Estufa 7 Follow einer Story

linest LiNest

As estufas de Hogwarts serviam para muito mais do que apenas cultivar a diversificada fauna mágica.


Fan-Fiction Bands/Sänger Nicht für Kinder unter 13 Jahren.

#bts #crossover #harry-potter #bangtan-boys #yoonjin #juntaink #draco-malfoy-x-neville-longbottom #kim-seokjin-x-min-yoongi #draco-x-neville
Kurzgeschichte
6
3.9k ABRUFE
Abgeschlossen
Lesezeit
AA Teilen

As suas e as nossas escapadas

•Notas Iniciais•


Crossover: BTS x Harry Potter


AVISOS: Nenhum além do quão adoravel todo mundo é.


Tenham uma boa leitura ♡


☆¤☆



"O que você quer, Taehyung?" Yoongi resmungou para ele, tirando os olhos de seu livro de poções e torcendo o nariz em desagrado para o garoto sentado na mesa ao seu lado, ele colocou sua pena em seu pote de tinta, dando atenção para o lufano.


O moreno em questão revirou os olhos para Yoongi, colocando uma mão nos bolsos de suas vestes e procurando por algo. Yoongi assistiu com desgosto; só Merlin sabia que sortimento aleatório de itens Taehyung tinha em seus bolsos. Por fim, Taehyung tirou um pedaço de pergaminho amassado e sorriu orgulhosamente, desdobrando-o para então apenas olhar para o papel amarelado e franzir a testa. Ele amassou e o jogou em sua mesa e Yoongi zombou observando o lufano voltar a mexer nos bolsos, desta vez tirando um pedaço de papel delicadamente dobrado em formato de coração.


"É para você." Taehyung anunciou, segurando o papel dobrado entre dois dedos e estendendo-o para Yoongi. O mais velho deu-lhe um olhar incrédulo antes de, muito cautelosamente, estender a mão e arrancar o origami de coração das mãos do moreno.


"Tem certeza disso? Você tem praticamente um livro inteiro de anotações nessas suas vestes.”


Taehyung mostrou a língua infantilmente. "Como você saberia, seu gato rabugento?"


“Eu acidentalmente os ordenei no outro dia, você os deixou na minha maldita cama depois de visitar o Jimin. Eu os coloquei em ordem e montei uma livraria inteira. Uma loja de doces, também.” Yoongi sibilou sarcasticamente, tentando manter a voz baixa para não alertar o professor Malfoy sobre o fato que os dois não estavam mais prestando atenção na aula.


Taehyung, no entanto, aparentemente não se importava tanto de ser descoberto - era de se esperar, ele tinha os privilégios de ser um dos favoritos de quase todo o corpo docente de Hogwarts. O lufano soltou um grito alto, chamando a atenção da classe inteira enquanto ele se curvava em sua mesa, quase derrubando seu livro e tinteiro, apontando o dedo para Yoongi. "Foi você quem comeu meu sapo de chocolate, eu sabia!"


"Sr. Kim! ”A voz contundente de seu professor de Poções cortou o ar e Yoongi mal conseguiu esconder o bilhete em seu livro antes de ser pego pelos olhos cinzentos, mas tirando levantar uma sobrancelha loira fina, o professor Malfoy não pareceu notar, ocupado repreendendo Taehyung. Yoongi fez o seu melhor para não rir do lufano que parecia um cervo paralisado na frente de um predador - serve-lhe bem, o idiota barulhento. Mas nem tudo que é bom dura, claro que ele não escaparia tão fácil.


“Cinco pontos da Sonserina, também.” Draco Malfoy anunciou com exasperação, efetivamente apagando o olhar presunçoso do rosto de Yoongi. “Sr. Min, mantenha-o sob controle da próxima vez.”


Eu não sou seu maldito guardião, pensou Yoongi indignado, mas tudo o que ele fez foi acenar obediente para o professor, esperando até que ele virasse as costas para atirar em Taehyung um olhar acusador. Honestamente, quando Yoongi decidiu sair da sua solidão auto imposta e finalmente aceitou as tentativas irritantes de Jung Hoseok em fazer amizade com o mal humorado terceiranista sonserino, ele não imaginou a dor de cabeça que seria fazer parte de um grupo tão caótico quanto o Bangtan Boys - como seus amigos se apelidaram - e, se dada a chance de voltar no tempo, ele perguntaria ao seu eu passado se o rapaz de cabelos loiros tinha tão pouco auto estima que submeteria sua sanidade a uma constante prova de resistência. Sim, Yoongi estava sendo rabugento, ele reconhecia isso, mas ele tinha esse direito diante dos olhares desagradáveis que alguns dos seus colegas de casa estavam lhe dando, graças à Kim Taehyung e sua falta de noção.


Depois que o professor Malfoy voltou a explicar a melhor e mais eficiente maneira de extrair o suco dos frutos da Abútua que eles estiveram cultivando nas aulas de herbologia daquele ano, Yoongi tirou cuidadosamente a nota de coração do livro. Ele havia dominado toda as técnicas de extração há alguns dias, então ele não se interessava em continuar prestando atenção. Em vez disso, ele desdobrou delicadamente o pergaminho, um sentimento familiar borbulhando em seu peito ao reconhecer a delicada caligrafia.



Yoongie.


Estou com saudades.


Encontre-me depois da sua aula de Poções, você sabe onde.


Se você não sabe onde, então descubra, porque eu não estou escrevendo o local aqui já que tenho certeza que Taehyung vai cheireitar, e se ele descobrir o que isso significa então todo mundo também vai saber porque ele é um fofoqueiro e eu não deixarei ninguém arruinar nosso cantinho do amor.


Eu já deixei esses idiotas estragarem tudo antes, not again Satan!


Eternamente, seu.

-S ❁"



Yoongi olhou para a carta em suas mãos com carinho, incapaz de impedir que o sorriso se desenvolvesse em seu rosto enquanto ele olhava para a pequena flor que Seokjin havia desenhado ao lado do 'S'. Ele franziu os lábios e leu de novo, a sensação de calor no peito se espalhando para os braços e as pernas até os dedos dos pés e das mãos. De repente ele não podia esperar que a aula terminasse já.


"...Então.” Taehyung sussurrou, tentando milagrosamente ser mais discreto. “Onde é o lugar?”


O loiro olhou para Taehyung, que estava se aproximando o suficiente para espiar a nota por cima do seu ombro. Yoongi dobrou o pergaminho novamente - não que fosse de alguma utilidade, porque como previsto, Taehyung já havia lido. Seokjin conhecia todos eles muito bem.


"O que faz você pensar que eu vou te dizer?"


Com um gemido e um beicinho lamentável o suficiente para rivalizar com o de um filhote de cachorro, Taehyung voltou a sentar em seu assento e condenou-se ao tédio pelo resto do período.


Quando os sinos mágicos tocaram pelo castelo, sinalizando o fim da aula de poções, Yoongi foi o primeiro a sair de sua cadeira e ir em direção à porta. Ele esperou atrás da parede por um minuto, certificando-se de que Taehyung se distraiu completamente com seus companheiros da lufa-lufa e da sonserina antes de sair correndo pelo corredor das masmorras. Ele notou a cabeça rosa de Jimin no meio do grupo de Taehyung, então tinha certeza que havia se livrado daquele problema em particular.


Ofegante, Yoongi parou na biblioteca, desacelerando o passo e começando a caminhar já que ali era proibido fazer barulho - e também era o lugar onde encontraria Kim Namjoon. Depois de apenas alguns minutos procurando, ele viu seu amigo da grifinória, o rosto enfiado em um grosso livro com os óculos empoleirados na ponta do nariz. O rapaz mais novo nem disse nada quando Yoongi se aproximou e largou sua mochila e livros na mesa ao seu lado.


“Vou ver o Seokjin. Cuida das minhas coisas até o almoço? Eu não quero carregar essa merda por aí.”


Namjoon olhou para cima e arrumou os óculos, encarando a bolsa, mas não vendo nada realmente, olhos distantes e pensativos. Aquele era o olhar que Namjoon tinha quando lia sobre a filosofia dos trouxas e Yoongi sabia muito bem que era um risco depender do garoto mais alto nesses momentos introspectivos dele, mas o loiro não tinha outra opção com Jimin colado ao lado de Taehyung e servindo, sem querer, de bode expiatório.


Namjoon deu de ombros, acenando:"Claro."


"Não deixe o Jungkook mexer nas minhas coisas." Yoongi avisou, fazendo uma careta lembrando do corvinal abusado. Por mais que Yoongi valorizasse Jungkook como todos em seu grupo, o mais novo tinha a péssima mania de ultrapassar certos limites sociais e as regras bem estabelecidas do loiro. Sorte a dele ter um sorriso de coelho super efetivo.


"Eu não posso fazer nenhuma promessa." Namjoon brincou, um leve tom distraído na voz, e suas covinhas características floresceram quando ele sorriu. "Seja responsável, use proteção mágica, ou algo assim, e lubri-”


Yoongi o interrompeu levantando a mão, revirando os olhos com o sorriso divertido que seu melhor amigo lhe deu. Resmungou: "Nojento. Apenas cale a boca, fique de olho naquele pirralho e tenha uma boa leitura."





Depois de checar o bilhete no bolso mais uma vez para se certificar de que havia entendido a pista, o sonserino olhou para as portas da estufa à sua frente. Ele sabia que esse era um dos lugares favoritos de seu namorado. Seokjin se destacava em herbologia; era quase como se ele pudesse falar com as plantas, fazê-las crescer ao seu toque, e ele era quase uma estrela naquela aula, o favorito do professor Longbottom. Nem mesmo vegetais resistiram ao charme de Seokjin - mas Yoongi não tinha espaço para falar, pois ele também não podia.


Empurrou gentilmente a vidraça da porta, entrando em uma das maiores estufas de Hogwarts, encostada na beira da Floresta Proibida. A porta se fechou atrás dele e, por um momento, Yoongi ficou imerso na beleza do jardim. As estufas eram um dos poucos lugares tranquilos da escola mágica e ele podia ouvir o suave ping-ping das gotas de água dos irrigadores naturais, o bater de asas de insetos dançando de flor em flor e o som acolhedor da carícia do vento nas folhas.


Não importa quantas vezes eles se escondessem na estufa favorita de Seokjin, Yoongi sempre ficou impressionado com a beleza do local. Ele nunca disse isso em voz alta, é claro, mas em toda visita, ele se pegava pensando que este poderia ser o único lugar que o espírito de Seokjin protegeria se o grifinório fosse uma criatura mágica; uma ninfa ou druida - ele imaginou Seokjin em uma roupa verde transparente, a pele branca e perfeita, provocante por debaixo do tecido. Os pés descalços mal tocando o chão de terra e a coroa de flores vermelhas no cabelo preto, o acessório tornando a figura alta apenas mais etérea.


Corando envergonhado, Yoongi balançou a cabeça, afastando tais pensamentos absurdos.


Depois de um momento contemplando a vegetação e inalando o aroma perfumado de flores e frutas, Yoongi começou sua jornada para os fundos da estufa. Ele seguiu o caminho de cascalho branco que se contorcia em torno das samambaias e flora, tentando o seu melhor para lembrar o que seu namorado lhe ensinara sobre as plantas. Esta estufa estava fora dos limites para os alunos mais jovens, e tecnicamente eles nem sequer eram permitidos aqui sem um professor já que ali era aonde a vida vegetal mais perigosa e poderosa de Hogwarts estava mantida.


O loiro segurou a respiração enquanto passava na ponta dos pés pela seção da Flos Libidinem. Ele podia se lembrar no ano passado, quando sua turma havia entrado na estufa sete para a primeira visita às estufas mais avançadas, do professor Longbottom os alertando sobre as grandes flores cor-de-rosa - inalar seu pólen induzia uma paixão ardente na vítima, fazendo com que experimentassem fortes sentimentos de... atração pelo desejo em seus corações. Yoongi tinha certeza de que o entorpecimento da racionalidade que era induzido pela flor não era o que Seokjin tinha em mente hoje.


Ele sugou uma grande quantidade de ar em seus pulmões quando teve certeza de que estava longe o suficiente da Libidinem. O sonserino olhou em volta, pegando um dos caminhos menores de pedra em direção ao canto de trás da estufa colossal. Ele evitou encostar em qualquer folha do Ignis Comedentis, mas fez uma pausa para deixar um pequeno sapo saltar pelo caminho à sua frente, o pequeno animal o assustando. Eventualmente, Yoongi encontrou o caminho para a fonte de água enorme na parte de trás do prédio, enchendo o ar com um som tilintante agradável.


Seu caminho foi interrompido por um grosso crescimento de trepadeiras brancas penduradas no teto. Elas estavam tão entrelaçadas que bloquearam qualquer visão por trás das folhas e galhos, formando um tipo de cortina natural, isolando o local atrás delas do resto do mundo.


Yoongi não pôde deixar de sorrir quando finalmente encontrou o que procurava. Ali estava o lugar favorito de Seokjin, o cantinho só deles. A pequena flor que o grifinório havia desenhado na nota era a imagem das pequenas flores à sua frente, e se havia alguma dúvida na mente de Yoongi, logo foi aliviada pelo fato de que os sapatos de couro marrons de Seokjin estavam descartados na base das videiras.


"Seokjin, você está aí?"


"Finalmente!" Uma voz irritada respondeu de volta para Yoongi, não havia real malícia no timbre e os ombros do loiro tremeram quando o sonserino riu. Ele seguiu o exemplo de Seokjin e começou a tirar os sapatos.


“Eu tinha que ter certeza que Taehyung não estava me seguindo. Levou um pouco de tempo. ”Yoongi ofereceu como desculpa antes de suspirar quando confrontou as videiras em sua frente. Ele podia ouvir Seokjin cantarolar por trás delas, mas ele ainda não podia vê-lo. Quando ele se aproximou, as videiras começaram a se mexer, torcendo e se enrolando em volta umas das outras quase ansiosamente.


"... Você não pode, tipo, mandar elas se mexerem ou algo assim quando escutarem minha voz? É um pouco chato ter que passar por isso toda vez." O loiro deu finalmente voz à pergunta que tinha em sua mente fazia meses, realmente curioso.


Escutou um barulho escárnio por detrás do tecido verde mágico. Seokjin respondeu. “Você já sabe como passar por elas, querido. É só usar a língua de ouro.”


Yoongi fechou os olhos por um segundo, suas bochechas já começando a queimar. Ele tinha certeza que parte da razão pela qual Seokjin gostava tanto desse lugar, além da privacidade, era o que era necessário fazer para entrar - era uma desculpa astuta para forçar Yoongi a tagarelar sobre o quanto ele o amava.


“Ó, grandes e poderosas vinhas.” Yoongi começou a falar monotonamente, tentando apaziguar as plantas enquanto ele estendeu a mão e deixou as folhas se enrolarem em torno de seus dedos. Ele ouviu uma risada alegre do outro lado do véu verde. "Você pode, por favor, apenas sair do meu caminho já? Eu quero ver o Seokjin."


Yoongi esperou, observando os tentáculos se retorcerem e abraçarem seus dedos.


Nada aconteceu.


“Yoongie.” O bruxo mais velho choramingou “Você tem que falar seus desejos, provar que você tem um coração de ouro. Você tem que mostrar que tem uma razão sincera para passar. As verdadeiras intenções do seu coração.” O grifinório cantarolou e Yoongi poderia jurar que ele detectou uma certa antecipação na voz de Seokjin. Ele estava gostando disso, o merdinha de hipogrifo.


Yoongi bufou: "Ó, mais bela videira!" Ele gritou, Seokjin explodindo em risos do outro lado. "Por favor, apenas se mexa já! Eu quero ver o meu namorado, que eu amo muito, porque eu sinto falta dele e de suas piadas horríveis, mesmo que ele seja um idiota e esteja rindo de mim agora e-"


As videiras começaram a se desembaraçar e a se soltar, abrindo caminho como uma grande porta de troncos finos, folhas, flores e pequenas uvas brancas, garantindo a passagem de Yoongi. Parecia ter funcionado - ele sabia que teria que apaziguar o mais velho sobre o que disse das suas piadas, mas para ser justo, as piadas de Seokjin eram realmente terríveis, mesmo que ele sentisse falta delas. O sonserino teria feito algum comentário sarcástico, mas estava muito surpreso com a visão revelada diante de si.


As videiras começaram a se embolar novamente atrás de Yoongi, deixando-o com uma visão desobstruída das verdadeiras intenções de seu coração, que agora começou a acelerar.


Seokjin estava deitado no chão coberto de musgo, sua bolsa de mensageiro descansando sob sua cabeça. Suas longas pernas estavam esticadas, as calças cáqui do uniforme abraçando suas coxas quase sedutoramente. A cintura da calça estava escondida pela bainha do colete do suéter cinza, as mangas da camisa branca enrolada bem acima dos cotovelos, com os primeiros botões abertos e a gravata vermelha afrouxada, pendendo desleixada ao redor do pescoço do mais velho. Seu cabelo preto estava ligeiramente despenteado, como se ele tivesse estado distraidamente passando os dedos pelas madeixas escuras enquanto o esperava chegar. Terminando de correr os olhos pelo corpo esbelto do namorado, Yoongi ofegou e sugou o ar pela garganta, precisando ter certeza que ainda podia respirar. Ele mal teve tempo de se recuperar quando Seokjin se apoiou nos cotovelos e esticou os grossos lábios rosados ​​em um sorriso consciente. Yoongi se perguntou se ele havia acidentalmente inalado um pouco do pólen da Flos Libidinem, todo seu corpo parecendo perto de entrar em combustão instantânea.


Não, ele pensou, o coração batendo forte, isso não é o pólen, isso é o que o amor é.


"Obrigado por ter vindo, querido."


"D-de nada. Quero dizer, é claro que eu viria." Yoongi moveu-se para sentar ao lado do grifinório, cruzando as pernas e sorrindo timidamente quando Seokjin passou os dedos pelas costas da sua mão. Foi apenas um toque, mas o suficiente para deixá-los eufóricos. Mesmo assim, Seokjin não avançou para segurar a mão do garoto mais baixo, ele sabia que Yoongi geralmente não gostava de contato físico, e aquela era sua maneira sutil de perguntar se o toque era bem-vindo. Sem o conhecimento de Seokjin, seu toque era o único que Yoongi nunca rejeitaria.


"Você me chamou para cá sabendo que eu tinha o próximo período livre, mas você não tem Estudos dos Trouxas agora?" Yoongi perguntou, virando o pulso para que estivesse finalmente de mãos dadas com o moreno.


Seokjin zombou, recostando-se no chão coberto de musgo mais uma vez, apertando a mão de Yoongi. Respondeu: "Eu não preciso exatamente dessa aula, não é? Eu sou um trouxa."


Yoongi sorriu, movendo-se para se deitar no chão como o mais velho.


"Você não vai ficar em apuros por cabular?"


“Desde quando você se importa com as aulas? O que aconteceu com toda aquela vibe 'Eu não preciso fingir ser um bom aluno agora que to no sétimo ano' que você estava tentando convencer todo mundo a acreditar no começo desse ano? ”


“Hey!” Yoongi se virou e olhou para o outro rapaz seriamente. “Isso é válido só para mim, e eu ainda estou aderindo à esse estilo de vida, muito obrigado. Pelo menos um de nós precisa ser bem sucedido na vida nesse relacionamento, e nós dois sabemos que vai ser você.”


Seokjin corou e um silêncio confortável caiu entre eles. A fonte do lado oposto de Seokjin continuava a soar como as asas de uma fada, uma brisa suave e misteriosa fluindo pela estufa. Olhando para o teto, Yoongi observou os cogumelos crescendo de cabeça para baixo do telhado de vidro.


“... Esse é o Essentia Autem Serpens Spiritus.” O moreno ao seu lado disse repentinamente e Yoongi o encarou pelo canto do olho. Ele então se viro, se aproximando um pouco mais.


“Por que se chama assim?” indagou o sonserino, colocando uma das pernas ao redor das de Seokjin e pressionando seus corpos.


“Significa 'Essência do Espírito da Serpente'. Se você comer quando for mordido por uma cobra, isso neutraliza o veneno. Se você comer quando não tiver sido mordido, vai te matar como o veneno da cobra faria."


"Isso é... Romântico."


"Não é?" Seokjin brincou, passando as mãos pelo cabelo loiro de Yoongi em um carinho gostoso. Ele rolou para o lado, as mãos ainda dadas entre seus corpos e movendo o seu braço livre para descansar na curva da cintura de Yoongi. "Minha reserva interminável de fatos de plantas perigosas é sexy, certo?"


Yoongi bufou, fechando os olhos, deixando a bochecha descansar contra o musgo. Foi mais suave do que o esperado. "Mhm. Totalmente sexy. Quase me faz desmaiar.”


"Eu pensei que eram as minhas piadas incríveis que faziam isso."


"Não. Suas piadas fizeram todo o processo de sedução demorar muito mais do que deveria. Suas piadas são a anti-sedução.”


A risada estridente de Seokjin encheu a estufa, o som tilintando nas paredes de vidro. Em algum lugar, um surpreso 'ribit!' podia ser ouvido, presumivelmente de um sapo assustado.


"Você é tão mal." Disse o mais velho, fazendo beicinho depois que sua risada morreu. Ele pressionou as pontas dos dedos na ponta do nariz gelado do loiro, deslizando o toque quente para os lábios, em seguida segurando a ponta do queixo do namorado em um aperto firme, trazendo seu rosto para mais perto. Seokjin sorriu para a forma como Yoongi suspirou, os olhos semicerrados, mas o brilho de antecipação era evidente.


“Você vai me beijar ou não?” Yoongi finalmente resmungou, após dois minutos de espera.


“Hmm, depende, você vai admitir que minhas piadas são encantadoras?”


“Só quando pelúcios voarem.”


“Ah, teimoso hein?” Seokjin desafiou, começando a se afastar. “Muito bem, se é assim então acho que-”


Mas antes que ele pudesse terminar, Yoongi soltou sua mão e esticou os braços, envolvendo o pescoço de Seokjin em um abraço e juntando seus lábios em um beijo irritado. Rindo, Seokjin retribui e eles ficaram aquele período inteiro sem falar, ocupados demais um com o outro.





Quando chegou o momento de voltar para o castelo e eles saíram, o tempo fora da estufa havia esfriado um pouco. Yoongi estremeceu, limpando a grama e terra das calças pretas e da camisa branca, abraçando o próprio corpo. Seokjin tirou suas vestes de sua bolsa de mensageiro e as jogou sobre o loiro, sorrindo com carinho ao ver que o robe preto poderia muito bem ter engolido vivo seu pequeno namorado. Yoongi começou a se contorcer, cutucando as mãos para fora das mangas do robe, o rosto corado.


"Parece um snuggie." Seokjin comentou com diversão.


Yoongi olhou para ele com desconfiança: “Um o quê? O quê é um snuggie?"


Seokjin sacudiu a cabeça rapidamente, como se estivesse se lembrando de alguma coisa e respondeu: "Nada, desculpa. Coisa de trouxa."


Um olhar de realização surgiu no rosto de Yoongi, e ele desistiu de questioná-lo. Na última vez em que Seokjin tentou explicar algo trouxa ao seu namorado sangue puro, ele passou horas descrevendo uma câmera polaroid e Yoongi apenas entendeu vagamente o conceito do aparelho. Mas se todos os snuggies fossem tão quentes e o afogassem no perfume florido, mas varonil de Seokjin, então eles eram a nova coisa favorita de Yoongi. O loiro ofegou quando seu amante o puxou para perto mais uma vez, deslizando um braço ao redor de sua cintura e o encostando na parede de vidro, o beijando com afinco. Yoongi envolveu seus braços ao redor do pescoço de Seokjin, retornando o beijo suave com igual fome.


Ele ainda não queria ter que se separar.





De repente, os dois escutaram um pigarrear ao seu lado. Dando um grito alto, Seokjin se afastou de Yoongi e ambos olharam com culpa envergonhada para a figura imponente do seu professor de poções, Draco Malfoy.


“Professor, s-senhor.” Seokjin tossiu, tentando limpar a voz rouca, arrumando suas roupas amassadas com nervosismo. “Senhor, o que o senhor faz aqui? Ahn… senhor”


Ao lado dele, Yoongi escondeu o rosto nas duas mãos e suprimiu a vontade de gritar para o namorado calar a boca. Merlin, ele queria sumir.


Levantando uma sobrancelha, Draco disse com a voz plana: “Eu poderia fazer a mesma pergunta para você, Sr. Kim. Mas acho que isso é óbvio.”


Dessa vez Yoongi soltou um barulho que pareceu muito com um gato engasgado e Seokjin sentiu seu rosto pulsar de vergonha. Com um suspiro impaciente, Draco colocou as mãos na cintura, o longo rabo de cavalo balançando com o movimento, e olhou com calma para os dois estudantes.


“Eu não vou tirar nenhum ponto de suas casas porque, ao contrário do dito comum, eu já fui um jovem apaixonado e entendo os impulsos da idade.” Seokjin ofegou - não em descrença com o fato que Draco Malfoy, de todas as pessoas, poderia amar alguém, mas sim que ele estava tendo essa conversa com o seu professor! Para a sorte do moreno, Draco não pareceu se ofender com a sua reação e continuou: “Mas como seu professor, é meu dever deixar bem claro que há limites e a estufa sete é um deles. Eu espero não vê-los aqui uma segunda vez, fui claro?”


Prontamente, Seokjin e Yoongi acenaram, rostos ainda completamente vermelhos pelo embaraço da situação e por terem sido descobertos. Os três ficaram em silêncio por um minuto muito longo, até que Draco fez uma careta agravada e exigiu:“Bem? O que vocês ainda fazem parados aqui?” isso foi o necessário para fazer com que o grifinório e o sonserino saíssem correndo de volta para o castelo.


Quando teve certeza que os dois alunos estavam longe de serem vistos, Draco entrou na estufa, tirando as luvas de couro de dragão, e disse, o riso na voz: “Você pode aparecer agora.”


“Você está ficando mole, Malfoy.” Neville brincou, saindo do seu esconderijo atrás dos potes de Dionaea Muscipula.


“E você indolente, Longbottom. É a terceira vez que você finge não ver esses dois se esgueirando aqui.” Draco resmungou, embora não houvesse reprimenda real em seu tom.


“Como você disse, já fomos jovens apaixonados.” Neville sorriu, se aproximando do loiro e o pegando pela cintura. “Se bem me lembro, também tínhamos o costume de procurar privacidade nessa estufa.”


“Tínhamos? Ainda temos, Longbottom.” Draco bufou, permitindo que o homem mais o puxasse para mais perto. “E nunca fomos pegos, também, essa geração realmente não tem o espírito da sonserina.”


Neville riu alto: “Falou como um verdadeiro príncipe.”


“Hmm, acho que prefiro não precisar falar nada pela próxima uma hora.” Draco sussurrou, diminuindo a distância entre seus rostos. Sorrindo, Neville o beijou e, como esperado, eles não falaram mais.



☆¤☆


•Notas Finais•


Yoongi é ou não é a coisa mais adoravel que existem? Eu apenas adoro Yoongi como um sonserino rabugente pra todo mundo que não o namorado dele kkkkkk ele fica todo derretido perto do Seokjin e isso é motivo de diversão constante pra todo Hogwarts, existe até apostas se é possivel fazer o Yoongi sorrir só falando o nome do Seokjin perto dele, talvez um dia eu escreva sobre isso


E originalmente o outro shipp era pra ser drarry, mas toda a coisa da estufa rolou e eu só adoro Draco/Neville ok? Então tive que botar eles aqui sendo professores e tmb secretamente namorados há anos


Curiosidades: qualquer planta que não tenha o nome de Dionaea muscipula e Abútua são plantas inventadas. E o snuggie é um sonho de consumo que todos deveriam ter, essas coisas são maravilhosas!


Awn essa é minha última fic do desafio, e admito, to muito satisfeita com tudo que consegui fazer graças à inspiração dada pela proposta, crossovers é apenas algo incrivelmente divertido de se brincar com e eu me joguei de cabeça lol independente dos resultados, foi ótimo contribuir.


Enfim, espero que tenham gostado ♡


Comentários e criticas construtivas são sempre bem vindos

See ya~

28. März 2019 23:45:22 8 Bericht Einbetten 7
Das Ende

Über den Autor

LiNest Meu nome é Aline, também conhecida como Linest e eu estou realmente feliz por poder compartilhar meu trabalho com tanta gente agora!!! Você só precisa saber 3 fatos sobre mim: Amo Angst. Sou Nerd. Sou Army.

Kommentiere etwas

Post!
Ellie Blue Ellie Blue
Porra! Eu to só... porra! Que coisa maravilhosa. Tu me vem com HP e eu já me derreto toda. A história tá tão foda que nem sei exatamente o que falar. Não sei muito sobre BTS, mas Yoongi e Seokjin combinam tanto aqui, ai caralho, manoooooo
3. April 2019 21:58:38

  • LiNest LiNest
    Foi um crossover de última hora, admito, mas estou muito satisfeita que pareça ter agradado tantos leitores, é dificil eu escrever fluffy então to orgulhosa do resultado. E awn fico feliz que vc tenha gostado tanto ao ponto de ficar sem palavras, meu trabalho tá feito uwu e siiiiim Yoonji é um ship super fofo e combinam tanto apesar de não parecer (assim como o outro ship na fic 👀) eu só adoro esses dois idiotas juntos kkkkk muito obrigada pelo doce comentário sweet ♡ 4. April 2019 06:39:49
Junio Salles Junio Salles
Gostei de ver o Draco fazendo a vez do Snape. Só achei o lance dele pegar o Neville um pouco de viagem mas acho q essa é a intenção kkkk. Adorei ter colocado dois alunos se pegando escondidos no castelo. É algo q n tem no original mas que com certeza aconteceria num castelo mágico cheio de adolescentes kkkkk
1. April 2019 18:14:09

  • LiNest LiNest
    Draco sendo sucessor do Snape era um dos meus desejos que infelizmente não se realizaram no canon, e o que mais tenho são ships viajados na maionese nesse fandom, to na missão de promover eles kkkkkkk e sim! Hogwarts tem tanto lugar pros alunos usarem como cantinho de pegação que nem Umbridge e sua puritanação toda poderia impedir, é um fucking castelo pelo amor de Merlin kkkkkk muito obrigada por comentar ♡ 1. April 2019 20:45:55
Laiana Claro Laiana Claro
Mulher, eu adorei! Taehyung é a criatura mais lufana ever sim kkkk Todas as caracterizações ficaram impecáveis e eu gostei muito do seu estilo de escrita também. Eu nunca tinha lido nada Draville (?) antes, mas confesso que eu adorei também! Mesmo que isso tudo tenha aumentado minha carência por uma namorada, adorei kkk meus parabéns!! ♡
1. April 2019 15:43:15

  • LiNest LiNest
    Taehyung é um lufano nato, quem diz o contrário é cego kkkkkk e te recomendo procurar mais de DM/NL porque é um shipp tão fofo, mas pretendo escrever mais sobre eles, pra suprir a falta desse rare shipp no fandom br. E entendo vc, eu tmb fico querendo uma namoradinha ao escrever fluffy ;3; tamo junto. Muito obrigada por comentar sweet ♡ 1. April 2019 17:19:15
Lilith Uchiha Lilith Uchiha
Oii! Meu Deus como eu rachei de rir com essa história kkkkkkkkkk Taehyung me representa completamente nessa historia, a pessoa enxerida que quer se meter na vida dos amigos. E gente, Draco como professor, fiquei besta com isso! Sério, não consigo imaginar ele como professor, lidando com uma turma de, sei lá... 30 adolescentes por dia.. ele não tem paciência pra isso, deve descontar pontos das casas todo santo dia kkkkkkk Ri horrores com a pequena aventura do Yoong pra chegar até a estufa, gente que dificuldade pra encontrar o amor da vida dele! Eu já tava aqui pensando, ele tá demorando tanto que até ele chegar já acabou o horário do intervalo. Ahhh mas esses dois são tão fofos meu Deus, eu tive altos surtos de fofura com esses meus bebês lindos <3 Gostei muito de como o Seokjin soube respeitar o ritmo do Yoong e esperar pra avançar no contato físico. E os dois sendo flagrados justo pelo Draco meu Deus o berro que eu dei aqui Huahuahuahaha Até que o Draco foi bem legal com eles, fiquei chocada :o Mais ainda por ele estar namorando o Neville! História cheia de surpresas. Gostei demais dessa historia, tá de parabéns <3 Kissus^^
30. März 2019 14:05:40

  • LiNest LiNest
    Eu não citei na fic, mas meu headcanon do Draco professor é que ele tenta emular o Snape, mas a verdade é que ele não é nem um quinto tão assustador kkkkkkkk todos os alunos respeitam muito ele, mas se ele fica bravo a maioria só acha muito fofo (embora ninguém admita isso na frente do Malfoy) ainda assim ele tira ponto a rodo mesmo, é o professor que mais tira pontos, como deu pra ver, e ele só não tirou 50 pontos do Seokjin porque teria que tirar do Yoongi tmb lol e sorte de Hogwarts que o Neville existe e trabalha lá, do contrário o Draco já tinha explodido o castelo de tanto estresse XD e siiim, eu só amo escrever Yoonjin onde o Jin respeita os limites do Yoongi e o nosso gato rabugento que faria de tudo pra ver teu boy e é todo manhoso diante do cavalheirismo tosco do Jin, é apenas uma dinamica que fica perfeita neles e eu sou obrigada a usar ok? Enfim, muito obrigada por comentar, sweet ♡ e somos todos cheiretas como Taehyung kkkkkk 30. März 2019 14:19:49
~