tkbiased taekooked by taekook

Give it back to me sequela de [Give it to you] Quando a imaginação de Taehyung o leva longe ele realmente não espera que tenha que pagar favores de volta. [VKOOK/TAEKOOK]


Fan-Fiction Bands/Sänger Nur für über 18-Jährige.

#lgbt #sexo #boyxboy #jungkook #taehyung #bts #oneshot #taekook
Kurzgeschichte
3
2.8k ABRUFE
Abgeschlossen
Lesezeit
AA Teilen

Capítulo único: Sempre haverá consequências.

PS da autora: Essa é uma continuação da Oneshot Give it to you que está disponível em meu perfil, se você não a leu, leia para entender essa continuação <3

Sempre haveráconsequências.

Tudo bem, talvez eles estejam namorando à dois anos, mas isso nunca impediu Taehyung de fantasiar com um pedido de namoro romântico do tipo em que seu namorado se ajoelha e diz coisas sentimentais e se envergonha, para depois realmente mostrar as alianças e pedir que a outra pessoa seja sua.

Mas isso nunca aconteceu em seu relacionamento e de Jungkook, tudo foi uma coisa repentina, do tipo sexo e depois mãos dadas e algo como um relacionamento. Ele sabia que Jungkook nunca iria realmente fazer coisas sentimentais a partir do momento em que se conheceram, mas isso não o impedia de tentar.

Sentado no sofá, a alguns minutos antes da virada do Natal estava Taehyung, pernas cruzadas e aguardando a expressão mortificada de seu namorado nu desaparecer. Mas ela nunca desapareceu, apenas se intensificou com a maneira que Jungkook parecia não acreditar em Taehyung.

“Nós já estamos namorado, tipo-“ Jungkook começou, paralisado e apenas o encarando. “À mais de dois anos, Taehyung!” A mandíbula do mais novo apertava.

“Seja cavalheiro e faça isso direito, Jungkook.” Foi a única coisa que Taehyung resmungou após observar seu namorado, que continuava parado no meio da sala o encarando. “Eu não estou obrigado você, eu apenas-“

“Certo, eu vou fazer isso!” Foi a resposta firme de Jungkook.

A expressão de Taehyung mudou de divertida para espantada em segundos, ele nunca pensou que Jungkook realmente iria concordar em fazer isso. Jamais.

“Kookie-“ Taehyung tentou falar mas Jungkook o encarou com um olhar malicioso.

“Mas, eu preciso que você faça algo por mim também.”

Agora Taehyung estava realmente arrependido de ter feito um pedido inocente e não esperando que Jungkook iria retornar com um pedido de sua autoria.

“O que você quer?” Com a garganta seca, Taehyung olhou para longe na lareira acesa.

“Eu quero que você me deixe mostrá-lo tudo aqui que eu não consigo falar,” Jungkook começou a se aproximar, a caixa das alianças nas mãos. “Na cama.”

Ele poderia vir apenas com essas palavras, se não fosse pelo pensamento de que Jungkook poderia querer fazê-lo vir novamente depois de alguns segundos. E isso iria acabar com ele, dois orgasmos um atrás do outro não poderia ser algo saudável.

Com os lábios secos, sem excitação Taehyung balançou a cabeça em concordância e suspirou quando seu namorado se ajoelhou em sua frente e estendeu a caixa com as alianças.

“Levante-se, querido.” Foi o pedido doce de Jungkook;

Se empurrando rapidamente fora do sofá Taehyung se posicionou em frente ao homem ajoelhado e escondeu as mãos atrás das costas nervosamente, brincando com seus próprios dedos suados.

Olhando para as reações que Taehyug estava tendo com relação as ações de seu próprio plano, Jungkook tentou não rir e estragar o momento. Era tão raro ver Taehyung tão envergonhado, ele sempre era tão falador e aberto com todos. Mas nesse momento ele realmente gostaria de poder expressar seus sentimentos pelo homem em sua frente, com palavras carinhosas.

Tomando uma respiração profunda, Jungkook olhou nos olhos de seu namorado e lambeu os lábios antes de começar. Apesar de sua forma totalmente nua (com a ereção já se formando entre as coxas, apenas por observar Taehyung tímido para ele) ele estava confiante. Não era como se Taehyung não iria aceitar, apesar de tudo, eles já eram namorados reais. Isso era apenas para saciar a imaginação do mais velho.

“Taehyung, você vai me deixar fodê-lo em todos os modos possíveis, enquanto deixamos nossas mão entrelaçadas usando essas alianças?”

Se possível o rubor no rosto e orelhas de Taehyung se intensificou ainda mais e Jungkook apenas sorriu, aguardo a resposta positiva que ele sabia que viria.

“Meus Deus! Por que você tem que falar isso?” Os lábios entre abertos de Taehyung mostravam o quão espantado ele estava com a boca suja que seu namorado tinha. “Seja romântico, Jungkook!”

Apesar de protestar Taehyung apenas sorriu no final e acenou com a cabeça e elevou sua mão para a frente aguardando por Jungkook a escorregar a aliança em seu dedo. Jungkook fez isso sem reclamar e se levantou.

Foi a vez de Taehyung se ajoelhar (por que ele queria) e colocar a aliança no dedo de seu namorado adorável.

E em uma forma de agradecimento, Taehyung se inclinou um pouco e beijou o quadril de Jungkook que reagiu instintivamente agarrando s cabelos de Taehyung e o fazendo a descer um pouco mais os lábios.

Sem mais qualquer insentivo, Taehyung beijou o comprimento vivo de seu namorado apenas para ser parado e puxado a seus pés, olhando para o mais novo espantado.

“O que-“

“Shh! Eu disse que quero fazer você se sentir bem,” Jungkook murmurou arrastando o dedo indicador sobre os lábios grossos de Taehyung. “Eu realmente quero fazer isso.”

**

As costas de Taehyung estavam amassadas contra o colchão, pernas abertas e um Jungkook muito carinhoso entre elas, deixando beijos em suas coxas e mordidas fracas fazendo Taehyung se arrepiar ao toque.

Jungkook gosta do sexo agressivo, estocadas rápidas e diretas ao ponto. Mas agora ele parecia que queria levar as coisas lentas, e quem estava impaciente era Taehyung.

“Kookie-“ Entre respirações ofegantes, Taehyung tentou direcionar a boca pecaminosa em suas cochas diretamente ao seu pênis completamente duro, mas Jungkook apenas retirou suas mãos de seus cabelos negros e as segurou ao lado de sua cintura as prendendo na cama.

“Tenha calma, Tae.” Jungkook riu contra sua coxa direita e o olhou por cima dos cílios. “Estou tentando fazer isso ser perfeito.”

“Perfeito seria sua boca no meu pau agora!” Taehyung soltou um gemido necessitado quando em resposta recebeu mais beijos que iam em direção ao seu pênis negligenciado.

Jungkook apenas manteve a provocação, beijando a cabeça pulsante e gotejante de Taehyung, recebendo gemidos em troca.

“Jungkook, eu vou-“

E Jungkkok realmente levou seu pênis até a garganta, engasgando um pouco quando em reflexo de prazer Taehyung impulsionou os quadris para a frente e gritando o nome de Jungkook tão alto. Rapidamente Jungkook tentou manter os quadris colados a cama e soltou os pulsos do mais velho, e as mãos rapidamente se emaranharam nos cabelos escuros em extasi.

“Oh meu Deus!” Era tudo o que Taehyung gemia nos próximos dois minutos, tentando de qualquer jeito se aprofundar mais na garganta do mais jovem, mas sendo repreendido pelas mãos firmes em seus quadris.

“Kookie, eu quero- eu preciso vir.” Foi a lamentação rouca de Taehyung.

Ouvindo isso Jungkook puxou a cabeça para trás deixando o pênis de Taehyung mais uma vez negligenciado e recebendo um resmungo de desaprovação do mais velho.

“Ainda não, baby!”

A respiração errática de Taehyung já dizia que ele estava em seu limite. Mas então Jungkook levou sua mão direita a seus lábios e resmungou “Chupe” antes de começar a deixar beijos suaves sobre seu abdômen tenso.

Não demorou muito para os dedos ficarem totalmente molhados e Jungkook os puxar para fora dos lábios quente.

Subindo mais na cama, Jungkook colocou seu corpo em cima de Taehyung, pênis completamente duro cutucando a coxa do mais velho e dedos molhados cutucando a entrada de Taehyung, que rapidamente começou a se contorcer.

“Beije-me.” Taehyung implorou quando sentiu o primeiro dedo escorregar dentro do seu buraco que pulsava em antecipação.

Sem hesitar ele beijou os lábios engolindo os gemidos e rapidamente acrescentando um segundo dedo, preparando seu namorado lentamente, enquanto balançava sua ereção latejante contra a coxa grossa.

“Aprese-se, Jungkook!” Taehyung puxou para trás do beijo desleixado e respirou tanto possível antes de Jungkook voltasse a beijá-lo levando todo o ar de seus pulmões mais uma vez.

“Baby,” Jungkook resmungou contra seus lábios abertos. “Eu quero fazer isso lento, por que e-eu” um terceiro dedo entrou, e nesse exato momento Jungkook empurrou profundo achando sua próstata e Taehyung se contorceu em baixo do corpo pesado. Gemidos baixos se tornando em gritos desesperados. “Eu te amo, Taehyung.”

Jungkook puxou a cabeça para trás e observou a reação de Taehyung que apenas o encarava com lábios entre abertos enquanto era fodido pelos dedos ásperos de seu namorado anti-romântico que acaba de dizer a palavra que nunca fora dita em seus momentos selvagens na cama. O cérebro de Taehyung dava voltas, a sensação de ter sua próstata atingida daquele jeito e as palavras doces que eram direcionadas a ele eram de mais, mas rapidamente seu orgasmo foi impedido pelos dedos que são retirados lentamente de seu buraco já preparado e uma mão segurando a ponta de seu pênis o impedindo de vir.

“Oh meu Deus! Eu te amo tanto Jungkook,” Taehyung finalmente conseguiu dizer entre gemidos, olhando de volta para os olhos grandes de seu namorado. “Mas por favor, me foda agora.”

E ele sabia que não precisaria pedir novamente, Jungkook soltou a cabeça do pênis pulsante e agarrou uma camisinha a rolando sobre o pênis dolorido e espalhou lubrificante em seu pênis, se deliciando na sensação que suas mãos estavam dando a ele, apenas para ser puxado de volta por um Taehyung enrolando as pernas em volta da cintura e desesperadamente tentando levar sua bunda em direção ao pênis ereto.

“Eu vou te foder agora, querido.” O sorriso malicioso voltou aos lábios rosados. E Tehyung realmente ama Jungkook, mesmo ele sendo sádico e ‘sem sentimentos’.

“Por favor.” Foi tudo o que Taehyung conseguiu sussurrar antes que algo gelado escorregasse no seu buraco, logo esquentando a medida que se encaixava dentro dele, sem esperar mais Taehyung começou a empurrar para baixo nas estocadas calmas de Jungkook, pedindo por mais, apenas para ser parado pelas mãos ásperas em seu quadril. Jungkook realmente vai fazer isso!

Quando seu feixe de nervos é encontrado na segunda estocada, ele vêm com tudo sobre o abdômen de Jungkook, seu corpo treme na medida que Jungkook continua com as estocadas lentas.

E ele sabe que Jungkook não vai durar tanto tempo com o modo que ele gemeu seu nome, talvez os vizinhos ouçam, mas ele não liga. Taehyung continua insitando seu namorado a ir mais rápido ao se recuperar do orgasmo avassalador, mas Jungkook continua com o ritmo lento enquanto o observa. Sem aguentar mais apenas olhando para Jungkook, Taehyung o puxa para um beijo que deixarão hematomas.

Então o ritmo pega e Jungkook começa a empurrar profundo e forte, sempre acertando o ponto certo. Com os quadris gaguejando Jungkook vêm tão duro quanto Taehyung.

Jungkook puxa para fora de Taeyung com arrepios na espinha com o quão sensível ele é, mas continua em cima de Taehyung, tentando regular sua respiração novamente.

Respiração voltando ao normal contra os lábios de Taehyung, Jungkook encosta suas testas juntas e murmura, tão baixinho quase impossível de se ouvir entre respiração ofegante.

“Feliz natal, Tae. Eu realmente te amo.”

E suas mãos se entrelaçam, alianças brilhando na luz do luar.

“Feliz Natal, Kookie. Eu te amo.”



24. Juli 2020 02:39:41 0 Bericht Einbetten Follow einer Story
0
Das Ende

Über den Autor

taekooked by taekook Estou aqui para enaltecer o couple taekook. Taekook namora bonitinho, mas transa selvagem ^^

Kommentiere etwas

Post!
Bisher keine Kommentare. Sei der Erste, der etwas sagt!
~