grimmalkin Jo Souza

Porque o amor, em todas as suas formas, é dificil de definir. Porque se às vezes "amar" é ser destruido temos que nos reconstruir.


Lebensgeschichten Alles öffentlich.

#poética #poesia #prosa #terceira-vista #like-poetry #amor-próprio #cacos #força #resiliente #abraço #borboletas #recuperação #sinceridade #confiança #lágrimas #dor #solidão #lgbt+ #amor
5
4.0k ABRUFE
Im Fortschritt - Neues Kapitel Alle 10 Tage
Lesezeit
AA Teilen

"eu não sei o que é esse amor"

+ De nenhum tipo, eu acho... Porque o amor, em todas as suas formas, é difícil de definir. O que posso dizer é que, inegavelmente, não me lembro de ver ternura nos olhos que me encaravam ou me sentir em casa em algum lugar. Mas não confie em mim, minhas lembranças são uma bagunça. Me lembro bem que nunca botei pra fora os milhares de borboletas em meu estômago. Nunca fui atingido por um raio e aqueles volts nunca me deixaram estranho quando toquei as mãos dela... meus pulmões não viraram cinzas para me impedir de falar e mesmo assim não falei, meu interior não queimou como num incêndio quando ele sorriu para mim ou quando ela me abraçou ou quando nossos lábios se encontraram... talvez o problema seja eu, talvez esteja procurando o amor errado...

30. Januar 2019 21:39:35 0 Bericht Einbetten 3
Lesen Sie das nächste Kapitel "eu não sei o que é essa dor"

Kommentiere etwas

Post!
Bisher keine Kommentare. Sei der Erste, der etwas sagt!
~

Hast Du Spaß beim Lesen?

Hey! Es gibt noch 16 Übrige Kapitel dieser Story.
Um weiterzulesen, registriere dich bitte oder logge dich ein. Gratis!