9 Meses Follow einer Story

iaranaruhina02 Iara Coelho

Hinata tinha uma vida muito estressante e corrida, assim como seu marido Naruto. E exatamente por isso, somado ao fato de sua última gravidez ter sido de risco, não pensava em engravidar novamente. Porém, a vida é cheia de surpresas.. Inspirada na música 9 Meses da lindíssima Bárbara Dias


Fan-Fiction Anime/Manga Alles öffentlich.

#Songfic #Oneshot #Naruhina #Naruto
Kurzgeschichte
20
7.5k ABRUFE
Abgeschlossen
Lesezeit
AA Teilen

Capítulo Único


Oieeee gente eu sou nova aqui e ainda não manjo dos paranauê direito, então por favor peguem leve comigo rsrsrsrsr

Enfim, essa One me veio na cabeça ouvindo a música nove meses, da Bárbara Dias. Eu espero de coração que vcs gostem ❤️

Ps: a parte em itálico é a letra da música 


*******************************************


OneShot- 9 meses

1° Mês


A correria do trabalho era a cada dia mais sufocante. Trabalhar na edição de um jornal não era nada fácil. Hinata corria de um lado para ver como ia a matéria de beleza, depois corria para o outro para ver a matéria de esportes. Estava absurdamente cansada e estressada. Sem contar que tinha plena certeza que estava de TPM. Se sentia inchada, de humor variável e com uma vontade imensa de chorar e arrancar os cabelos! Estava também terrivelmente sonolenta. Que droga, achou que demoraria um pouco mais para vir..


Um mês e o tempo voa, eu já sou

Mas você nem descobriu…


2° Mês


A pressão parecia cada vez maior em cima de Hinata. E a impaciência também. Parecia que tudo estava acontecendo ao mesmo tempo. Foi promovida no trabalho, o que era algo bom porém ainda mais trabalhoso. Seu marido também havia sido promovido. Ficava feliz por Naruto, mas sabia que aquilo significava que teriam ainda menos tempo juntos para se curtirem. Boruto já reclamava demais pela falta do pai. E pra completar, estava doente. Só Kami sabia o que tinha. Estava muito sonolenta, enjoada ao extremo, muito irritada, sentia seus seios sensíveis e doloridos. Era horrível!!


São dois e chega perto, mas eu ainda sou pequeno demais viu?


3° Mês


Corria a toda velocidade que os saltos permitiam, tomando cuidado para não tropeçar. Os funcionários que a viam chegando rapidamente saiam da frente para ela poder passar. Hinata estava desesperada. Chegaria ao banheiro à tempo? A mão pressionada fortemente contra a boca era um meio de ao menos tentar refrear aquilo.

Finalmente o banheiro! Debruçou-se sobre a pia e colocou todo o almoço para fora. Não conseguia entender. Sushi era sua comida preferida, mas na terceira peça que colocava na boca um enjoo terrível, seguido de uma repugnância enorme tomaram conta de seu corpo. E não teve outra saída a não ser correr para o banheiro. Sakura, sua colega de trabalho, correu para ajudá-la. Hinata estava pálida e suando frio. Sakura ficou muito preocupada. Então, para seu completo desespero, a morena acaba desmaiando.


Três meses e o tormento

Esse seu teu sofrimento eu também já posso sentir

Vê se aquieta o coração pra quando eu sair daqui…


Rapidamente levaram Hinata para o hospital mais próximo. Sakura pegou o celular da morena e ligou para o seu marido, Naruto. O loiro, que estava no trabalho ainda, desesperou-se com a notícia. Pediu uma breve dispensa ao seu chefe, explicando a situação, e ele o concedeu. Saiu então desesperado, dirigindo feito um louco. Chegou no hospital e soube que já tinham levado Hinata para a sala de exames. Andava de um lado para o outro, bastante preocupado. Suspirou aliviado quando a médica que atendeu sua esposa o chamou, alegando que Hinata já estava consciente e que ele podia vê-la. Entrou no quarto desesperado, vendo a esposa meio pálida e com a aparência frágil. Beijou sua testa e disse que tudo ficaria bem. A doutora estava com os exames da Uzumaki e pediu para os dois manterem a calma. Hinata preocupou-se. Talvez estivesse com alguma doença séria.

A médica sorriu doce e deu-lhes a grande notícia: Hinata estava grávida e com três meses de gestação. O choque foi comum entre o casal. A correria em sua vida estava tão intensa que nem ao menos percebeu que sua menstruação estava atrasada. Naruto já derramava lágrimas de felicidade, enquanto Hinata perguntava a médica se estava tudo bem ou se era uma gravidez de risco. Sua primeira gestação havia sido bastante complicada, então tinha medo de algum risco em potencial para ela e para o bebê. A médica explicou-lhe que a situação era de risco sim, porém com os cuidados corretos ela não precisaria se preocupar. Respirou aliviada.


Talvez eu dê trabalho, uma vida de despesas, mas por favor me deixa ficar!

E se por um acaso eu não tiver seus olhos, você ainda vai me amar?

Eu sei que a ansiedade é quase uma inimiga, mas eu não quero ser confusão

Então por favor me deixa na sua vida, mas vê se aquieta o seu coração…


O casal voltava no carro em completo silêncio. Hinata avisou a sua chefe que iria para casa, assim como Naruto. Chegaram em casa e o loiro a chamou para conversar. Hinata preocupou-se um pouco, pois ele veio calado demais e isso não era de sua natureza. De repente um leve medo começou a corroer seu coração. Mas então o loiro a abraçou e disse que ela o fazia o homem mais feliz do mundo inteiro. Hinata sentia as lágrimas quentes do loiro caírem em seu ombro esquerdo, então ela própria começou a chorar de emoção.

Os dois seriam pais. Novamente.

Sorriu emocionada.


Se era tempestade todo o medo

Se for arrependimento, por favor tira daí

Você ainda não me tem inteiro e nem me conhece direito, mas já posso te ouvir

E quando a barriga for crescendo você ainda vai ser linda, eu nem preciso de ver

Seca o choro é fica aqui comigo, que até assim tristinha eu já sei que eu amo você…


4° Mês


O alívio veio com o desaparecimento dos enjoos e das sensações ruins de desmaios. Hinata ainda trabalhava, porém tinha o auxílio de suas colegas de trabalho, principalmente de Sakura. Haviam se tornado grandes amigas. Pensava consideravelmente em chamar a rosada para ser madrinha de seu bebê. Porém, com o quarto mês, veio também a libido descontrolada e a frustração. Frustração porque Naruto tinha um cuidado extremo para com a morena. Ele alegava que tinha muito medo de machucá-la ou ao bebê, o que deixava uma Hinata estressada e subindo pelas paredes. Mas depois de algumas conversas com o obstetra, Naruto começou a ceder às investidas da esposa.


Quatro meses, tempo eu te imploro paciência. Eu vim do céu por causa do amor…


5° Mês


Estavam absolutamente nervosos. Finalmente iriam saber o sexo de seu bebê. Hinata queria esperar até a hora do parto mesmo, porém Naruto conseguiu convencê-la a saber logo. A morena gostaria de ter outro menino, pois Boruto era a cara do pai e Hinata o achava lindo. Porém o loiro queria uma princesinha. Dizia que se fosse parecida com a morena, ele seria o mais feliz de todos os pais.

Hinata sentiu o gel frio em sua barriga pouco saliente e estremeceu um pouco. Logo depois veio o aparelho fazendo um pouco de pressão. Choraram como dois bebês ao ouvir o coraçãozinho de seu pequeno bebê. E então veio o veredito: Era uma linda garotinha. Naruto chorou ainda mais e Hinata sorriu lindamente. Puxou o loiro para um beijo carinhoso.

Passado alguns dias da consulta, Hinata organizou seu chá de baby. Chorava emocionada ao ver os presentinhos em rosa ou lilás. Estava super feliz. Naruto então nem se fala. O loiro as vezes parecia uma criança quando ganha o doce preferido. Ria ao ver que Naruto ensinava a Boruto que protegesse sua irmãzinha de todos os “urubus”.

Sim, Hinata estava completamente feliz.


No quinto mês só faltam quatro e eu aposto que os presentes já estão vindo em rosa ou azul…


6° Mês


A barriga já estava bastante saliente e Hinata começava a se sentir estranha. As vezes, quando estava falando com alguém ou até mesmo cantando uma música, tinha a impressão que sua barriga mexia. Posicionou-se em frente ao espelho e chamou Naruto para fazer um teste. O loiro veio praticamente correndo, achando que ela estava sentindo alguma dor. Franziu o cenho quando a esposa o pediu que cantasse algo. Hinata explicou à Naruto a sua dúvida e o loiro assentiu, entendendo. Então ficou de joelhos e começou a cantar uma de suas canções preferidas chamada Blue Bird. E qual não foi a surpresa dos dois ao ver que a barriga da morena se mexeu. Naruto sorriu largamente e recomeçou novamente a cantar, porém desta vez sua mão estava no ventre da esposa. E as lágrimas foram abundantes quando sentiu a pequena Himawari mexer-se novamente. Sim, já haviam escolhido um nome. Himawari era o nome de sua linda princesinha.


E quando chega o sexto todo mundo já vê que você não anda sozinha…


7° Mês


O tempo de conhecer sua princesa estava chegando e ansiedade era o que definia Hinata naquele momento. Seu emocional estava bastante sensível e vez por outra ficava com medo de acontecer algo que prejudicasse seu bebê. Não havia contado a Naruto, mas andava sonhando com uma linda menininha de cabelos escuros. Tinha certeza que o loiro surtaria se soubesse, já que o maior desejo dele é que Himawari se pareça com a mãe. Percebia também que Himawari já conseguia distinguir a voz de Naruto dá sua. Quando o loiro falava perto demais da morena, Hima começava a ficar inquieta. Mas era só Hinata conversar com ela que os movimentos cessava e ela se acalmava. Havia brincado com o loiro dizendo que ela preferia a mamãe do que o papai. Naruto retrucou dizendo que estava louca, pois não tinha como ela não gostar mais dele do que dela.


No sétimo eu já tenho lencinhos com meu nome e, me desculpa pai, mas ela é só minha…


8° Mês


Hinata estava na sua trigésima quarta semana e se sentia cada vez mais cansada. A barriga estava bem pesadinha e ela já não realizava mais as atividades de antes. Seu corpo estava retendo muito líquido, dando a ela a sensação ainda mais forte de inchaço. Sentia também leves contrações e dores lombares. Mas o que realmente a estava deixando esgotada era Naruto. O loiro estava ainda mais escandaloso e ansioso do que o normal. Quase não a deixava levantar da cama e ao menor sinal de desconforto da morena ele corria de um lado para o outro pegando as coisas necessárias para levar ao hospital. Hinata só conseguia gargalhar, apesar da raiva. Parecia até que ele quem iria ter o bebê.


Oitavo mês, aguenta que eu já tô chegando

Só quero um jeito de te encontrar…


9° Mês


Finalmente havia chegado o tempo de Himawari nascer. Naruto levava uma Hinata suada e gritando ao hospital. O loiro estava tão nervoso que cada grito que Hinata dava, ele respondia com um também. Chegaram rapidamente ao hospital e Hinata foi encaminhada a sala de parto. O médico perguntou se ele não gostaria de acompanhar, mas resolveu esperar do lado de fora. Não queria pagar o mico de acabar desmaiando. Estava inquieto e andava de um lado para o outro. Estremecia a cada grito ouvido e batia os dentes de ansiedade. Suas unhas? Essas já não existiam a muito tempo.


No nono vem a pressa, a dor, o choro e a gente

Desculpa você ter que sangrar…


Não sabia a quanto tempo exatamente estava naquilo, mas Hinata desconfiava que já haviam passado horas e horas. Estava extremamente suada e cansada, mas o médico continuava a dizer-lhe para não desistir e fazer força. Outra onda de dor imensurável varreu seu corpo e ela não conteve o grito. Fez força como nunca na vida. Tinha a sensação de estar sendo rasgada de dentro para fora. Aquilo era agonizante demais. Então, depois de tempos e tempos de sofrimento, ouviu um choro agudo e alto e não conseguiu conter as lágrimas. Naruto então finalmente entrou na sala e viu a enfermeira enrolar sua princesinha em um manto. As lágrimas irromperam pelos olhos azuis ao ver os fiozinhos escuros na cabeça da pequena. Beijou a testa suada da mulher e juntos choraram e sorriram, sorriram e choraram.

Passado alguns dias, puderam levar a pequena Himawari para casa. Lá encontraram todos os familiares e amigos reunidos. A alegria era transbordante no coração de todos. A pequena girassol encantava a todos os presentes. Os pais corujas não queriam deixar ninguém pegá-la no colo, mas Hanabi, irmã de Hinata, fez aquele escândalo para poder segurar a pequena até Hinata permitir. Sentou ao lado do marido e juntos começaram a imaginar como seriam as coisas dali para frente. Sorriam com as possibilidades do que a pequena Himawari se tornaria quando fosse mais velha.


E por mais uns anos você vai fazer planos, pensando se eles servem pra mim

E eu vou te acordar bem de madrugada, você vai me amar mesmo assim?

O meu primeiro passo vai ser no seu abraço, me segura quando eu cair

E no final do dia é só a tua voz que vai me fazer dormir..


Hinata estava extremamente feliz. Sentiu o abraço de Naruto e viu que seus olhos azuis brilhavam de puro amor.

- Obrigado, Hinata. Você me fez o homem mais feliz do mundo.

Hinata sentiu as lágrimas quentes descendo por suas bochechas e abriu um lindo sorriso. Olhou para a pequena filha nos braços dos familiares e uma certeza invadiu seu coração.

Sim, ela também era a mulher mais feliz do mundo.

28. Februar 2018 01:51:55 5 Bericht Einbetten 4
Das Ende

Über den Autor

Iara Coelho Um pouco tímida e retraída. Escrevo por paixão e amo ler também. Aberta para novas amizades

Kommentiere etwas

Post!
LulyS2 LulyS2
Heeey, moça! Que oneshot lindaaaaa * - * adorei demais. Se eu chorei? Claro que não (só que não). Você escreve muito bem, tá de parabéns, viu <3
16. Mai 2019 17:34:05
Cecilia Jarske Cecilia Jarske
nossa, que música linda! fiquei emocionada lendo as estrofes *-* e a oneshot também foi muito gostosinha de acompanhar! amei cada mês e as lágrimas de amor derramadas por esses pais corujas! hihihiihih sz
22. November 2018 16:02:41
Andre Luiz correia da Silva Andre Luiz correia da Silva
Que one fantastica....muito boa,intensa,meiga e etc... proporcionou a mim e acredito aos demais leitores uma avalanche de emoções...parabéns autora-san,és uma escritora de mão cheia.
7. Juni 2018 16:58:42
Danielle Botelho Danielle Botelho
Ahhhhhh eu ainda não tinha lido, Iara, e adorei. Eu chorei em algumas partes e, em outras, eu sorri. Amei, amei, amei. Bjosssss Dani
27. Februar 2018 20:22:42

  • Iara Coelho Iara Coelho
    Ahhhh finalmente consegui ver esse comentário rsrsrsrrs To começando a manjar dos paranauê kkkk DANI Q FOFA VC É!!! fico super feliz q vc tenha gostado! Eu ainda não sou mãe, mas me emocionei escrevendo isso, então imagina vc q já é neh kkk Enfim, agradeço demais pelo carinho! Obg ❤️ 3. März 2018 09:47:44
~