Technical Problems - We are experiencing some server overload causing major slowness in performance - please be patient while we solve the problems.
clcomics Crazy Lines Comics

Na primeira temporada vamos trazer uma batalha entre o Olimpo e Asgard. bem-vindo ao UNIVERSO 08


Action Alles öffentlich.

#Canal-VERSUS #VERSUS #clcal #cl-comics #clcomics
1
386 ABRUFE
Im Fortschritt - Neues Kapitel Alle 30 Tage
Lesezeit
AA Teilen

zeus VERSUS odin

Cansado da mesmice Zeus vai a terra visitar mais uma vez a humanidade, ele caminha na figura de um jovem comum para não chamar atenção e decide sair de suas terras, o Deus dos Deuses caminha sem rumo maravilhando-se com as mais belas paisagens, animais diferentes e pessoas estranhas. Seus cabelos começam a sentir um vento gélido e depois de incontáveis eras Zeus pisa em território hostil, ele logo sente e dá um passo atrás. Zeus olha ao seu redor sem perceber nada e quando olha as arvores a frente percebe um corvo o observando, tal animal parecia estranho aos olhos do Deus dos Deuses, que imediatamente convoca um raio em sua mão e lança sem piedade. Porém o céu é tomado por raios e trovões, um clarão desce imediatamente acertando o raio de Zeus e fazendo com que a neve espeça se erga em fumaça branca. Zeus sorri ao ver um grande homem em meio a fumaça branca.


Homem Desconhecido:

- Se afaste agora e não será punido, jovem Deus.


A voz forte daquele ser faz Zeus sorrir.


Zeus:

- Jovem?


Ele se transmuta e logo está em sua forma original. Zeus é alto e parece velho, porém seus músculos ainda mostram poder, sua barba e cabelo branco demonstram sabedoria. O Deus dos Deuses parece vestir um tipo de manto e sandálias trançadas que vão até a canela.


Zeus:

- Melhor agora?


Homem Desconhecido:

- Zeus... eu sou Thor, filho de Odin.


Sua voz ecoa mais uma vez, o filho de Odin da alguns passos à frente se mostrando forte e sagaz, Thor também é alto, mas o que chama a atenção são seus músculos fortes e definidos, suas roupas lembram peles de lobo e seu elmo cobre completamente a parte de cima da cabeça e possui dois adornos parecendo asas, o Deus do Trovão ainda tem uma capa completamente escura e em sua cintura repousa um vigoroso martelo.


Zeus:

- Chame Odin de uma vez, não tenho assuntos com uma criança.


Zeus cruza suas mãos frente a seu abdômen.


Thor:

- Odin, o Pai de Todos não deseja ser incomodado. Vire-se e volte a seu trono.


Zeus suspira e olha para o chão.


Zeus:

- Da primeira vez eu só pisei e voltei, mas se eu ficar, todos os seus Deuses vão me sentir.


Thor:

- Não há razão para isso, apenas volte Zeus.


Zeus ergue levemente sua face e dá um passo à frente, Thor mostra seriedade e saca seu martelo entrando em posição de combate.


Zeus:

- Como disse meus assuntos são com seu pai, saia.


Thor:

- Thor nunca recua!


O Deus do Trovão avança e defere um golpe com o martelo, Zeus esquiva facilmente movendo o tronco para trás, em seguida Thor fecha sua mão esquerda que se carrega de eletricidade e mira o rosto de Zeus, porém o Deus dos Deuses para o golpe facilmente com sua mão direita. O som de um trovão percorre as terras gélidas de Asgard, a feição de Thor mostra surpresa, mas logo Zeus revida com um soco de esquerda no abdômen de Thor que o impulsiona para trás, o Deus do Trovão acerta destruindo algumas arvores até cair de joelhos no chão. Porém o Deus do Trovão se ergue cheio de seus raios e avança a uma velocidade absurda.


Thor:

- Eu sou Thor!


Ele mira um golpe com seu martelo carregado com toda sua força e eletricidade, porém Zeus o para com a mão esquerda e fecha a mão direita.


Zeus:

- Já ouvi...


Zeus defere um soco que ao acertar libera raios contra Thor além de um estrondoso trovão que percorre milhares de quilômetros. Thor é arremessado contra o chão e segue sendo arrastado, ele para a alguns metros, seu martelo caiu mais ao lado, Zeus começa a levitar e carregar outro raio em sua mão.


Zeus:

- Vamos ver se com a morte de um filho ele vem.


O Deus dos Deuses carrega seu raio o suficiente para tomar a iluminação principal do lugar, ele se prepara para lançar, Thor ergue seu tronco parcialmente e visa seu martelo, mas Zeus não lhe dá chance, arremessando seu golpe. Thor só vê um clarão vindo, porém uma figura pousa a sua frente e estende a mão chamando o martelo que sem demora avança, o homem segura o martelo e o gira acertando o raio, o martelo absorve toda aquela energia, o homem então aponta o martelo para cima liberando milhares de raios contra os céus que ficam mais carregados.


Zeus:

- Odin...


Já revelado o Pai de Todos olha para trás.


Odin:

- Vá agora...


Thor:

- Não, vamos lutar juntos meu pai!


Ele se ergue.


Odin:

- Não! É uma ordem, Loki?


Loki sai de trás de uma das arvores e anda até Thor.


Odin:

- Vão agora.


Loki afirma e logo um tipo de portal obscuro os engole e some, Odin olha para frente. O Pai de Todos por sua vez também veste peles e tem uma estatura alta com músculos revigorados, elmo que cobre a parte de cima da cabeça e uma capa de pelo escura, porém em algumas partes ele possui algo como metal para proteger e em seu olho direito repousa uma grande cicatriz.


Odin:

- Por que está aqui?


A voz rouca de Odin parece não agradar a Zeus que fica sério.


Zeus:

- Só visitando velhos amigos.


Odin:

- Amigos?


Como se o Deus de Asgard se teleportasse ele surge frente a Zeus já lhe acertando o martelo no rosto, Zeus mostra surpresa.


Odin:

- Jamais serei seu amigo.


Assim que termina de falar e começa o movimento para outro golpe o Pai de Todos é afastado por um soco no abdômen. Ainda com a face para o lado Zeus sorri e olha para Odin, ele ergue o punho mirando o Pai de Todos que parece perceber algo. Odin então trás o martelo até sua boca e sussurra algo, em seguida ele gira e joga para cima, Odin mantem sua mão erguida esperando algo enquanto Zeus gira alguns graus seu punho e leva o braço para o lado de seu corpo, os céus se enchem de raios, eletricidade percorrendo todo o céu é vista pelo mundo, e logo como um clarão um raio cai mirando Zeus e iluminando todo o lugar. Ao fim de tanta luz Zeus segura um raio, mas este é diferente, esse parece mais refinado e lembra uma arma de combate.


Odin:

- Agora entendo, estratégia ousada Deus dos Deuses, mas não vou permitir que faça nada.


Do céu um zumbido alto é ouvido e logo uma lança cai na mão de Odin, ele a bate no chão e um silencio ensurdecedor emerge e é quebrado por sons de gotas caindo do céu, porém nenhum sinal de raios ou trovões.


O mais forte Deus Grego esta frente ao mais forte Deus Nórdico.


Zeus VERSUS Odin, o Pai de Todos VERSUS o Deus dos Deuses.

8. April 2021 21:37:06 0 Bericht Einbetten Follow einer Story
1
Fortsetzung folgt… Neues Kapitel Alle 30 Tage.

Über den Autor

Crazy Lines Comics Livros e quadrinhos

Kommentiere etwas

Post!
Bisher keine Kommentare. Sei der Erste, der etwas sagt!
~