depois da chamada quase cair.

– Shikamaru Nara?

– Ele mesmo – respondeu baixo em um tom de tédio que me deixou levemente excitado – E você quem é? Neste momento você está apenas me atrapalhando.

– Naruto Uzumaki – respondi escutando um gritando de socorro – Quero contratar seus serviços.

– Mande sua localização para esse número, Sr.Uzumaki que logo estarei em sua residência.

– Certo – pude ouvir outro grito antes de desligar.

Larguei o telefone de lado enquanto sorria, algo me dizia que eu iria me divertir muito com Nara e eu faria questão de agradecer a Gaara caso o serviço fosse satisfatório.A voz sedutora e lenta dele me intrigou, não sabia o que esperar, mas algo dentro de mim queimava em excitação. Talvez conseguisse me livrar do problema e ainda conseguir uma boa foda. Sabaku me disse que ele não dormia com a chefia, mas nunca houve um homem que viesse a recusar uma noite comigo, pode parecer alter ego, porém é apenas ter ciência do seu poder. Horas depois um de meus capangas veio até minha sala informando que Shikamaru já tinha chegado, mandei que entrasse imediatamente, queria esse assunto resolvido o quanto antes.

– Senhor – levantei meu olhar para o homem que entrava pela minha porta.

– Sente–se – apontei para a cadeira em minha frente e apreciei os movimentos daquele ser impecável, que vestia um smoking preto e com a camisa social branca aberta em alguns botões acima, me dando uma bela visão de sua pele.

– Então, o que o senhor deseja? – me encarou sorrindo com aqueles olhos castanhos enquanto amarrava seu cabelo em um rabo de cavalo firme.

– Preciso que você dê uma lição no herdeiro Uchiha. – falei encarando suas orbes escuras.

– E porque o senhor mesmo não faz isso? – arqueou a sobrancelha – Ou usa um de seus homens para esse serviço. Pude ver que você tem vários capangas

– Sasuke anda atrapalhando meus negócios há meses, já perdi vários acordos e tudo por causa daquele merdinha – suspirei – Na verdade todo o teatro dele, não passa de uma pirraça. Há algumas semanas estivemos juntos em um evento de caridade ridículo, e ele tentou me seduzir e insistiu que eu o fodesse, mas eu o desprezei e agora aquele desgraçado não sai da minha cola. Não posso usar um dos meus homens, porque não quero chamar atenção ou criar uma guerra de clãs. Não tenho tempo para essa palhaçada e também é apenas um pirralho querendo se mostrar. Acredito que uma simples lição vai colocá-lo no lugar.

– E porque não fode com ele logo e acaba com isso? – falou rindo

– Não faz meu tipo – me levantei e parei em frente a Shikamaru – Entenda Shikamaru, eu já estou com quase quarenta anos – olhei para sua boca – Não tenho tempo a perder com um rapaz de vinte e cinco anos que faz birra porque outro não quer foder ele.

– Eu aceito o trabalho – se levantou – Aliás, serão vinte mil dólares.

– Sem problemas – olhei para seu pescoço vendo um gota de sangue que tinha ali e levei meu dedo limpando sua pele – Tem que aprender a retirar o sangue se seu colarinho antes de vir ver um novo cliente – sussurrei.

Tive minha mão agarrada e encarei Shikamaru, ele levou meu dedo a sua boca o sugando fazendo meu corpo estremecer ao sentir sua língua quente tocar em minha pele. Vi seus olhos queimarem em desejo e os meus deveriam estar da mesma forma, uma ereção nada discreta surgia e por sorte meu terno escuro a escondia um pouco.

– Como quer que eu deixe o garoto? – perguntou soltando minha mão.

– Entre a vida e a morte – sorri – E o largue em frente a mansão Uchiha, mas faça o garantir a você que não voltará a me procurar e que não contará ao pai dele sobre isso. Senão eu exponho a família dele a mídia, garanto que o FBI ficará satisfeito em descobrir sobre o recente tráfico de armas pesadas deles.

– Certo. Em alguns dias estarei de volta – e saiu em direção a porta.

– Eu quero fotos do corpo – falei antes dele sair me deixando sozinho na sala e com um grande problema entre as pernas para resolver.

~X~X~X~X~X~X

Duas semanas haviam se passado desde que contratei os serviços de Shikamaru, a ansiedade me corroia de curiosidade em ver o resultado de seu trabalho. Nesse meio tempo consegui fechar grandes acordos com a máfia Hyuuga e Inuzuka e fazia questão de comemorar todos fodendo com o chefe da máfia Sabaku. Ainda sim em algumas noites acordei com uma tremenda ereção e o corpo todo suado em meio a uma respiração ofegante, tudo derivados de sonhos nada castos com Nara. Definitivamente eu precisava foder aquele homem e ser fodido por ele.

– Senhor – chamou Gaia uma de minhas capangas – O Sr. Nara está aqui para vê-lo – falou me fazendo sorrir.

– Mande o entrar.

– Achou que eu tinha sido pego? – entrou sorridente.

– Talvez – sorri – Tranque a porta.

– Confesso que não foi nada fácil sequestrar o garoto – jogou um envelope grande pardo em cima da mesa – Mas acho que aprendeu a lição, também deixei claro todas as suas exigências e o garoto estava tão apavorado que acredito que irá cumprir com o acordo.

– Ótimo trabalho – sorri vendo as fotos de Sasuke todo machucado.

– Acha que ele vai parar de atrapalhar seus negócios.

– Se ele não entender – abri a gaveta que tinha na mesa e peguei o envelope branco – Da próxima Fugaku terá que providenciar um funeral.

Me levantei e parei em sua frente entregando o envelope contendo o dinheiro.

– Foi bom fazer negócios com o senhor – depositou o envelope na mesa e se levantou deixando nossos corpos bem próximos – Tem mais algum trabalho para mim? – aproximou seu rosto do meu.

Acabei com o pequeno espaço que tinha entre nós selando nossos lábios, suas mãos afoitas foram para minha cintura colando meu corpo ao seu enquanto eu saboreava seu beijo desesperado com gosto de menta.

– Você não imagina o quanto eu imaginei isso durante essas semanas – falou quebrando o ósculo e enterrando seu nariz em meu pescoço distribuindo beijos e mordidas que provavelmente se tornariam marcas bem visíveis mais tarde.

– Me fode – foi a única coisa que saiu de minha boca antes de começarmos a arrancar nossas roupas desesperadamente enquanto nossas bocas se recusavam a ficar longe uma da outra.

Shikamaru se afastou por um momento e encarou meu corpo de cima em baixo sorrindo maliciosamente, ao mesmo tempo que eu me deleitava olhando seu corpo moreno com algumas cicatrizes. Realmente ele era uma bela espécie de homem, delicioso em cada traço.

– Você tem um grande amigo aqui – sorriu encostando nossos corpos pegando em nossas ereções e começando a nos masturbar lentamente. Levava meus lábios ao seu pescoço o mordiscando e beijando, me excitando mais ainda ao sentir seu perfume forte misturando com cheiro de cigarro.

– Você tem uma bela bunda – sussurrei em seu ouvindo arranhando suas costas o fazendo se arrepiar, até chegar em sua bunda e apertá-la – Deita no chão – tirei sua mão do meu pau antes que eu gozasse e acabasse rápido demais com nossa brincadeira.

Assistir Shikamaru se deitando naquele tapete, sustentando um sorriso cafajeste em seus lábios deixava meu corpo em chamas. Me agachei subindo em seu corpo e me virei deixando minha bunda em seu rosto.

– Você está piscando tanto pra mim, Uzumaki – senti suas mãos afastaram as bandas de minha bunda – Vou te fazer gozar só com a minha boca.

– Me chupe mais e fale menos, Nara – falei entre os dentes escutando o maldito soltar uma risadinha antes de afundar seu rosto em mim, gemi dengoso ao sentir sua língua quente me tocar naquele lugar tão sensível.

Me ajeitei sobre seu corpo abrigando todo seu pau em minha boca e comecei a circular sua glande com minha língua antes de descer novamente encostando meu rosto em sua pélvis e deixando a baba escorrer molhando meus dedos para começar a preparar sua entrada. Sentia Shikamaru alternar em chupar o meu pau e minha entrada, tudo aquilo estava me levando ao delírio e eu tinha que fazer uma força extrema para manter a concentração.

– Eu vou gozar, caralho! – urrou apertando minha bunda enquanto eu o sugava com força o sentindo estremecer embaixo de mim. Fechei os olhos ao sentir minha boca encher com sua porra, o ver gozar tão entregue naquele momento me fez chegar ao clímax também e gozei preenchendo sua boca atrevida com minha porra.

Sentei ao seu lado sorrindo e limpando minha boca olhando profundamente em seus olhos, ainda repletos de desejo.

– Imagina se descobrem que o grande Naruto Uzumaki gosta de beber leite de macho? – se ergueu abraçando meu corpo me fazendo deitar no tapete.

– Eu não me importo – sorri maldoso vendo suas mãos fortes agarrarem minhas pernas e as colocando em seus ombros – Eu coloco eles para beberem o meu, assim como fiz com você – meu sorrisinho prepotente sumiu de meu rosto ao sentir Shikamaru entrar de uma só vez em mim.

– Porra – colocou seu rosto em meu pescoço – Dentro de você é tão bom – se movimentou saindo – Tão quente – estocou forte – E apertado.

– Me fode direito porra! – puxei seus cabelos erguendo seu rosto e capturando seus lábios enquanto eu abraçava sua cintura com minhas pernas e passeava com minhas mãos em suas costas suadas.

– Geme pra mim, Uzumaki – mandou em meio as estocadas violentas que dava acertando minha próstata todas as vezes. Meus gemidos eram altos e extremamente necessitados, parecia uma vadia no cio e naquele momento eu tão pouco me importava com aquilo. Tudo que eu queria era senti-lo entrando cada vez mais forte em meu corpo. Arranhei suas costas antes de o empurrar com os meus pés o fazendo sair de dentro de mim.

– De quatro agora – gritei vendo ele se posicionar e virar seu rosto para mim sorrindo e passando a língua em seus lábios me provocando.

Me pus de joelhos atrás dele e levei minha mão em sua entrada vendo que ele ainda estava bem dilatado e molhado para mim. Tirei a borracha que prendia em seu cabelo e beijei suas costas inspirando o doce cheiro de seus cabelos que escorria pelos ombros.

– Mete logo desgraçado – falou me fazendo rir, agarrei seus cabelos o enrolando em minha mão e o puxei para trás ao mesmo tempo que entrei nele o fazendo gritar de dor e prazer.

– Caralho! – gemeu respirando rápido enquanto fazia seu canal me apertar deliciosamente.

– Geme pra mim, Nara – sussurrei em seu ouvido da mesma forma em que ele me dissera antes, logo começando a estocar forte sua entrada. A pressão gostosa que seu canal fazia em meu pau tentando me expulsar de dentro dele, era alucinante.

Levei minha mão ao seu pau e comecei a masturba-lo enquanto abraçava seu corpo quente e suado. O barulho de nossos corpos se chocando era extremamente erótico.

– Eu vou gozar – mordi seu ombro com força ao sentir me derramar dentro dele e ele gozar em minha mão gemendo enquanto puxava meu cabelo com força.

Saí de dentro dele com cuidado e cai deitado ao seu lado que estava com os olhos fechados e nossas respirações descompassadas.

– Isso foi...

– Incrível – disse sorrindo ao se sentar – Demos um belo show para seus capangas.

– Não é como se alguns não gostassem de me ouvir gemendo. – disse simplório dando de ombros.

– Sério isso? – arqueou a sobrancelha se levantando e começando a se vestir.

– Nesse mundo a maioria das coisas se resolvem com dinheiro ou sexo – me levantei pegando minha cueca, mas fui puxado de encontro ao corpo moreno logo sendo beijado com paixão.

– Quero repetir o que aconteceu hoje – sorriu – Você me deixou viciado no seu corpo.

– Eu também quero. – declarei sincero fazendo um leve carinho em seu rosto.

– Agora eu preciso ir – se agachou pegando o envelope de dinheiro – Tenho alguém para matar.

– Senhor – olhei para a porta ao escutar Gaia bater do lado de fora.

– Sim?

– O Senhor Fugaku Uchiha está aqui.

– Ele falou o que quer? – perguntei olhando com surpresa para Nara que sorria.

– Apenas disse que deseja vê-lo.

– Deixa eu ir, parece que você tem assuntos para resolver – caminhou até a porta – Fala pra ele que mandei lembranças a Sasuke – debochou antes de sair da sala.

Sorri bagunçando meus cabelos, eu precisava agradecer Gaara por ter me apresentado Shikamaru Nara.


E aí gostaram ?

Esse plot foi doado por minha beta @MarcelaJackson e meu deeeeeus fazia tempos que uma pwp me deixava tão animado igual essa deixou. Felizmente ShikaNaru shipp icônico né mores.

Obrigado por ter lido e até a próxima <3

25. Juli 2019 19:36:25 0 Bericht Einbetten 1
Das Ende

Über den Autor

Biel Castelli "Escrever é uma maneira de viver outra vida. Muitas outras vidas." - Etgar Keret

Kommentiere etwas

Post!
Bisher keine Kommentare. Sei der Erste, der etwas sagt!
~