Redenção Follow einer Story

xhasashi Hasashi Rafaela

Redenção. substantivo feminino Ação ou efeito de redimir; ato de se redimir; salvação. Hanzo Hasashi buscou por anos em uma vingança sem sentido a redenção para sua alma que já havia sido jogada ao inferno. Porém, ao descobrir que foi enganado por toda sua vida, falhou novamente em acreditar que vingar-se seria a solução para a dor que insistia em ficar em sua alma. Agora, em um momento de paz no Plano Terreno, compreendeu que talvez outras situações e pessoas pudessem acalentar seu coração e fazê-lo compreender que o perdão seria sua verdadeira salvação.


Fan-Fiction Alles öffentlich.

#Shirai Ryu #Mortal Kombat #Hanzo Hasashi #Scorpion
6
6.4k ABRUFE
Im Fortschritt - Neues Kapitel Alle 30 Tage
Lesezeit
AA Teilen

Prólogo

Hanzo caminhava tranquilamente pelo grande espaço aberto do Shirai Ryu, apesar de Shinnok estar morto, seus pensamentos não o deixavam em paz. Sentia-se culpado por ser impulsivo a ponto de cometer erros idiotas. Por sua causa, o plano terreno quase sucumbiu a um período de trevas. Agora além de sua incansável sede de vingança,carregava em suas costas o remorso de quase ter colocado tudo a perder.

Se questionava até que ponto de fato havia se livrado de Scorpion, no final das contas, compreendeu que talvez ele sempre seria uma parte de si. Não importava como.

A dor que nunca ia embora, agora misturava-se com a culpa. Até que ponto os deuses o haviam castigado? Primeiro sua esposa e filho, depois um longo período sendo escravizado como espectro e em seguida seu clã que novamente foi morto.

Os erros não foram dele, o ódio não fazia parte de sua vida até Quan Chi cruzar seu caminho. Tinha a ilusão de que matá-lo aliviaria sua penitência...porém foi tudo um grande engano. Tudo estava bem. Contudo, seu maior juiz era a sua própria consciência. Ela o condenava. Muito mais que qualquer pessoa.

Buscava rendição em suas orações e em meditações. Agora com o Shirai Ryu restabelecido novamente podia se dedicar aos novos membros. Takeda o ajudava juntamente com sua irmã mais nova. Entretanto, haviam demônios difíceis de curar, estes que pareciam ser quase impossíveis de se mandar de volta para o inferno.

- Mestre Hasashi? Está tudo bem? - Takeda tirou Hanzo de seus pensamentos e sentou-se ao seu lado.

- Está, Takeda. Você não deveria estar com seu pai? - Perguntou o olhando.

- Estou sentado ao lado dele. - Respondeu com sinceridade. - Você sempre foi meu exemplo de figura paterna, muito mais que o Kenshi, Mestre. Hoje nós nos damos bem, porém o clã continua sendo meu lar. - Estendeu um embrulho amarelo para ele. - A propósito, feliz dia dos pais.

- Obrigado, meu filho. - O garoto apenas se curvou a ele com um sorriso.

- Preciso dar uma aula aos novos membros que chegaram ontem. Podemos treinar juntos mais tarde? - Perguntou se levantando.

- Esteja aqui ao pôr-do-sol. - Respondeu olhando para o garoto que apenas assentiu e correu novamente para dentro do templo.

Começou a rasgar o papel do embrulho do presente, ali havia uma caixa que não pensou duas vezes em abrir. Sentiu lágrimas escorrendo de seus olhos ao ver uma fotografia de Takeda com 19 anos, em sua formatura do clã. Havia se tornado um chujin. Ele também estava ali, os dois lado a lado e Hanzo de recordou em como sentiu-se orgulhoso.

Se levantou e passou a caminhar em volta do templo, observando a paisagem tão quente e calma do Shirai Ryu. Sentiu a harmonia que aquele lugar exalava e por alguns segundos se esqueceu dos seus pecados. Apenas por alguns minutos, ignorou que talvez o Scorpion ainda fizesse parte dele e que nunca sairia de sua alma.

Tinha muitas dívidas internas a pagar consigo mesmo, e o preço de alguma delas era caro demais.

9. März 2018 05:08:00 1 Bericht Einbetten 2
Lesen Sie das nächste Kapitel 1. Paternidade

Kommentiere etwas

Post!
Ariane Munhoz Ariane Munhoz
Oi, nee-chan! Eu tava em débito com você pra ler essa fic já tinha um tempinho e mesmo não conhecendo muito o universo MK além das lutas, eu quis muito ler essa história não apenas pra entender mais um pouquinho daquilo que você ama além das fronteiras de Naruto, mas porque a ideia de Redenção sempre é algo que me chama atenção. E sendo escrito por você, só pode ser luz, canção e vida. Adorei o prólogo, bastante reflexivo e nos coloca em xeque com Hanzo desde o início. Por vezes, nos deixamos levar pelos nossos próprios fantasmas. Como ele vai reagir a isso? Estou ansiosa pra ver! Te amo, arrombadinha!
1. Mai 2018 10:38:55
~

Hast Du Spaß beim Lesen?

Hey! Es gibt noch 3 Übrige Kapitel dieser Story.
Um weiterzulesen, registriere dich bitte oder logge dich ein. Gratis!