A chama Follow einer Story

alicealamo Alice Alamo

Chama destemida Não se acanhe Não se apague Não se deixe diminuir diante dos que não aceitam seu brilho Arda com força incendeie nossas vidas ilumine nossos caminhos queime em nossos corações para que, quando a hora do adeus chegar, não haja arrependimentos e sejamos nós os únicos a ficar no desamparo do frio e da escuridão.



Poetry Alles öffentlich.

#poetry #theauthorscup #ThePoetNarrator
4
4.2k ABRUFE
Abgeschlossen
Lesezeit
AA Teilen

Queime

Vídeo


Já diziam lá atrás os antigos

que o fogo muito mais era

que a simples chama da combustão


Já diziam os sábios filósofos

que seu calor brilhante

muito mais era que um simples meio de espantar o frio do inverno


Ainda assim, ele permanece no limbo

Entre dúvidas e interpretações errôneas

Entre dizeres e maldizeres


A chama que se acende

que toma forma

que consome e muda todo o ar ao seu redor


É a chama que destrói

que derrete,

que resume à cinzas toda e qualquer existência material


Dizem ainda que é destruição

Choram o seu caos

Acusam as moléculas a vibrar e a se chocar

É energia descontrolada, entropia da mais bela e rara


É o fogo que evitamos

que apagamos

que não queremos

que rejeitamos


É a morte dolorosa em agonia

o sufocar pelo queimar lento

a fumaça escura que invade o corpo e faz o pulmão sangrar


É o vilão mais temido das feras

das florestas e das plantações

da casa arduamente erguida e que vai rápido ao chão


É o fogo

O fogo que vemos

O fogo que não conhecemos...


Ele também é brilho sutil e confortante

É ponto de vida na escuridão o vento

É ponto de vida na escuridão


Descoberta maravilhosa

presente incomparável de Prometeu

chama da vida


É o que permite o jogo de sombras nas cavernas

O que guia nômades em sua longa caminhada

O que traz esperança para aqueles que já a perderam


Elemento mal dito

mal visto

mal compreendido

É o deus da guerra

o forjador das armas

a fogueira em volta da qual os soldados se reúnem antes e após a batalha


A esperança do vagante

que se aquece, que prepara seu alimento

que ganha um novo dia para viver


Pobre das tuas chamas tão preciosas

do teu brilho hipnotizante

do teu calor que nos conforta


É destruição para reconstrução

É caos para que haja harmonia

Moléculas a vibrar e se rearranjar em algo novo

Entropia tão bem-vinda e desejada


Quantos já não salvou?

Quantos já não uniu?

Quantos já não serviu?

Ingratos aqueles que tentam te dominar

Insensatos e imaturos

Crianças ignorantes que se calam somente quando sentem na pele

o seu castigar


Chama destemida

Não se acanhe

Não se apague

Não se deixe diminuir diante dos que não aceitam seu brilho


Arda com força

incendeie nossas vidas

ilumine nossos caminhos

queime em nossos corações para que, quando a hora do adeus chegar,

não haja arrependimentos e sejamos nós os únicos a ficar no desamparo

do frio e da escuridão.









29. Mai 2019 01:15:56 0 Bericht Einbetten 2
Das Ende

Über den Autor

Alice Alamo 23 anos, escritora de tudo aquilo em que puder me arriscar <3

Kommentiere etwas

Post!
Bisher keine Kommentare. Sei der Erste, der etwas sagt!
~