Química Follow einer Story

bearcute eve m.

Changkyun não gostava de Química, mas para não tirar zero na prova e por insistência da namorada, acabou aceitando que Kihyun a ensinasse sobre a tabela periódica.


Fan-Fiction Nur für über 18-Jährige.

#fluffy #femchangki #Changki #monstax #femmeslash #changkiau
6
4.8k ABRUFE
Abgeschlossen
Lesezeit
AA Teilen

Capítulo único


— A tabela periódica agrupa todos os elementos químicos e com eles as suas propriedades. — Kihyun disse a namorada que apenas assentiu olhando para o caderno em sua frente. — Aqui, está vendo como estão organizados?


— Tô. — murmurou Changkyun apoiando o rosto com as duas mãos.


— Eles estão organizados em ordem crescente, ou seja, os que correspondem ao número de atômicos, número de prótons. — Kihyun colocou uma mecha de cabelo atrás da orelha. — Aqui no seu livro a tabela já é nova, tipo atualizada, então tem 118 elementos químicos.


— Que não mudam em porra nenhuma na minha vida. — Changkyun reclamou brincando - agora -, com a sua pulseira. — É igual matemática e física, não serve pra porra nenhuma.


— Serve sim, você que não presta atenção. — bufou, Kihyun. — Você precisa de ajuda para estudar, e eu estou aqui na boa vontade, então presta atenção.


— Prefiro Biologia, e você que insistiu para me ensinar.


— Eu prefiro bater com esse livro na sua cabeça, quem sabe assim estuda e não fica atrasada. — Kihyun reclamou. — Eu que sou mais nova que você sei isso, coisa que você deveria ter aprendido no primeiro ano do ensino médio!


— Não tenho culpa se eu ainda estava com a mente no nono ano. — Changkyun deu de ombros.


— Você está no terceiro ano, Kyun. — Kihyun suspirou e cutucou a bochecha da namorada. — Eu estou no segundo e sei mais que você.


— Você estuda e eu não, pronto.


— Você estuda, mas você não gosta de estudar matérias que envolvam números.


— Isso é chato. — Changkyun choramingou. — Eu não quero mais, amanhã na prova eu vou me ferrar e adeus faculdade.


— Você não vai. — Kihyun se ajeitou na cadeira em frente a namorada. — A sua prova é fácil pelo que entendi, seu professor quer basicamente que você lembre aquelas coisinhas fáceis da tabela.


— Nossa, fácil.


— Amor, por favor, se você prestar atenção e quando eu perguntar você acertar, eu lhe dou um selinho. — Kihyun propôs e Changkyun sorriu passando a mão pelos cabelos que estavam cortados na altura de seus ombros, já diferente dos cabelos de Kihyun, que estavam em um tom rosa e iam até o meio de suas costas.


— Não sei…


— Cada pergunta vale um determinado ponto, além de ganhar um selinho a cada pergunta que acertar, no final depois de uma soma, se seu total der um número acima de 150, você tem o direito de pedir qualquer coisa. — Kihyun disse um pouco vermelha ao perceber o sorriso da namorada. — E não pensa besteira!


— Você disse qualquer coisa, ué.


— Mas não isso, sua boba. — Kihyun fez um bico e Changkyun riu se levantando e debruçando-se sob a mesa para selar os lábios da namorada. — Você sabe que eu…


— Eu estou brincando amor, você não quer tentar mais do que já fazemos. — Changkyun disse rindo. — Eu sei e entendo.


— Então vamos começar. — Kihyun disse passando a mão no rosto tentando sumir com a vergonha enquanto Changkyun ria.



[...]



Depois de quase uma hora, Kihyun terminou de explicar sobre a tabela periódica para a namorada. Changkyun tentou ao máximo prestar atenção mesmo que sua vontade fosse de tacar a cabeça na mesa, mas para ganhar uns selinhos e mais alguma coisa, ela tentou aprender, mesmo que não fosse sua praia.


— Qual o símbolo químico do magnésio? — Kihyun perguntou segurando o livro para si.


Cada pergunta sobre símbolo valia 5 pontos, perguntas sobre o nome e número atômico valia 10 pontos e ainda tinha a cor de cada quadradinho que valia 20 pontos.


— Mg. — Changkyun disse e Kihyun sorriu se debruçando sob a mesa e deixando um selinho nos lábios da namorada. — Faz assim, senta aqui na minha frente.


— Changkyun.


— Não é porque você tá de saia que eu vou meter minha cabeça no meio das suas pernas, Kihyun. — Changkyun reclamou e a rosada suspirou, se levantou enquanto Changkyun afastava sua cadeira dando espaço para a namorada ficar sentada em sua frente em cima da mesa. — Agora sim.


— Idiota.


— Posso pôr as mãos nas suas coxas? — Changkyun perguntou risonha e Kihyun cutucou a barriga da namorada com o pé. — Olha, sua meia de gatinhos.


— Changkyun! — colocou o livro em sua frente. — Presta atenção.


— Tô prestando. — disse rindo.


Depois de longos minutos — para Changkyun — , Kihyun já estava nas últimas perguntas.


— O ferro se encontra em qual grupo e qual o número atômico dele?


— Ah vai… Porra, Kihyun, você não disse nada sobre grupos. — Changkyun apertou devagar os joelhos da namorada, que apenas riu.


— Mas eu falei sobre eles.


— Sei lá. — bufou. — Grupo oito e número atômico vinte e seis?


— É uma pergunta ou afirmação?


— Afirmação. — grunhiu.


— Acertou. — Kihyun disse rindo e beijou a namorada. — Última. O plutônio tem o número atômico 94 e o netúnio tem 93, quantos números atômicos têm o amerício e qual o seu peso atômico?


— Porra, agora você está brincando, não é? — Changkyun perguntou assustada e Kihyun negou. — Um tem o número 93, o outro 94, então é 95!


— E qual o peso?


— 200?


— Nop. — Kihyun negou rindo. — Vou ser boazinha, mais uma chance.


— Como que eu vou saber o peso disso? Só quem é muito inteligente sabe essa bosta. — Changkyun reclamou. — 234,07?


— Não. — Kihyun riu deixando o livro ao seu lado na mesa. — Você quase acertou, é 243.


— Nossa, ia saber muito. — Changkyun bufou cruzando os braços. — E então, ganhei?


— Deixa eu ver. — Kihyun pegou um papel onde estava anotando os pontos. — Mais um pouco aqui porque você quase acertou… Hm… 200 pontos.


— Sério? — perguntou surpresa e Kihyun assentiu. — Pelo menos zero eu não tiro amanhã.


— E agora, o que você quer? — Kihyun perguntou sem graça e Changkyun riu da namorada.


— Que você sente aqui no meu colo, me abrace e me dê um beijo decente. — Changkyun disse e Kihyun sorriu fazendo o que a namorada pediu. — Você é a coisa mais fofa do mundo.


— Não sou, e para com isso. — Kihyun abraçou a namorada pelo pescoço.


— Toda vez que eu tiver dúvida em Química, eu vou te chamar para estudar comigo.


— Isso é porque você gostou ou só por causa dos beijinhos?


— Lógico que pelos beijos. — Changkyun riu antes de beijar a namorada.



No final, Changkyun realmente não tirou zero na prova e ela agradecia a namorada por ter a ensinado e pelos beijos, mas agradecia um pouco mais pela sua borracha ser grande o suficiente que deu para pôr um papelzinho com as respostas ali. No entanto, Kihyun não poderia nunca sonhar com isso, porque assim Changkyun ficava sem beijos e se a rosada ficasse muito irritada, Changkyun também ficaria sem a namorada, mas felizmente ela não sonhou e nem imaginou isso para a alegria de Changkyun. Que pôde beijar a namorada muito mais e em vários lugares, pelo 9,5 que tirou na prova.


risos.

27. Juni 2018 13:24:22 0 Bericht Einbetten 3
Das Ende

Über den Autor

Kommentiere etwas

Post!
Bisher keine Kommentare. Sei der Erste, der etwas sagt!
~